Achei Sudoeste




Chuva: 'Decreto de emergência atende população rural', diz prefeito de Malhada de Pedras

14 Jan 2022 - 00:00h

Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o prefeito Carlos Roberto Santos da Silva (PSD), o Beto de Preto Neto, da cidade de Malhada de Pedras, a 39 km de Brumado, esclareceu o decreto de situação de emergência em virtude dos danos causados pelas chuvas no município (veja aqui). De acordo com o gestor, apesar de a oposição ter desdenhado do decreto, a população da zona rural de Malhada de Pedras precisa ser assistida pelo poder público. Ainda de acordo com Beto de Preto Neto, a emergência possibilitará à prefeitura local celebrar convênios com o governo do estado, através da Superintendência de Proteção e Defesa Civil, bem como com o governo federal. “Tem comunidade rural de Malhada de Pedras que está ilhada. Não temos como ter acesso para atender as necessidades do nosso povo”, disse.

Segundo o gestor malhapedrense, recentemente, uma idosa da comunidade de Cubículo, que está ilhada, precisou ser carregada no colo por um familiar para poder acessar à saúde pública. Já em Lagoa da Baixa, alimentos básicos do dia a dia da população são levados a pé por conta da falta de acesso para veículos. “Vamos continuar executando as ações para conceder qualidade de vida e melhores condições para a nossa população”, assegurou. Silva ainda disse que sua gestão, desde o seu início em 2021, fez diversas melhorias em estradas vicinais no interior do município, mas, com as fortes chuvas, um mutirão já está sendo realizado para melhorar a trafegabilidade na zona rural. “A chuva nos trouxe muita alegria, bem como danos em nossas estradas vicinais. Nossa equipe já está trabalhando para poder fazer a recuperação. Neste momento, o decreto nos possibilitará ter o apoio dos governos de esferas superiores”.

O prefeito informou ainda que as comunidades nas quais as máquinas estão conseguindo ter acesso os serviços de manutenção estão sendo realizados. “A emergência não é deste prefeito e sim do povo de Malhada de Pedras. Nosso governo veio para cuidar das pessoas e é isto que estamos e vamos continuar fazendo em toda a cidade”.