Achei Sudoeste




Secretaria nega versão da PM e garante atendimento célere em gestante no Hospital de Brumado

22 Mai 2022 - 13:15h

A secretaria de saúde (Sesau) negou, em nota enviada ao site Achei Sudoeste, neste domingo (22), as informações da Polícia Militar sobre o ocorrido com uma gestante que estava em trabalho de parto no estacionamento do Hospital Municipal Professor Magalhães Neto (MNPMN), em Brumado, na madrugada deste sábado (21) (veja aqui). De acordo com a pasta, a gestante chegou na unidade de saúde às 00h59 e foi atendida às 01h10, 11 minutos após a admissão no pronto socorro, o que comprova um atendimento célere. Ainda de acordo com a Sesau, a paciente que, segundo relato da mesma, bem como do seu acompanhante, havia cursado com parto vaginal, ocorrido em domicílio por volta das 23h30 do dia 20/05/22. Na nota, a secretaria de saúde, disse que a gestante, contou com a ajuda dos policiais militares no deslocamento de seu veículo particular que estava no estacionamento do hospital até a ala da obstetrícia da unidade, o que ocorreu em poucos minutos. “Tão logo chegaram ao setor obstétrico, foram prontamente recebidos pela equipe de enfermagem obstétrica e então submetidas aos procedimentos de rotina pós-parto”, garantiu. Segundo a secretaria, a mãe e a recém-nascida, foram avaliadas e encontravam-se bem, sem sinais de comorbidades ou complicações decorrentes ao parto em domicílio. “As informações fornecidas para a imprensa foram completamente distorcidas, denegrindo o HMPMN bem como os profissionais de saúde envolvidos na ocorrência. A secretaria de saúde e os brumadenses reconhecem a competência e o compromisso dos colaboradores do HMPMN”. De acordo com a secretaria, de janeiro a abril de 2022 já foram registrados 284 partos na unidade, desses, 65,85% de partos normais e 34,15% de partos cesarianos. “Nosso compromisso é garantir uma saúde pública de qualidade aos brumadenses”, finalizou a nota.