Achei Sudoeste




Anagé: Idosa aguarda há 15 dias por leito de UTI para fazer cirurgia no fêmur

16 Abr 2021 - 08:00h

Uma idosa de 81 anos aguarda há 15 dias por uma vaga de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Vitória da Conquista, a 132 km de Brumado. Ela fraturou o fêmur após um acidente doméstico e precisa fazer cirurgia. De acordo com o G1, a Secretária Estadual de Saúde (Sesab) informou que a paciente aguarda a vaga em leito de UTI, porque após a cirurgia, ela vai precisar do suporte. A Sesab disse também que até o momento a vaga não surgiu. Maria de Lourdes Alves Cunha sofreu um acidente na zona rural do município de Anagé no dia 30 de março. A idosa foi enviada para Vitória da Conquista e foi internada no Hospital São Vicente. Depois, ela foi transferida para o Hospital Geral do município para fazer uma cirurgia no fêmur. Por causa da idade, ela precisa de uma UTI para fazer o procedimento, mas a família relata que até o momento não houve disponibilização do leito para a idosa. Ricardo Nolasco, neto de Maria de Lourdes, gravou um vídeo e relata a situação da avó. “Minha avó sofreu acidente doméstico e desde então ela está esperando vaga na UTI, para realização da cirurgia no fêmur, mas essa vaga na UTI não surge. O hospital de base [Hospital Geral] não dá resposta para a gente, não fala para família como está o estado de saúde da minha avó. Minha tia veio de São Paulo para visitar a mãe e eles não deixam entrar”, disse. Sobre a situação de visitas apontada pelo neto da idosa, a coordenadora do serviço social do Hospital Geral de Vitória da Conquista disse que as visitas estão suspensas e que há um acompanhante com a paciente. O neto da idosa disse ainda que a família não recebe explicações sobre o motivo pelo qual Maria de Lourdes ainda não passou pelo processo cirúrgico. “É uma falta de respeito o que está acontecendo. Ela é uma idosa, é perigoso ela ser infectada pelo coronavírus. A gente pede ajuda para que consiga essa vaga para fazer a cirurgia dela”, conclui Ricardo.