Achei Sudoeste




Brumado: Prefeitura lacra casa invadida pela chuva e família cobra ressarcimento pela mobília estragada pela lama

28 Fev 2019 - 07:00h

Em Brumado, o morador Vânios Santos teve a sua casa invadida pela lama formada pelas chuvas do início da última semana. A residência foi inundada por conta de uma obra da prefeitura municipal, que impediu o escoamento da água na via. O projeto de permuta para aquisição de um imóvel para a família foi aprovado na Câmara Municipal, porém, agora, o morador se vê em um novo impasse. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Vânios disse que a prefeitura está cobrando que a família desocupe o imóvel o quanto antes para que o mesmo seja demolido e as obras continuadas - a casa já foi até lacrada. “Gente, estou precisando de socorro aqui. O pessoal esteve aqui hoje se identificando como Defesa Civil, sem crachá, sem colete, sem registro nenhum, e lacraram a minha casa. Estou na rua, não posso nem entrar dentro de casa. Disseram que iriam mandar buscar a minha mudança, mas eu não tenho o que levar. A prefeitura tem que entender que eles têm que ressarcir meu prejuízo”, disse, se referindo a toda mobília que ele perdeu durante a inundação. Segundo Vânios, a sua família não pode ficar no prejuízo, tendo em vista que o erro foi da execução da obra. “O prefeito está achando que a gente é palhaço. Por que as demais casas invadidas não foram lacradas, nem notificadas? Porque a prefeitura não tem interesse na casa deles. Estou sendo lesado, roubado na cara dura. Isso está acontecendo como se fosse uma quebra de contrato”, reivindicou, pedindo o apoio da população. A prefeitura quer realocar os moradores para uma casa de aluguel no Bairro Jardim de Alah, mas Vânios cobra que a casa seja mobiliada, visto que ele perdeu tudo no ocorrido.