Mãe abraça filha durante tiroteio, mas criança é atingida no peito no Rio de Janeiro

16 Set 2020 - 10:30h

A mãe da menina de três anos baleada em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, abraçou a filha para tentar protegê-la dos tiros. A criança foi atingida na porta de casa na noite de segunda-feira (14). Os pais não quiseram gravar entrevista pois moram em uma área de risco. A mãe contou que a menina estava brincando quando ela montava a barraca de salgados onde trabalham, na porta de casa, na comunidade do Massapê, em Santa Cruz da Serra, quando ouviu os tiros. De acordo com o G1, ela abraçou a menina e, logo depois, viu que a filha estava ferida. A criança foi atingida no tórax e socorrida em uma unidade de saúde da região. Depois, ela foi levada para o Hospital Adão Pereira Nunes. A Secretaria de Saúde de Duque de Caxias afirma que ela não corre risco de morrer.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias