Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Brasil"

15 Jan 2022 - 06:05h

Presa por matar a facadas os filhos Leonardo Ferreira da Silva, de 6 anos, e Arthur Moisés Ferreira da Silva, de 3, na última segunda-feira (10), a dona de casa Stefani Peixoto Ferreira foi transferida para o Hospital Psiquiátrico Roberto Medeiros, também no Complexo do Gericinó, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. As informações são do jornal Extra. A definição pela unidade se deu após avaliação médica realizada em Stefani, quando deu entrada no sistema prisional, na última terça-feira (11). A Polícia Civil chegou a colocar na pauta da investigação informações dadas por vizinhos e conhecidos de que Stefani estaria passando por tratamento psiquiátrico, mas a suspeita foi descartada após não serem encontrados registros de atendimento dela nas unidades de saúde municipal e estadual. “Essa informação chegou ao nosso conhecimento por meio de depoimentos iniciais e levamos para apuração. O pai e o marido da Stefani negaram e não encontramos nenhum registro de atendimento psiquiátrico pelo qual ela tenha passado nos registros oficiais”, disse o delegado Antônio Silvino Teixeira, responsável pelo caso. De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária, ao ser transferida do Hospital Municipal José Rabello de Mello, em Guapimirim, ela, primeiro, deu entrada no Pronto Socorro Geral Hamilton Agostinho, onde os internos passam por avaliações médicas para o posterior encaminhamento. Agora no hospital psiquiátrico, ela seguirá recebendo atendimento médico.

15 Jan 2022 - 06:00h

O vereador Ricardo de Moraes Barbosa (PSDB), de 46 anos, é um dos mortos no naufrágio de uma embarcação de passeio em Laguna, no Sul catarinense. Barbosa atuava na Câmara de Caçador, no Oeste do estado. Ele e um homem de 29 anos não sobreviveram após o acidente, que ocorreu na tarde desta sexta-feira (14). A identificação dele foi confirmada pelo Instituto Médico Legal (IML). Na embarcação que naufragou, havia sete homens, segundo o Corpo de Bombeiros Militar. Quatro deles foram resgatados com vida, dois morreram e um continuava desaparecido até a publicação desta notícia. A Câmara Municipal de Caçador publicou uma nota oficial nas redes sociais, em que comunica “com pesar” a morte do vereador. “Ricardo passava férias com familiares e amigos no sul do Estado e fazia um passeio de lancha, quando, infelizmente, a embarcação virou e acabou vitimando tanto vereador Ricardo quanto amigo Deyvid Fernandes”, afirmou a Casa na nota. Barbosa era o primeiro secretário da Mesa Diretora da Câmara de Caçador e estava no primeiro mandato. Ele havia assumido como vereador na legislatura passada por quase dois anos na vaga do parlamentar Amarildo Tessaro, licenciado. “Neste momento de profunda dor, a Câmara Municipal de Caçador, por meio de todos os vereadores, assessores e servidores, lamenta estas perdas irreparáveis. Ao mesmo tempo, rogamos a Deus que dê força e console os familiares e amigos que hoje choram suas partidas”, disse a Câmara em nota.

14 Jan 2022 - 07:30h

A barragem Área IX, da Mina da Fábrica, da Vale, localizada em Ouro Preto, na Região Central de Minas Gerais, subiu de nível 1 de emergência para o nível 2, nesta quinta-feira (13). Neste estágio, recomenda-se a retirada de pessoas vizinhas à estrutura. A mudança ocorre no mesmo dia em que um casarão histórico foi destruído por um deslizamento de terra em Ouro Preto (veja aqui). A cidade está em estado de emergência por causa das chuvas. Segundo documento a que o G1 teve acesso, as chuvas constantes que atingiram a região entre os dias 7 e 12 de janeiro provocaram uma diminuição no fator de segurança. O texto, assinado por um funcionário da Vale, afirma que não há pessoas na área de autossalvamento. Ainda de acordo com o documento, a água na barragem alcançou seu maior nível máximo desde o início do monitoramento. “A barragem segue sendo inspecionada diariamente e monitorada 24 horas por dia, 7 dias por semana, pela Geotecnia Operacional e Centro de Monitoramento Geotécnico (CMG)”, diz o texto.

13 Jan 2022 - 14:30h

Um deslizamento de terra destruiu um casarão do século XIX da Prefeitura de Ouro Preto, na Região Central de Minas Gerais, e um imóvel onde funcionava um depósito, na manhã desta quinta-feira (13). O acidente ocorreu no Morro da Forca, localizado no centro histórico da cidade. Segundo a Defesa Civil Municipal, ninguém se feriu. De acordo com o G1, a prefeitura afirmou que o casarão histórico já estava interditado desde 2012, quando outro deslizamento ocorreu no local. Na época, os técnicos do município concluíram que não havia segurança para a ocupação do imóvel. “Foi um deslizamento de grande proporção. Felizmente os imóveis estavam vazios. O casarão estava fechado justamente por causa do risco”, afirmou o coordenador do órgão, Neri Moutinho.

12 Jan 2022 - 08:30h

Um homem de 55 anos foi preso suspeito de ser um estuprador em série de crianças, em Goiânia. A Polícia Civil informou que ele teria cometido o crime contra pelo menos oito crianças que o consideravam como “tio”. Conforme a corporação, as vítimas de José Ferreira Lima, conhecido como “Darinho”, têm entre 6 e 12 anos e crimes aconteciam enquanto elas dormiam. “Ele era tio por afinidade dessas menores. Então, ele aproveitava dessa condição para se aproximar, conquistar a confiança e praticar as condutas de cunho sexual”, disse o delegado Wesley Silva. O G1 não conseguiu localizar a defesa do suspeito para que se posicionasse até a última atualização desta reportagem. Segundo a polícia, ele ficou em silêncio durante o interrogatório. O suspeito foi detido na tarde de segunda-feira (10) no Jardim Diamantina, em cumprimento de mandado de prisão preventiva. A corporação divulgou a imagem de José Ferreira, pois há a suspeita de que existam outras vítimas no estado.

11 Jan 2022 - 17:30h

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) confirmou, na manhã desta terça-feira (11), mais dez mortes em decorrência da chuva em Minas Gerais em apenas 24 horas. Com isso, subiu para 19 o número de vítimas no estado desde o início do período chuvoso, de 1º de outubro até agora. As últimas mortes confirmadas ocorreram em São Gonçalo do Rio Abaixo, na Região Central, Ervália, na Zona da Mata, Dores de Guanhães e Caratinga, no Vale do Rio Doce, e Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

11 Jan 2022 - 10:30h

O ator e humorista Ivanildo Gomes Nogueira, de 61 anos, conhecido como Batoré, morreu nesta segunda-feira (10), em São Paulo. Ele estava com câncer. Batoré morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pirituba, Zona Norte da capital. “As informações médicas foram repassadas à família e a Secretaria Municipal de Saúde lamenta o ocorrido”, diz nota da Prefeitura. Segundo o G1, Ivanildo nasceu em Serra Talhada, em Pernambuco, e se mudou para São Paulo ainda criança. Antes de se tornar ator, jogou futebol nas categorias de base em times paulistas. Com seu principal personagem, Batoré, Ivanildo integrou o elenco do programa “A Praça é Nossa”, do SBT. Em 2016, foi contratado pela TV Globo para a novela “Velho Chico” em que fez o papel do delegado Queiroz. Batoré também foi vereador de Mauá, na Grande São Paulo, por dois mandatos pelo PP.

11 Jan 2022 - 09:30h

Cinco pessoas de uma mesma família foram encontradas soterradas nesta segunda-feira, em Brumadinho, Minas Gerais. Eles eram parentes do secretário de saúde de Goiás, Ismael Alexandrino, que confirmou as mortes. De acordo com o jornal o Globo, o grupo estava desaparecido há dois dias. As vítimas foram identificadas como Geovane Vieira Ferreira, 42 anos, Henrique Alexandrino dos Santos, 41 anos, Deisy Lúcia Cardoso Alexandrino Santos, 40 anos, Vitor Cardoso Alexandrino Santos, 6 anos, e Ana Alexandrino Santos, 3 anos. Alexandrino era primo de Henrique Alexandrino dos Santos. De acordo com as autoridades, o corpo de uma criança foi localizado em um córrego, em um ponto de difícil acesso, dentro do terreno de um condomínio, localizado na Serra da Moeda. Até o momento, um outro corpo, além do da criança, foi encontrado. Trata-se de uma mulher adulta. Os corpos das demais vítimas ainda não foram resgatados. O secretário de saúde chegou a fazer pedidos em suas redes sociais para que os seguidores ajudassem na busca dos familiares desaparecidos ao longo do final de semana. Ismael Alexandrino confirmou a morte dos familiares em uma publicação no Instagram.

10 Jan 2022 - 14:30h

Uma jovem de 22 anos levou um soco na boca de um policial militar, após uma confusão durante uma abordagem, no bairro Residencial do Bosque, em São Sebastião, no Distrito Federal. O caso ocorreu na quarta-feira (5) e está sendo investigado pela Polícia Civil. De acordo com o G1, Raniele da Silva Lima afirma que estendia roupas quando PMs entraram na casa onde ela mora com o marido, Alessandro Inácio de Jesus, de 22 anos. Os policiais acusavam o jovem, que não é habilitado, de dirigir uma moto de forma imprudente e fugir de uma abordagem. Segundo Raniele, o policial a agrediu depois que ela questionou o motivo de a equipe ter entrado, sem autorização, na casa. Já o terceiro sargento Daniel Martins Borges, que desferiu o soco, disse em depoimento que duas mulheres "partiram pra cima" dele, tentando dar “socos e chutes”. E que para “repelir a agressão acabou desferindo um soco, sem saber até mesmo quem tinha acertado”. Por causa das lesões, Raniele passou por exames no Instituto de Medicina Legal (IML). A mão do policial também ficou ferida após o soco. O PM alegou que “a reação foi necessária, moderada e suficiente, cessando após ter repelido a injusta agressão que sofria”. O caso está sendo apurado pela 30ª Delegacia de Polícia, em São Sebastião. Em nota, a Polícia Militar informou que as circunstâncias estão sendo apuradas.

10 Jan 2022 - 11:30h

Uma idosa acordou após ser dada como morta em uma unidade de saúde de Cidreira, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul, no dia 31 de dezembro. Conforme familiares, Clotilde Rieck, de 78 anos, teve o óbito confirmado após sofrer duas paradas cardíacas. O funcionário da funerária responsável pelo velório foi quem percebeu que a pacientes estava viva, quando iria retirar o corpo do necrotério. “Nós estávamos em casa organizando o velório, quando o funcionário da funerária nos liga avisando que ela estava viva”, diz Bianca Schneider, sobrinha-neta da idosa. Em nota publicada nas redes sociais, a Prefeitura de Cidreira afirma que “está apurando o ocorrido, bem como a responsabilidade da médica que atestou o óbito da paciente”. A médica que assinou o a declaração de óbito foi afastada. No mesmo dia, Clotilde foi transferida para a Santa Casa de Misericórdia, em Porto Alegre, onde se encontra internada desde então. De acordo com Bianca, a tia-avó está em um quarto, respirando normalmente e “evoluindo muito bem”. A paciente foi informada na sexta-feira (8) sobre o ocorrido e, conforme a família, custou a acreditar no que passou, já que ficou inconsciente. “Ela está perplexa”, afirma Bianca.

09 Jan 2022 - 09:00h

A tragédia no Lago de Furnas em Capitólio, Minas Gerais (veja aqui), tem 7 mortos identificados até o momento e 3 desaparecidos. O caso aconteceu após uma rocha gigante se desprender do paredão de um cânion neste sábado (8), atingindo quatro lanchas. Apenas duas embarcações sofreram impacto direto da rocha, sendo que na embarcação chamada EDL, todos foram resgatados com vida. Outras duas lanchas sofreram impacto indireto. Todas as vítimas fatais, três mulheres e quatro homens, estavam na mesma embarcação, denominada Jesus e quase todos são da mesma família. Outras 23 pessoas que estavam sendo procuradas inicialmente foram encontradas e encaminhadas para atendimento hospitalar. De acordo com o Amazonas1, ao todo, 32 vítimas foram atendidas e encaminhadas para hospitais de Capitólio e municípios vizinhos. Dentre elas, apenas 4 permaneceram internadas, 2 em estado estável e 2 com fraturas abertas. O restante foi liberado. 

Segundo o Pedro Aihara, tenente do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, as buscas feitas por mergulhadores foram suspensas nesta noite devido às condições de visibilidade. Entretanto, as buscas por informações e embarcações permanecerão. Saiba quem são as vítimas da tragédia em Capitólio (mortos e desaparecidos): Sebastião Teixeira dos Santos, aproximadamente 60 anos, militar reformado da Polícia Militar de Minas Gerais. Vivia na Serrania; Marlene Silva, aproximadamente 58 anos, era esposa de Sebastião; Geovany Silva, filho de Sebastião, conhecido como Lula, tinha 30 anos; Nora de Sebastião (nome não divulgado); Geovane Gabriel Silva, apenas 10 anos, neto de Sebastião; Thiago Silva, aproximadamente 30 anos, era sobrinho de Sebastião e vivia no município de São José da Barra; Júlio do Cassemiro, conhecido como Julinho, vivia no munícipio de São José da Barra; Rodrigo Alves, possuía embarcação em Capitólio, era marinheiro no Lago de Furnas e vivia em São José da Barra; Casal de amigos de Campinas; Casal de amigos de Campinas.

08 Jan 2022 - 15:50h

Um deslizamento de pedras no Lago de Furnas, em Capitólio, no Centro-Oeste de Minas, atingiu três embarcações com turistas neste sábado (8). O Corpo de Bombeiros da cidade de Piumhi, que atende a ocorrência, diz que há, pelo menos, 15 vítimas. Segundo o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, duas pessoas morreram. Por meio de nota, a Marinha do Brasil informou que um inquérito será instaurado para apurar causas, circunstâncias do acidente. Três pessoas foram encaminhadas em estado grave para Santa Casa de Passos. Uma das vítimas é uma mulher natural de Belo Horizonte, mas que mora no Rio de Janeiro. Outros sete turistas tiveram ferimentos leves e foram levados ao Pronto Socorro de São José da Barra. Um vídeo que circula pela internet e cuja veracidade foi confirmada pelos Bombeiros mostra o momento em que um dos cânions atinge as lanchas. Segundo o Corpo de Bombeiros informou ao G1, a princípio, uma “tromba d'água” junto a pedras fez com que elas deslizassem e caíssem de uma altura de mais de 5 metros, atingindo as lanchas. O acidente ocorreu no condomínio Escarpas do Lago. A localidade fica perto do município de São Roque de Minas. Guarnições de Passos e Piumhi foram deslocadas para a região para prestar atendimento às vítimas.

07 Jan 2022 - 15:30h

A investigação da Polícia Federal, que desencadeou a Operação Ptolomeu em dezembro do ano passado, mostra que o governador do Acre, Gladson Cameli, seria o principal beneficiário de um suposto esquema de corrupção no alto escalão da gestão. A PF lista episódios de superfaturamento, propina, empresas fantasmas e movimentações bancárias com altos valores. No inquérito detalhado, obtido pelo G1, a PF aponta que o esquema era dividido em núcleos compostos pelo próprio governador Gladson Cameli (Progressistas), a primeira-dama do Estado, Ana Paula Cameli, servidores públicos que ocupavam cargos de confiança no governo e empreiteiras da família Cameli, que atuam no Acre e também em Manaus. Também é possível ver que Rudilei de Souza, mais conhecido como Rudilei Estrela, que tem relações próximas com o governador, seria o grande articulador das movimentações suspeitas. O inquérito foi aberto pela Polícia Federal em julho do ano passado baseado em outras operações da polícia, que, segundo o relatório, mostravam a ligação do governador em algumas movimentações. O Relatório de Inteligência Financeira (RIF) teria apontado, a princípio, 35 comunicações de operações financeiras suspeitas e, destas, 20 possuíam Gladson Cameli como titular ou envolvido. Entre essas movimentações estão a compra de cinco carros de luxo, entre eles uma BMW X4; três lotes em um condomínio fechado e considerado de luxo em Rio Branco e também uma tentativa de comprar um apartamento no valor de mais de R$ 5 milhões. Segundo as investigações, foram esses principais movimentos financeiros informados pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) que chamaram a atenção da polícia. “Em breve resumo do atual estágio investigativo, o governador do Estado do Acre é apontado pela Polícia Federal como suposto integrante de organização criminosa atuante nas esferas da saúde e obras públicas, em sistemática de recebimento de vantagens indevidas para o direcionamento de certames públicos, formalização de contratos superfaturados e atesto fictício de recebimento de mercadorias e serviços”.

06 Jan 2022 - 16:30h

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, nesta quarta-feira (5), um projeto de lei (PL) que estabelece regras emergenciais de proteção a entregadores de serviços de aplicativo durante a emergência em saúde pública causada pela pandemia de Covid-19. De acordo com o Tribuna da Bahia, o texto havia sido aprovado em dezembro pelo Senado Federal e pela Câmara dos Deputados. Segundo a proposição legislativa, a empresa de aplicativo de entrega deverá contratar seguro contra acidentes, sem franquia, em benefício do entregador, para cobrir exclusivamente acidentes ocorridos durante o período de retirada e entrega de produtos. O seguro deve abranger, obrigatoriamente, acidentes pessoais, invalidez permanente ou temporária e morte. Na hipótese de o entregador trabalhar para mais de uma empresa de aplicativo de entrega, a indenização deverá ser paga pela seguradora contratada pela empresa para a qual o trabalhador estiver prestando serviço no momento do acidente. Outra exigência da nova lei é que, uma vez diagnosticado com Covid-19, o entregador deverá receber uma assistência financeira por parte da empresa de aplicativo durante o período inicial de 15 dias. Esse prazo poderá ser prorrogado por mais dois períodos sucessivos de 15 dias, mediante apresentação de exame RT-PCR ou laudo médico que constate a persistência da doença. O valor a ser pago deve corresponder à média dos três últimos pagamentos mensais recebidos pelo entregador. No quesito prevenção, a lei prevê que a empresa de aplicativo de entrega deve fornecer ao entregador itens como máscaras, álcool em gel ou outro material higienizante para a proteção pessoal durante o trabalho. Isso poderá ocorrer por meio de repasse ou reembolso de despesas. Pelo descumprimento das regras, a nova lei estabelece punições que vão de advertência até o pagamento de multa administrativa de R$ 5 mil por infração cometida, em caso de reincidência.

05 Jan 2022 - 18:00h

Um avião da Latam com a cantora Maiara, da dupla com Maraísa, bateu contra em pássaro ao decolar de Navegantes, no Litoral Norte catarinense, e teve que pousar em Florianópolis na noite de terça-feira (4). A informação foi confirmada pelas assessorias da sertaneja e da empresa aérea ao G1 nesta quarta-feira (5). A cantora estava a bordo sem a irmã e relatou ter sido só um susto e passa bem, segundo a assessoria da artista. Ela havia feito shows no litoral catarinense. Em Balneário Camboriú, se apresentou no dia 26 de dezembro. No dia 29, esteve em Porto Belo. Segundo a empresa aérea, o pouso foi feito de maneira preventiva e sem nenhuma intercorrência. Em seguida, os passageiros foram remanejados para outras aeronaves para concluírem a viagem, manifestou a Latam. “Este é um procedimento comum quando ocorre o evento chamado de 'bird strike'”, diz a nota. O avião, um Airbus A320, prefixo PR-MYO, decolou de Navegantes às 21h27 e pousou em Florianópolis às 22h20, de acordo com o site de monitoramento de voos FlightRadar24. O destino original da aeronave era o aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

05 Jan 2022 - 15:30h

O presidente Jair Bolsonaro (PL) recebeu alta hospitalar na manhã desta quarta-feira (5), após dois dias internado na capital paulista. Bolsonaro deu entrada no Hospital Vila Nova Star, na Zona Sul de São Paulo, na madrugada de segunda-feira (3), por conta de uma obstrução no intestino. Em coletiva de imprensa antes de deixar o hospital, o médico que acompanha o presidente desde 2018, Antônio Luiz Macedo, disse que o problema foi provocado por conta de um camarão não mastigado corretamente. “Eu não almoço, eu engulo. A peixada tinha uns camarõezinhos também, comi e mastiguei o peixe e comi o camarão”, disse Bolsonaro. “O camarão não foi mastigado, é o que ele tá explicando. A gente pede pra que todos fazerem o que a gente faz: mastigar 15 vezes cada garfada”. Segundo Macedo, Bolsonaro fará uma dieta especial e caminhadas nas próximas semanas. “O presidente está com a saúde mto boa, se recuperando rapidamente. Quando cheguei [no hospital], o intestino estava começando a funcionar e no dia seguinte já estava funcionando. O presidente vai fazer uma dieta especial por uma semana e caminhadas”.

04 Jan 2022 - 14:30h

O calendário de 2022 terá 9 feriados nacionais, sem contar datas estaduais e municipais como o do Dia da Consciência Negra e aniversários das cidades. Destes, só um será prolongado – Paixão de Cristo, numa sexta-feira, emendando com o final de semana. Um deles cai num sábado (Confraternização Universal) e dois, em domingos (Dia Mundial do Trabalho e Natal). Para tristeza geral, serão três feriados em quartas-feiras, dificultando até aquela emenda mais longa, que 'enforca' um dia útil. Abril e novembro serão os meses com o maior número de feriados nacionais. Diferente do que muita gente pensa, Carnaval e Corpus Christi não são feriados nacionais. As duas datas costumam ser consideradas ponto facultativo no serviço público federal, e são feriados estaduais ou municipais em alguns locais. Assim, quem gozar dessas datas terá dois feriados a mais: 28 e 1º de março (Carnaval, segunda e terça-feira) e 16 de junho (Corpus Christi, quinta-feira). O governo publicou no final de dezembro o calendário oficial que define esses e outros pontos facultativos no serviço público federal. Além dos 9 feriados nacionais, os servidores terão direito a 5 pontos facultativos.

04 Jan 2022 - 09:30h

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), afirmou nesta segunda-feira (3) que testou positivo para a Covid-19. Nas redes sociais, Dino disse que exames confirmaram a doença, mas que está bem e deve continuar trabalhando de forma remota. “Informo que recebi hoje teste positivo para Covid. Me sinto bem, graças a Deus. Quadro atualmente existente não impede despachos internos, em isolamento domiciliar. Qualquer eventual alteração será informada”, publicou o governador. A publicação não deu detalhes e o Palácio dos Leões ainda não informou em qual momento Dino contraiu a doença. Também ainda não foi informada se pessoas próximas do governador cumprirão quarentena. Flávio Dino, que atualmente tem 53 anos, tomou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em junho de 2021, em São Luís. A segunda dose já poderia ser tomada, mas não houve anúncio por parte do governo, ou do governador.

04 Jan 2022 - 07:30h

Junção de parte dos nomes Influenza e coronavírus, Flurona é como vem sendo chamada a infecção dupla de gripe e Covid-19, e que vem deixando o mundo em alerta mais uma vez. Nesta semana, a doença atingiu uma paciente em Israel, causando sintomas leves. Autoridades médicas de Israel confirmaram o caso em uma mulher grávida não vacinada, de acordo com informações do Hospital Beilinson, em Petah Tikva (veja aqui). No Brasil os primeiros casos foram notificados no Ceará. A capital, Fortaleza, contabiliza três casos da “coinfecção”: são duas crianças de 1 ano de idade, que chegaram a ser internadas em hospitais privados da cidade; e um homem de 52 anos, que não precisou de hospitalização. Segundo a Secretaria de Saúde, as crianças também não apresentaram quadros graves e já receberam alta hospitalar. Não há informação de qual cepa do coronavírus foi responsável pelas infecções. Já o vírus da gripe foi identificado como influenza A H3N2. Ricristhi Gonçalves, secretária executiva de Vigilância e Regulação da Secretaria de Saúde, explica que a coinfecção “é um evento mais raro”, mas que acontece e que “não significa que o paciente terá agravamento do quadro por conta disso”.

03 Jan 2022 - 16:30h

Em uma nota divulgada no início da manhã desta segunda-feira (3), a Secretaria Especial de Comunicação da Presidência da República (Secom), disse que o presidente Jair Bolsonaro passa bem após ser hospitalizado por sentir dores abdominais durante as férias em Santa Catarina. A nota informou ainda que maiores detalhes sobre o estado de saúde do presidente serão divulgados em boletim médico. Bolsonaro foi levado na madrugada desta segunda para o Hospital Vila Nova Star, na Vila Nova Conceição, Zona Sul de São Paulo. A suspeita, segundo sua equipe médica, é que ele esteja com uma nova obstrução intestinal. “A Secretaria Especial de Comunicação Social (SECOM) informa que o Presidente da República, Jair Bolsonaro, após sentir um desconforto abdominal, deu entrada no Hospital Nova Star, em São Paulo, na madrugada desta segunda-feira (3), para a realização de exames. A Secom informa, ainda, que o Presidente passa bem e que mais detalhes serão divulgados posteriormente, após atualização do boletim médico”, informou a Secom. Desde que foi vítima de uma facada durante a campanha eleitoral de 2018, Bolsonaro já passou por quatro cirurgias em decorrência do episódio. Ele também passou por outros dois procedimentos não relacionados ao ferimento: a retirada de um cálculo na bexiga e uma vasectomia. Em julho, ele precisou ser hospitalizado devido a soluços persistentes. O médico Antônio Luiz Macedo, que operou Bolsonaro após a facada e acompanha a evolução do caso desde então estava nas Bahamas quando foi avisado do quadro de desconforto abdominal do presidente. Ele vai voltar ao Brasil, mas, inicialmente, não acredita na necessidade de Bolsonaro fazer uma nova cirurgia.