Achei Sudoeste




Coronavírus: IBGE pede para que população atenda ligações para coleta de dados de pesquisas

30 Mar 2020 - 14:30h

A restrição de mobilidade por conta da pandemia do novo coronavírus fez com que o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) substituísse as coletas presenciais das pesquisas estatísticas por levantamentos feitos por telefone. Desde a última semana, técnicos do instituto estão realizando a captação de dados das pesquisas conjunturais ligando de casa em casa. No entanto, o órgão vem enfrentando dificuldade para que a população atenda às ligações e responda aos questionários. Segundo Cimar Azeredo, coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, a resposta aos questionários por meio do telefone é uma forma de contribuir com o país neste momento de mudanças profundas na economia. Os agentes irão se identificar que representam o instituto logo no início da ligação, a fim de evitar confusões com telemarketing. De acordo com o jornal o Globo, os questionários foram ajustados para facilitar o preenchimento por parte do entrevistado. Bastam cerca de 15 minutos para completar todo o material. As estatísticas do IBGE funcionam como um “termômetro da economia". É por meio dos indicadores produzidos pelo instituto que tomadores de decisões saberão adotar políticas públicas para combater os efeitos do coronavírus na saúde e na atividade produtiva nacional.