Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Brasil"

18 Mai 2021 - 14:30h

As incertezas a respeito do fim da pandemia, os desafios do trabalho remoto, além das oportunidades reduzidas de descanso e férias foram fatores que resultaram em níveis significativos de estresse nos profissionais brasileiros. De acordo com o 15º Índice de Confiança da Robert Half, 26% dos entrevistados consideram que a sensação de equilíbrio entre qualidade de vida e trabalho piorou. Para outros 26%, a sensação se manteve igual desde o início da pandemia. Os principais motivos apontados pelos 52% dos entrevistados (soma dos dois grupos) são: piora da saúde mental (32%); falta de contato próximo com a equipe e gestores (16%); espaço físico inadequado para o trabalho (10%). Segundo a pesquisa da consultoria de recrutamento especializado, para 28% dos recrutadores entrevistados, a saúde mental é a maior preocupação de 2021. Por conta do prolongamento da pandemia e necessidade de distanciamento social, muitos profissionais e empresas optaram pelo adiamento das férias no último ano, o que resultou em cargas pesadas de trabalho que não foram alternadas com o descanso necessário, segundo a Robert Half. “As companhias, portanto, também devem balancear possíveis planos de férias atrasados com as ambiciosas agendas de recuperação dos negócios. Uma boa alternativa dentro deste contexto é o recrutamento de profissionais para projetos a fim de preencher as lacunas temporárias deixadas por colaboradores permanentes que estejam de licença. Desta forma, a força de trabalho não se sente sobrecarregada com a necessidade de absorção de demandas”, afirma a consultoria de recrutamento especializado.

18 Mai 2021 - 10:30h

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chamou de "idiotas" as pessoas que ainda estão em casa para manter o distanciamento social e evitar a disseminação da covid-19. A fala aconteceu em conversa com apoiadores nesta segunda-feira (17), em Brasília, que foi gravada e divulgada por um canal bolsonarista. Bolsonaro também elogiou o agronegócio, setor que fez um ato em homenagem ao presidente no final de semana. Ele disse que o homem do campo não suspendeu suas atividades e não parou durante a pandemia, garantindo a alimentação de todos.  “O agro realmente não parou. Tem uns idiotas aí, o 'fique em casa'. Tem alguns idiotas que até hoje ficam em casa. Se o campo tivesse ficado em casa, esse cara tinha morrido de fome, esse idiota tinha morrido de fome. Daí, ficam reclamando de tudo”, disse o presidente. O isolamento é apontado por especialistas como uma das maneiras mais efetivas para conter o avanço do coronavírus. Bolsonaro é crítico dessa e de outras medidas de contenção, como uso de máscaras. Segundo levantamento divulgado hoje pelo Datafolha, o isolamento atingiu o nível mais baixo no Brasil desde o início das restrições impostas para conter o avanço do coronavírus. Três em cada dez brasileiros adultos (30%) estão totalmente isolados, saindo de casa só quando inevitável. O maior índice foi em abril do ano passado, 72%. Em março desse ano, o número chegou a 49%.

17 Mai 2021 - 14:30h

O funkeiro MC Kevin, de 23 anos, faleceu na noite deste domingo (16), no Rio de Janeiro. Ele veio a óbito após cair do 11º andar de um hotel na orla da Barra da Tijuca, na Zona Oeste da capital. A morte foi confirmada pela Secretaria de Saúde do Rio horas após a queda. Segundo o G1, o Corpo de Bombeiros disse ter sido acionado para atender a ocorrência por volta das 18h13, quando o levaram para o hospital Miguel Couto em estado considerado muito grave. Agora, a Polícia Civil investiga as circunstâncias da morte. No momento, MC Kevin estava acompanhado de sua esposa, a advogada Deolane Bezerra, com quem havia se casado há duas semanas, no México. Ela prestou uma homenagem a ele, com uma postagem no Instagram. “Você é e sempre será o amor da minha vida, o amor mais lindo que tive, o homem que mais me amou e me admirou! Vai com Deus, meu menino, eu sempre vou te amar!!!”, compartilhou.

16 Mai 2021 - 10:25h

Morreu neste domingo (16) o prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB). O gestor tinha 41 anos e lutava desde 2019 contra um câncer no sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado. Covas estava internado no Hospital Sírio-Libanês, na cidade de São Paulo, desde 2 de maio. Na sexta-feira (14), ele teve uma piora no quadro de saúde e a equipe médica informou que seu quadro havia se tornado irreversível e que trabalhavam para que ele ficasse confortável. Covas estava recebendo sedativos e analgésicos para não sentir dores.

14 Mai 2021 - 20:15h

Após apresentar piora no estado de saúde, o quadro clínico do prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), é irreversível, de acordo com boletim médico divulgado pelo portal G1. “O Prefeito Bruno Covas segue internado no Hospital Sírio-Libanês recebendo medicamentos analgésicos e sedativos. O quadro clínico é considerado irreversível pela equipe médica. Neste momento, encontra-se no quarto acompanhado de seus familiares”, diz boletim divulgado na noite desta sexta. Covas está internado desde o dia 2 de maio no Hospital Sírio-Libanês para tratar câncer no sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado.

14 Mai 2021 - 16:30h

Um caminhão frigorífico que transportava vacinas da Pfizer ficou “preso” em um alagamento, nesta sexta (14), na Avenida Recife, na Zona Oeste da cidade. Segundo o governo, 5,1 mil unidades seriam enviadas, de avião, para Petrolina, no Sertão, para serem usadas na imunização de grávidas e de mulheres que estão no período de pós-parto (puérperas). A distribuição do imunizante sofreu atraso. De acordo com o G1, o caminhão trafegava entre a sede do Programa Estadual de Imunização (PNI), na Zona Norte do Recife, onde as vacinas estavam armazenadas, e o Aeroporto Internacional Guararapes/ Gilberto Freyre, na Zona Sul. A Avenida Recife é um dos pontos de alagamento mais conhecidos da cidade. Desde quinta (13), a Região Metropolitana do Recife enfrenta problemas provocados por fortes chuvas, que já causaram deslizamentos e mortes. A Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que o veículo “ficou impossibilitado de transitar na Avenida Recife, na manhã desta sexta”. Ainda de acordo com a SES, foram acionadas equipes do Corpo de Bombeiros e da Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb) para fazer o “resgate com segurança” dos insumos. O governo informou, ainda, que as vacinas estavam “devidamente conservados em Nitrogênio Líquido Refrigerado”. Por causa de transtorno, as doses de vacina da Pfizer tiveram que retornar para a sede do Programa Estadual de Imunização, “na temperatura adequada”, de acordo com a SES. O problema afetou o envio das doses para a imunização em Petrolina. Segundo o governo, não há voos disponíveis, na tarde desta sexta, para o município, distante mais de 700 quilômetros do Recife. Por isso, elas vão permanecer na sede do Programa Estadual de Imunização, “nas condições ideais para posterior uso”. As unidades seguirão para o Sertão no sábado (15), de acordo com o governo do estado.

13 Mai 2021 - 16:30h

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se referiu ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como “ladrão de nove dedos” durante discurso em cerimônia de entrega de casas populares em Alagoas nesta quinta-feira, 13. As informações são do Jornal A Tarde. A fala acontece um dia após a pesquisa Datafolha apontar que Lula vence Bolsonaro em um eventual segundo turno das eleições presidenciais em 2022 (veja aqui). Ao lado do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, Bolsonaro afirmou que “a Caixa com o ladrão de nove dedos dava prejuízo. Agora, em nosso governo, traz mais do que lucros, traz benefícios ao povo brasileiro”. Segundo a pesquisa do Datafolha, Lula aparece com 41% das intenções de voto no primeiro turno, contra 23% de Bolsonaro. Em um eventual segundo turno entre o petista e o atual presidente, Lula abre vantagem, com uma margem de 55% a 32%. O presidente foi à Alagoas acompanhado do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, e dos ministros Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), Gilson Machado (Turismo), João Roma (Cidadania), e do presidente da Caixa, Pedro Guimarães. O senador Fernando Collor também esteve presente na cerimônia. “Arthur Lira está na Câmara pela graça de Deus e tem sido excepcional naquilo que o legislativo tem pedido”, disse Bolsonaro. O presidente também afirmou que é “um prazer redobrado estar ao lado de Collor”.

13 Mai 2021 - 15:30h

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e membros do primeiro escalão do governo federal poderão ter até 69% de aumento no salário após edição de regra que autoriza uma parcela de servidores a receber mais do que o teto remuneratório constitucional. A medida deve beneficiar Bolsonaro, o vice-presidente Hamilton Mourão, ministros militares e um grupo restrito de cerca de mil servidores federais. A depender da função, os rendimentos podem chegar a mais de R$ 66 mil mensais. A portaria que autoriza o aumento passou a valer neste mês e terá efeito sob os pagamentos que serão realizados no mês de junho. Na edição, cria-se uma espécie de teto duplo, no qual aposentados e militares inativos que retornaram à atividade no serviço público poderão receber ambos rendimentos. A Constituição define que a remuneração máxima para cargos públicos, pensões e outras vantagens deve ser inferior ao de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), atualmente em R$ 39.293,32. De acordo com cálculos divulgados pela Folha de S.Paulo, Bolsonaro terá um aumento de 6% no salário, passando de 39,3 mil para R$ 41,6 mil. Já o vice-presidente Hamilton Mourão, que é general da reserva, terá um aumento bruto de 62% indo de R$ 39,3 mil para R$ 63,5 mil. O gasto anual estimado com os aumentos seria suficiente para pagar 66 mil beneficiários do auxílio emergencial no valor de R$ 250 por quatro meses.

13 Mai 2021 - 10:30h

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a corrida eleitoral de 2022, em simulações tanto para o primeiro quanto para o segundo turno, conforme pesquisa divulgada nesta quarta-feira (22) pelo instituto Datafolha, em parceria com o jornal Folha de S. Paulo. No primeiro turno, Lula marca 41% das intenções de voto, contra 23% do atual presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). Em um segundo pelotão, aparecem Sérgio Moro (sem partido) com 7%; Ciro Gomes (PDT) com 6%; Luciano Huck (sem partido) com 4%; João Dória (PSDB) com 3%; Luiz Henrique Mandetta (DEM) com 2%; e João Amoêdo (Novo), também com 2%. Responderam “branco”, “nulo” ou “nenhum”, 9% dos entrevistados pelo Datafolha. Não sabem ou não responderam, 4%. O petista também venceria seus adversários em todas as simulações para o segundo turno. Diante de Bolsonaro, Lula aparece com 55% das intenções de voto, contra 32% do presidente da República. Nulo, branco ou nenhum somam 11% dos entrevistados, enquanto 2% não soube ou não respondeu. O ex-ministro Sérgio Moro também perderia de Lula, segundo o Datafolha, por 53% a 33%; assim como o atual governador de São Paulo, João Dória, que seria derrotado por 57% a 21%. O atual presidente da República tem a maior rejeição entre os nomes consultados pelo Datafolha junto aos entrevistados. Bolsonaro é rejeitado por 54%, bem à frente de Lula, que registrou 36%. Dória (30%), Huck (29%), Moro (26%), Ciro (24%), Mandetta (17%) e Amoêdo (16%) completam a lista. O instituto Datafolha entrevistou 2.071 brasileiros com 16 anos de idade ou mais, entre os dias 11 e 12 de maio de 2021. A margem de erro máxima é de 2%, para mais ou para menos.

11 Mai 2021 - 15:30h

Pelo menos 8,9% das mulheres brasileiras já sofreram algum tipo de violência sexual na vida, segundo dados da Pesquisa Nacional da Saúde (PNS), divulgada na última sexta-feira (7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com o Ministério da Saúde. As entrevistas foram feitas em 2019 por meio de visitas a mais de 100 mil domicílios selecionados por amostragem em todo o país. Como a pesquisa questionou se a pessoa sofreu violência sexual alguma vez na vida, e não apenas no período imediatamente anterior à entrevista. Um dos trunfos da pesquisa, segundo especialistas em violência contra a mulher ouvidas pelo G1, foi utilizar duas perguntas distintas para identificar os diferentes casos de violência sexual. Isso faz com que os dados obtidos incluam desde casos de estupro até situações como a vivida por Juliana, que seria enquadrada no crime de importunação sexual. Uma das perguntas do questionário é se a pessoa entrevistada “foi tocada, manipulada, beijada ou teve partes do corpo expostas contra a vontade”. Essa questão foi respondida positivamente por 79,7% das vítimas de violência sexual, sendo 76,1% das mulheres e 89,3% dos homens. A segunda pergunta sobre o tema avalia se a pessoa “foi ameaçada ou forçada a ter relações sexuais ou quaisquer atos sexuais, contra a vontade”. Neste caso, 50,3% das vítimas disseram ter vivido a situação, sendo 57,1% das mulheres e 32,2% dos homens. Com base nessas respostas, o estudo estima que 9,4 milhões de pessoas de 18 anos ou mais de idade foram vítimas de algum episódio de violência sexual em algum momento da vida. O número corresponde a 5,9% da população, mas o percentual de vítimas é muito maior entre as mulheres: 2,5% dos homens sofreram agressões sexuais na vida, contra 8,9% das mulheres brasileiras. Só nos 12 meses que antecederam as entrevistas, 1,2 milhão de pessoas foram vítimas de violência sexual, dentre as quais 72,7% eram mulheres (885 mil). A maior parte das agressões sexuais contra mulheres foi perpetrada por companheiros, namorados, cônjuges ou ex-parceiros, citados em 53,3% das respostas. A violência sexual ocorreu, em 61,6% dos casos, na residência das próprias vítimas.

05 Mai 2021 - 15:30h

Morreu nesta terça-feira (4) o ator e humorista Paulo Gustavo, aos 42 anos, após complicações da Covid-19. O artista estava hospitalizado desde 13 de março, em uma unidade do Rio de Janeiro. Inicialmente, Paulo Gustavo apresentava sintomas leves e foi internado por ter asma, doença que o incluía no grupo de risco para a doença causada pelo coronavírus. A situação se agravou e ele teve que ser intubado e submetido à terapia ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea). No início de maio o artista chegou a apresentar melhora, segundo informações da assessoria dele. No domingo (2) os médicos reduziram os sedativos e bloqueadores para que Paulo interagisse com médicos e o marido, Thales Bretas. No boletim da segunda-feira (3), a informação foi de que o quadro havia se agravado novamente e o ator teria sofrido uma embolia. Além de ator e comediante, Paulo Gustavo também era roteirista, produtor e diretor. Sua obra mais conhecida foi a peça que posteriormente virou uma trilogia no cinema, a comédia “Minha Mãe é uma Peça”. Nos filmes ele interpretava Dona Hermínia, personagem inspirada em sua própria mãe. O ator também fez sucesso como Valdomiro na série “Vai Que Cola” do Multishow. Minha Mãe é uma Peça 3, lançado em 2019, se tornou a maior bilheteria da história do cinema nacional, com R$ 143,9 milhões arrecadados em sua passagem pelas salas. Paulo Gustavo era casado com o médico Thales Bretas desde 2015. O casal teve dois filhos: Gael e Romeu, de um ano e meio.

04 Mai 2021 - 16:00h

Um adolescente entrou em uma escola municipal de educação infantil e matou ao menos duas crianças com golpes de facão nesta terça-feira (4). O caso ocorreu na cidade de Saudades, Oeste de Santa Catarina. De acordo com o G1, a Polícia Civil informou que o suspeito foi apreendido após o crime. Uma professora também foi ferida. Segundo o delegado regional de Chapecó, Ricardo Newton Casagrande, o adolescente entrou na unidade, que fica no Centro do município, com um facão e atingiu as vítimas. As idades das vítimas e do adolescente não foram informadas. Por volta das 11h, a Polícia Militar informou que recebeu diversas ligações pedindo socorro no local. De acordo com o 2º Batalhão da PM de Chapecó, a ocorrência ainda está em andamento.

03 Mai 2021 - 16:30h

O vereador Guilherme Morais (PV), de Brumadinho, na Grande Belo Horizonte (BH), promoveu no último sábado (1º) uma festa de aniversário para comemorar seus 28 anos, com dezenas de convidados aglomerados em uma casa de um condomínio fechado da cidade. As informações são do G1. Vídeos publicados pelo próprio parlamentar em uma seção restrita de uma rede social, os quais a reportagem teve acesso, mostram diversas pessoas em pé, dançando ao som de shows de bandas e de um DJ, sem usar máscaras ou cumprir qualquer tipo de distanciamento entre elas. Embora não seja possível precisar quantas pessoas estavam no evento, os vídeos mostram o salão de festas bem cheio, com pouco espaço entre os convidados na pista de dança. De acordo com interlocutores, a festa aconteceu no Condomínio Quintas do Rio das Águas Claras, localizado a cerca de 7km do Centro da cidade, e começou por volta das 15h, se delongando pelo menos até o início da madrugada. A Polícia Militar recebeu, às 22h47 deste sábado, uma denúncia de um morador desse condomínio alegando que um vizinho estava fazendo festa com som alto. No entanto, não mobilizaram viatura por indisponibilidade de pessoal. O decreto municipal 84/2021 de Brumadinho, em vigor na cidade desde 16 de abril, veda a realização de festas e eventos “de qualquer natureza”, sejam públicos ou privados, como medida de combate à pandemia.

De acordo com o boletim da Secretaria Estadual de Saúde, Brumadinho tem 2.796 casos e 67 óbitos por Covid-19. A cidade de aproximadamente 40 mil habitantes não possui leitos de terapia intensiva. Por telefone, o vereador admitiu à reportagem que estava em uma festa, mas negou que fosse dele. Disse ser uma comemoração de um amigo e que “não se tratava de uma grande aglomeração”. Em um dos vídeos publicados pelo próprio vereador na seção restrita da rede social, no entanto, a vocalista de uma das bandas contratadas aparece desejando-lhe “parabéns e muitos anos de vida”. De acordo com informações oficiais do Tribunal Superior Eleitoral, Guilherme completa 28 anos na próxima terça-feira (4). Com 1.041 votos, Guilherme Morais foi o vereador mais votado da história de Brumadinho nas Eleições Municipais de 2020. Entre suas bandeiras, está a defesa dos atingidos pelo rompimento da barragem do Córrego do Feijão, que atingiu a cidade em 2019. O parlamentar é do mesmo partido e da base aliada do prefeito Nenen da Asa (PV).

03 Mai 2021 - 15:30h

Eduardo Costa nunca fugiu de polêmicas por sempre se posicionar. É com esse histórico de autenticidade que o cantor lança nesta sexta-feira, 30, a música “Cuidado”, que será disponibilizada em todas as plataformas digitais. A canção também ganha na mesma data um clipe para o canal oficial do cantor no YouTube. A faixa em tom de desabafo fala sobre os reflexos que prioridades e escolhas equivocadas causam ao longo do tempo. Segundo a visão de Eduardo Costa, o caos que chegamos a saúde pública, evidenciado pela pandemia provocada pelo Corona Vírus poderia ser evitado se, ao invés de estádios a prioridade fossem hospitais, já que se trata de um problema antigo e recorrente em nosso país. O cantor ainda enfatiza em sua letra o quanto o voto tem de ser consciente. “Uma escolha errada ou feita por impulso pode trazer consequências graves em nossas vidas!” conclui Eduardo Costa.

28 Abr 2021 - 09:30h

Um suspeito de estupro teve seu pênis e testículos cortados e, em seguida, jogado como alimento aos porcos na cidade de Bocaiuva, em Minas Gerais. O homem teria tentado atacar sexualmente sua sobrinha dois dias antes de ser decepado. O ato de vingança foi liderado pelo namorado da vítima, de 20 anos, e seus primos. Já o rapaz que tem 36 anos não terá como recolocar o membro faltando, visto a parte se perdeu. De acordo com o jornal Estado de Minas, o suspeito teria chegado bêbado em casa. Ao ver sua sobrinha, tentou estuprá-la, mas não conseguiu finalizar o ato, pois a garota se defendeu. O namorado da vítima ficou furioso após ouvir o relato e se juntou a seus primos. Juntos, eles levaram o agressor até um canavial próximo e arrancaram o pênis do homem no dia 19 de abril. O agressor, que trabalha na roça, conseguiu voltar para casa, apesar do sangramento, e foi até o hospital. Lá, a ferida foi contida, mas o pênis se perdeu para sempre. O policial Stephan da Silva disse que a força procurou a genitália desaparecida, mas não a encontrou e acredita que ela tenha sido comida pelos animais. “Este caso é algo incomum, fora do comum. É até desumano”, analisou. Em compensação, o sistema urinário do homem foi parcialmente reconstruído, permitindo que ele pudesse se aliviar. “Parecia algo saído de uma cena de um romance de Dante”, disse o cirurgião Felipe Lobo. “Seu pênis e testículos foram cortados e sua genitália externa estava completamente ausente”. Os dois suspeitos de terem arrancado a genitália foram presos. Não se sabe se o amputado irá responder pela tentativa de estupro, visto que o crime não foi denunciado à polícia.

26 Abr 2021 - 14:30h

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta sexta-feira que as Forças Armadas “podem ir para a rua” se necessário, para acabar com “essa covardia de toque de recolher” decretado por alguns governadores e prefeitos por causa da pandemia de Covid-19. A declaração foi dada pelo presidente durante entrevista à TV A Crítica, de Manaus. Bolsonaro disse que se prepara para “um caos no Brasil” provocado pelas medidas restritivas determinadas por governantes país afora. “É um absurdo isso aí. Se tivermos problema, nós temos um plano de como entrar em campo”, afirmou. “As nossas Forças Armadas podem ir para a rua, sim, dentro das quatro linhas da Constituição, para fazer cumprir o artigo 5º. (…) Para cumprir tudo aquilo que está sendo descumprido por parte de alguns governadores e alguns poucos prefeitos, mas que atrapalha toda a sociedade”.  “Eu não posso extrapolar. Alguns querem que a gente extrapole”, continuou. “Eu estou junto com meus 23 ministros, da Damares (Alves, do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos) ao Braga Netto (Defesa), praticamente conversados sobre o que fazer se um caos generalizado se implantar no Brasil pela fome. Pela maneira covarde como alguns querem impor essas medidas”. Durante a entrevista, Bolsonaro também voltou a defender a cloroquina para tratar a Covid-19, afirmando que tomou o medicamento após receber o diagnóstico positivo para a doença e se sentiu melhor no dia seguinte. Segundo diversos estudos publicados desde o ano passado, o remédio, usado para tratar a malária, não é eficaz contra o coronavírus.

24 Abr 2021 - 13:30h

Morreu na noite desta sexta-feira, 23, aos 69 anos, o presidente nacional do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), Levy Fidelix. O líder político estava internado há cerca de um mês em um hospital particular de São Paulo. Vítima da Covid-19, o perfil oficial de Fidelix lamentou o ocorrido através das redes sociais.  “É com profunda dor e pesar que o PRTB, por sua diretoria, comunica o falecimento do nosso líder, Fundador e Presidente Nacional, Levy Fidelix, ocorrida nesta data na cidade de São Paulo. Descanse em paz homem do Aerotrem!”, diz texto postado no Twitter. Além da política, Levy Fidelix também era empresário, jornalista e publicitário. Ele concorreu duas vezes à presidência da república [2010 e 2014] e mais quatro vezes para a prefeitura de São Paulo, a última no ano passado quando obteve 11.960 votos. Fidelix também ficou conhecido pela defesa do aerotrem, monotrilho de transporte urbano.

23 Abr 2021 - 10:00h

O Maestro Marcello Amalfi faz parte do Projeto Cultura Inglesa, que vem promovendo um programa de imersão cultural por meio de lives e atividades para ensinar inglês gratuitamente em diversos estados. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Amalfi explicou que a proposta é ensinar e divulgar a cultura britânica no Brasil. “A Cultura Inglesa tem um campo de ação muito grande, trabalha com cursos de inglês que vão desde atividades culinárias até grupos teatrais”, relatou. A metodologia, conforme explicou, também se sustenta através da música, haja vista que a associação do ensino de inglês com a música no país é muito forte. “Não há ninguém que não tenha cantarolado, em um algum momento da vida, uma música em inglês. Então, a nossa ideia é utilizar, justamente, essa relação que a pessoa tem com a música pra trabalhar questões como pronúncia e vocabulário. Os alunos fazem uma atividade coral como se estivessem imergindo na cultura e praticam o inglês de uma forma diferente”, acrescentou. As aulas são ministradas gratuitamente através de plataforma virtual. Para o maestro, além de aprender inglês, os alunos são introduzidos à musicalidade do idioma e os impactos são muito interessantes.

21 Abr 2021 - 14:30h

Um vereador de João Pinheiro (MG) decidiu defender a morte de animais de rua para se posicionar contra um projeto de lei que vista conscientizar crianças sobre maus-tratos contra os bichos. Eli Corrêa de Freitas (DEM) afirmou, na reunião ordinária da Câmara Municipal realizada nesta segunda-feira (19), que “cachorro na rua tem é que matar”. Para se justificar, Corrêa alegou que já viu três pessoas morrerem por leishmaniose em Ruralminas, doença infecciosa que se hospeda em cães. Na concepção dele, aparentemente, todo cachorro de rua está contaminado. “Na Ruralminas eu vi três pessoas morrerem por problema de leishmaniose de cachorro e gato. Lá em casa tem dois e eu não tive coragem de matar, já arranjei um para matar”, contou o vereador. As informações são do JP Agora. Depois, ele generaliza a situação para defender o uso da carrocinha: “Cachorro na rua tem é que matar, cachorro em rua do jeito que vemos por toda banda, com problema e doença, amontoado, trazendo doença para população. Quando tinha uma carrocinha de cata cachorro, doente morrendo, só ficava aquele que tinha certeza que era saudável, o resto morria tudo”.

20 Abr 2021 - 06:30h

O cantor de forró e sanfoneiro Dedim Gouveia morreu de Covid-19, aos 61 anos, nesta segunda-feira (19). O forrozeiro estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, no Bairro Messejana, desde o último dia 11 de abril. A família lamentou a morte do artista e informou que o velório vai ser realizado às 10h desta terça-feira (20) em cerimônia fechada para dez pessoas. Na mensagem publicada nos perfis das redes sociais do cantor os parentes agradeceram as orações dos fãs e pediram respeito a dor dos familiares. A última atualização nas redes sociais do forrozeiro, publicada no dia 17 de abril, apontava que o artista tinha “total chance de melhora e recuperação”. Dedim Gouveia era natural de Redenção, cidade a 60 km de Fortaleza. Cresceu em Serra da Faísca, distrito de Redenção. Na escola, estudou até o 2º grau. Foi criado pela avó Isabel Moreira, sua grande incentivadora no meio musical, que apostava que ainda veria o neto fazer sucesso na música. Incorporou o apelido de Dedim como nome artístico após começar a tocar sanfona aos 16 anos. Ao todo, lançou 13 CDs, 5 DVDs, embalando vários hits. Uma de suas últimas composições foi “A Natureza É Linda”, lançada em 2020. O cantor deixa a mulher, quatro filhos, além de uma multidão de fãs e amigos que fez no meio da música. O músico se apresentava todos os anos em diversas festas juninas na Bahia. Ele já realizou shows em Brumado, no Forró do Sítio Novo e no São Pedro do Bairro Olhos D’água.