Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Educação"

23 Mai 2022 - 15:30h

Se bem há apenas alguns anos era considerado um método de estudo “secundário” ou do futuro, após a pandemia do Covid-19 o Ensino a Distância cresceu de forma exponencial e passou a ser respeitado como uma ferramenta prática e acessível para a trajetória profissional que se encaixa com as novas demandas da sociedade. Assim, existem hoje em dia diversos portais de ensino sérios que oferecem um conhecimento diferenciado e atrativo para melhoria na carreira, inclusive com a mesma valorização no mercado de trabalho e todas as particularidades que muitas instituições de ensino convencional. Plataformas como a crehana brasil reviews disponibilizam uma enorme quantidade de opções de formações online para aprender desde novas habilidades técnicas e ferramentas de trabalho específicas até competências emocionais. Confira abaixo o que leva um estudante optar por se matricular em um curso online em detrimento da modalidade presencial. 

Estudar no ritmo e horários convenientes

Um dos principais benefícios do Ensino a Distância (EaD) é que permite que o processo de aprendizado seja feito considerando a individualidade e os tempos dos alunos. A comodidade e flexibilidade de horários é um dos baseamentos da educação virtual, já que o estudo se adapta à rotina do aluno, permitindo a ele passar por todo o processo de aprendizado onde e quando quiser, desde que tenha uma boa conexão à internet.

?            Interatuar com outros alunos

Os portais de ensino online como crehana brasil reviews oferecem múltiplas ferramentas de comunicação que permitem que os alunos interajam de forma direta, inclusive fora do ambiente educacional, para estabelecerem laços mais fortes entre eles, trocando ideias e, portanto, reforçando o processo de aprendizado. Fóruns, e-mails, grupos de Facebook, grupos de WhatsApp e espaços de bate-papo online são alguns dos canais de comunicação que costumam ser utilizados pelos alunos. Esses recursos são essenciais para otimizar o desempenho e aumentar o engajamento com as aulas, agregando mais conhecimento e criando oportunidades de networking (redes de contato).

Inclusão social

Dentre os maiores benefícios de realizar cursos online está o custo-benefício. Se deslocar até uma instituição de ensino para assistir às aulas presencialmente implica tempo e um grande desembolso monetário com questões como transporte, material de ensino e alimentação para muitas pessoas. Por isso, além da praticidade, a educação a distância também representa um enorme papel social, já que assegura que muitos alunos que trabalham ou não tem condições de gastar em questões como deslocamento ou alimentação fora de casa possam dar início ou continuar seus estudos.

Preços mais em conta

Em regra, o Ensino a Distância é um modelo educativo muito mais econômico do que o tradicional, já que o investimento financeiro de infraestrutura e funcionários das plataformas virtuais é claramente muito menor se comparado ao das instituições de ensino convencionais. Isso se traduz em preços e mensalidades muito atraentes dos cursos online, o que os torna uma ótima alternativa para quem deseja estudar, mas não consegue ter acesso a financiamentos, principalmente nesses tempos de crise econômica.

Obtenção de certificados

Normalmente, os portais de ensino virtual oferecem um certificado de curso, isto é, um documento comprovativo dos estudos realizados pelo aluno. Essas certificações fazem toda a diferença no currículo, já que servem para fortalecer tanto a formação profissional quanto a pessoal. Hoje em dia, os certificados de qualificação profissional fornecidos pelas diversas instituições de ensino online são bem-aceitos no mercado de trabalho. Aliás, para muitas empresas, a formação obtida através da modalidade virtual já possui o mesmo valor que a presencial.

O que levar em conta antes de se matricular em um curso online

Como vimos, a capacitação online está cheia de benefícios para quem quer aprimorar seus conhecimentos e adquirir novas habilidades em diferentes áreas de atuação. No entanto, para que todas essas vantagens sejam colhidas, é preciso levar em consideração alguns pontos. Por exemplo, merece atenção especial que para ter sucesso na realização de um curso online é preciso ser disciplinado e saber gerenciar bem o tempo. A capacitação online exige compromisso no que respeita à participação nas aulas e à realização de trabalhos e exames. Se adaptar ao formato e administrar a rotina é chave, independentemente da área de aprendizado. Além disso, muitos alunos têm problemas de concentração quando estão frente a um computador, pelo qual é necessário pôr as distrações de lado e manter o foco em se dedicar exclusivamente aos estudos e ao cumprimento das tarefas. A falta de atenção pode ser solucionada através da criação de um cronograma, que deve ser seguido com responsabilidade. Por último, é importante ressaltar que para fazer cursos online é preciso ter alguns conhecimentos sobre ferramentas tecnológicas. A falta de conhecimentos informáticos pode ser uma grande limitação na hora de aceder ao conhecimento online. De qualquer forma, vale ressaltar que as melhores plataformas de ensino oferecem diversos canais de contato para suporte técnico tanto para os professores como para os alunos.

Os cursos online mais procurados

Segundo as estatísticas, essas são as especialidades mais procuradas e valorizadas por quem pretende fazer uma capacitação online:

Comunicação digital (Marketing nas redes)

Fotografia

Nutrição

TI (Tecnologia da Informação) 

Algumas conclusões

Como vimos, a capacitação online possui benefícios inquestionáveis e está gradativamente ganhando reconhecimento e revolucionando as formas de ensino tradicional. Para quem deseja se capacitar para se manter ativo e atualizado no competitivo mercado de trabalho atual, mas não conta com tempo disponível para se locomover até uma universidade ou instituição de ensino, os cursos online são uma ótima solução. No entanto, lembramos novamente que a modalidade virtual não se traduz em deixar a qualidade de ensino de lado, pelo qual é preciso saber se organizar e dedicar tempo para ficar algumas horas na frente do computador. Portanto, antes de iniciar sua jornada de ensino virtual, pesquise, avalie cada opção e entenda bem a metodologia do curso para fazer boas escolhas. Afinal, qualificação é coisa séria!

20 Mai 2022 - 07:30h

Os deputados federais aprovaram, nesta terça-feira (17), por 409 votos a 9, uma nova versão da Medida Provisória que perdoa 99% das dívidas do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para os estudantes inadimplentes. O projeto segue agora para aprovação do senado para ser votada até 1º de junho. De acordo com a CNN, o desconto é válido para os estudantes que contrataram o financiamento até o 2º semestre de 2017 e estão com débitos vencidos pendentes. O valor a ser abatido na negociação do total da dívida poderá ser de até 77%, mas caso o titular participe do Castrao Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) ou tenha sido beneficiário do Auxílio Emergencial 2021, o desconto chega a 99% do devido. No texto aprovado pelos deputados, fica proibido prazo de parcelamento dos créditos superior a 150 meses, a não ser que haja cobrança por meio de consignação à renda do devedor do Fies. Segundo o governo, mais de um milhão de estudantes de contratos ativos formalizados até 2017 estão inadimplentes, ou seja, com mais de 90 dias de atraso no pagamento. Isso representa taxa de 51,7% de inadimplência de quem contratou o Fies até o período e soma R$ 9 bilhões em prestações não pagas. Diante desse cenário, essa medida que garante desconto para quitação da dívida visa diminuir a inadimplência atual e promover a sustentabilidade do fundo.

10 Mai 2022 - 08:30h

O prazo para inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022, nas versões impressa e digital, começa na terça-feira (10) e vai até 21 de maio. Na última edição do exame no passado, 239.101 pessoas se inscreveram na Bahia para participar do exame, segundo informações do Inep. Desse total, 237.050 pessoas optaram por realizar a prova de maneira impressa, enquanto 2.051 baianos escolheram a versão digital do exame. A inscrição deve ser feita na página do participante do Enem. A taxa para quem não conseguiu isenção é de R$ 85 e deve ser paga até 27 de maio, por boleto, PIX e cartão de crédito.

08 Abr 2022 - 10:30h

Mais de 127 mil alunos que estavam com parcelas atrasadas do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) aderiram, até 30 de março, ao programa do governo federal para renegociação de dívidas. O dado foi divulgado nesta quinta-feira (7) pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Em dezembro, o presidente Jair Bolsonaro editou a Medida Provisória nº 1.090, que estabelece que estudantes que usaram o Fies para financiar as mensalidades de uma universidade privada tenham direito a um abatimento de até 92% no valor devido. Essa facilidade, no entanto, foi dada apenas a que está com atraso de, no mínimo, 3 meses no pagamento. Para os que vêm conseguindo bancar as parcelas, não há nenhum benefício. Até 30 de março, cerca de R$ 105 milhões já haviam sido repassados para a Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, agentes financeiros do programa. O prazo para contratar a renegociação com descontos de até 92% começou em 7 de março e segue até o dia 31 de agosto de 2022. Cerca de 1,3 milhão de estudantes estão endividados. Segundo o Ministério da Educação, dos 2,6 milhões de contratos ativos formalizados até 2017, mais de 2 milhões estão na fase de amortização, com saldo devedor de R$ 87,2 bilhões. Destes, mais de 1 milhão de estudantes estão inadimplentes, com mais de 90 dias de atraso no pagamento. Isso representa uma taxa de 51,7% de inadimplência, segundo o governo, e soma R$ 9 bilhões em prestações não pagas. É justamente este público com dívidas com mais de 90 dias de atraso que firmaram o contrato até 2017 que podem recorrer à renegociação.

06 Abr 2022 - 11:30h

O Tribunal de Contas da União (TCU) barrou a conclusão do pregão do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), ligado ao Ministério da Educação (MEC), para a aquisição de ônibus escolares com suspeita de sobrepreço nesta terça-feira, 5. A medida veio após denúncia veiculada no jornal O Estado de S.Paulo que apontou que a entidade iria pagar, mesmo com parecer contrário dos órgãos de controle, até R$ 480 mil por veículo enquanto o preço avaliado para pregão, de acordo com cálculo do próprio setor técnico, é de R$ 270 mil. Com isso, o preço total do pregão pularia de R$ 1,3 bilhão para R$ 2,045 bilhões, com R$ 732 milhões de sobrepreço para a aquisição de 3.850 veículos que seriam exclusivos para o uso de alunos da rede pública de escolas em zonas rurais. Mesmo com a denúncia, o MEC decidiu realizar o pregão e só foi impedido pela decisão liminar do ministro Walton Alencar Rodrigues que suspendeu o certame. Na deliberação, o ministro permite que o pregão prossiga até a penúltima fase, porém impede que o FNDE homologue a licitação e adquira os veículos. “Considero prudente que a medida cautelar tenha seus efeitos modulados, para permitir o prosseguimento do certame, impedindo-lhe, contudo, a homologação e a adjudicação do objeto, até a final decisão de mérito”, escreve Walton Alencar. O ministro determinou ainda que o FNDE apresente em até 15 dias as informações sobre o certame com o detalhamento do processo de obtenção dos preços referenciais e o cálculo da estimativa de preços utilizados. “De fato, há toda uma série de fatores importantes, pendentes de comprovação, que podem ter influenciado no preço dos veículos, os quais precisam ser devidamente esclarecidos pelo FNDE. Desse modo, a oitiva do Fundo é imprescindível para o juízo de mérito da presente representação”, diz o ministro.

29 Mar 2022 - 11:30h

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, entregou pedido de exoneração ao presidente Jair Bolsonaro (PL) nesta segunda-feira (28). Ele pediu para deixar o cargo depois de vir à tona um suposto favorecimento de pastores na distribuição de verbas do ministério. Ribeiro negou as acusações. A existência de um “gabinete paralelo” que controlaria verbas e agenda do Ministério da Educação foi revelado pelo jornal O Estado de S. Paulo. Depois, a Folha de S.Paulo divulgou o áudio de uma reunião em que o então ministro disse que, a pedido do presidente Bolsonaro, o repasse de verbas seguiria as indicações dos dois pastores. Os pastores a que o ministro se refere no áudio são Gilmar Santos e Arilton Moura. Eles não têm cargo no governo, mas participaram de diversas reuniões com autoridades nos últimos anos. Interinamente, ficará no posto como ministro o atual secretário-executivo Victor Godoy Veiga. Na carta em que pediu exoneração do cargo, Ribeiro se defendeu, afirmando que "jamais realizou um único ato de gestão na pasta que não fosse pautado pela correção, pela probidade e pelo compromisso com o erário" e que pediu para deixar o cargo para que “não paire nenhuma incerteza sobre a minha conduta e a do Governo Federal”. A saída dele foi oficializada em uma edição extra do Diário Oficial da União. Ele foi o quarto ministro da Educação do governo Jair Bolsonaro a deixar o posto. Com a saída dele, chegará a cinco nomes no MEC. A quantidade de trocas só perde para o governo Dilma/Temer, como o que mais fez mudanças no comando da pasta. Pastor presbiteriano e professor, Ribeiro estava desde julho do ano passado no comando do MEC e entregou a carta de exoneração em uma reunião com Bolsonaro.

09 Mar 2022 - 08:30h

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) abriu as inscrições para o sorteio de 3.880 vagas para cursos técnicos para estudantes do ensino médio e fundamental. As vagas ficarão abertas até o dia 17 de março e a lista com o resultado final da seleção será publicada no Portal da Educação no dia 21 deste mês. As inscrições nos Cursos Técnicos de Nível Médio Concomitantes ao Ensino Médio (MEDIOTEC) e nos Cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) podem ser feitas através do site. Ambos terão ensino presencial e os estudantes receberão auxílio no valor de R$ 10 por dia de aula efetivamente frequentada, para custeio de transporte e alimentação. Ao todo, serão ofertadas 425 vagas para os cursos do MEDIOTEC, distribuídas em três Eixos Tecnológicos e quatro cursos técnicos de nível médio, totalizando 17 turmas composta por 25 estudantes. A carga horária dos cursos técnicos ofertados variam entre 800 e mil horas. Os estudantes do Ensino Médio do 1º ou 2º ano regularmente matriculados na rede estadual de ensino realizarão o curso no contraturno do Ensino Regular. As inscrições, nessa modalidade, estarão abertas para os cursos técnicos de Vendas, Paisagismo, Hospedagem e Administração. Para as turmas do PRONATEC, nos cursos de Formação Inicial e Continuada, nas quotas Novos Caminhos e Qualifica Mais Emprega Mais, são ofertada 3.455 vagas. Elas valem para estudantes do Ensino Fundamental até os egressos da rede pública de Educação, no âmbito federal, estadual ou municipal ou, comprovadamente, de instituição filantrópica ou de instituição privada na condição de bolsista integral. Os selecionados deverão fazer a matrícula de forma online. Para isso, basta encaminhar eletronicamente, no período de 21 a 25 de março, para o e-mail [email protected], em uma única mensagem, os documentos indicados no edital. As aulas terão início no dia 28 de março.

06 Mar 2022 - 07:10h

A partir desta segunda-feira (7), cerca de 1 milhão de estudantes poderão renegociar suas dívidas com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). De acordo com o Ministério da Educação (MEC), o total de pessoas inadimplentes, ou seja, com mais de 90 dias de atraso no pagamento, representa 51,7% dos estudantes com financiamento e já soma R$ 9 bilhões em prestações atrasadas. De acordo com o Brasil 61, para quem possui dívidas entre 90 e 360 dias de atraso, o desconto é de 12% do saldo devedor, com isenção de juros e multas e parcelamento em até 150 meses. Já para quem deve há mais de 360 dias, o desconto pode chegar a 86,5% do saldo devedor. Além disso, se o estudante estiver inscrito no Cadastro Único (CadÚnico) ou for beneficiário do Auxílio Emergencial, o desconto será de 92%. Nesse caso, o saldo poderá ser parcelado em até dez vezes.

04 Mar 2022 - 15:45h

O que movimenta uma empresa são as propagandas, afinal de contas, sem propaganda é impossível conhecer algo novo. Sem divulgar um produto, ou uma marca se tornar conhecido e ganhar credibilidade no mercado é impossível, ainda mais na sociedade atual em que tudo envolve tecnologia. Na sociedade atual tudo está conectado às redes sociais, portanto ter credibilidade e sua marca em circulação é uma chave para o sucesso. E para melhorar a circulação de informações que existem nos cursos de marketing, eles são responsáveis por te ensinar como divulgar uma marca no mundo, seja através da internet ou de campanhas de publicidade.  Estudar com cursos gratuitos online Marketing é se conectar melhor ao mundo e descobri como fazer uma propaganda mais atrativa. As propagandas sempre estão em constante mudança, assim como os cursos marketing que estão sempre se modificando. Hoje em dia divulgar uma marca se tornou mais fácil, mas ao mesmo tempo mais complexo. Muitas pessoas com cursos de marketing em diferentes áreas apontam que fazer propaganda online é tão complicado quanto pilotar um avião. Isso acontece pelo fato de que a propaganda quando mal feita no mundo atual, em que tudo está conectado pode acabar prejudicando uma marca. Estudar com cursos gratuitos online no ramo de Marketing pode evitar que você acabe num caminho ruim. Saber como funciona bem o processo de atrair clientes é essencial para os cursos de marketing. Dessa forma eles exploram de maneira objetiva as redes sociais ao máximo, pois é nelas que você consegue captar o máximo de clientes possíveis. Fazer cursos marketing te tornam uma ótima peça para as empresas, já que você consegue movimentar bem as novas ações das empresas, divulgando novidades e atraindo cada vez mais clientes. A renda de quem trabalha com isso costuma ser muito boa, pois é uma profissão que exige muito estudo e que você possa estudar com cursos gratuitos online por muitos anos para sempre estar atualizado e não prejudicar uma marca. O grande destaque da área fica no fato de que após as empresas adotarem um profissional na área, elas costumam ter um crescimento em vendas e captação de clientes muito mais alta. O fato é que quem procura estudar com cursos gratuitos online em marketing está investindo em um setor que sempre estará em constante crescimento. Milhares de cursos marketing no mercado são muito valiosos, pois as redes sociais já são parte do dia a dia das pessoas e enquanto isso continuar os cursos de marketing digital serão muito importantes.

Como fazer um curso marketing digital online?

Como você pode notar, o marketing digital é uma área que está crescendo muito a cada dia. Tanto para empresas quanto para profissionais autônomos essa área garante muitos lucros. O marketing digital é utilizado para diversas propostas diferentes, ou seja, te torna um profissional mais completo. Estudar com cursos gratuitos online de marketing digital está se tornando cada vez mais popular. É questão de tempo para que a área se torne mais atrativa do que os cursos de informática. O grande problema para quem procura estudar algo novo é ter tempo para estudar em horário comercial, ainda mais para quem trabalha o dia inteiro. Aprender cursos marketing digital tem se tornado uma tarefa cada vez mais complicada, já que os cursos presenciais estão com alta no preço devido a demanda. Porém para quem procura iniciar ainda existem os cursos online gratuitos, em que você pode ter o ponta pé inicial nesse novo de trabalho em constante crescimento. Existem alguns critérios que você deve levar em conta ao escolher onde estudar com cursos gratuitos online. O primeiro critério são os certificados. Muitos cursos de marketing digital não emitem certificado, eles podem até te ajudar a aprender algo novo, mas não melhoram seu currículo, portanto pode acabar se tornando perda de tempo. Tendo certificado qualquer curso de marketing digital melhora e muito seu currículo.

Cursos Marketing Digital nas empresas

É comum que grande parte dos cursos de marketing digital hoje em dia seja desenvolvida para trabalhar com uma única plataforma como a Google, por exemplo. Isso se torna um diferencial enorme para as grandes empresas, estudar com cursos gratuitos online em locais que já preparam o profissional com uma especialidade o aproxima de um trabalho com excelência em determinada plataforma. Como foi dito anteriormente o marketing digital é um ramo em constante crescimento. A cada dia que passa novas propagandas interativas nas redes sociais e nas páginas web aparecem com inovações. Os cursos marketing digital tem se tornado cada vez mais complexo, já que junto aos avanços da tecnologia a propaganda também cresce. O Marketing digital já existe a muito tempo, mas os cursos marketing digital estão se popularizando nos últimos anos no Brasil, isso faz com que os profissionais nessa área se tornem extremamente valiosos e raros. Mesmo em momentos de crise o marketing digital é uma área de trabalho que continua crescendo e trazendo lucro para quem usa disso.

Como estudar cursos marketing

Para se tornar um profissional nesse ramo é bem simples, estudar com cursos gratuitos online está cada vez mais acessível. Você já consegue iniciar seus trabalhos com seu primeiro certificado é claro que é só com o acúmulo de experiências e cursando diversos cursos marketing que você consegue se tornar um profissional excelente, mas isso vem com o tempo. O crescimento de uma empresa hoje em dia depende muito do uso desses profissionais, portanto investir um pouco nessa área de conhecimento pode ser o que faltava para sua empresa despontar em vendas. O fato é que hoje em dia praticamente tudo depende das redes sociais, sabendo disso investir em divulgar você, seus produtos e sua marca online pode fazer com que você tenha um crescimento profissional impressionante, a parte mais complicada do marketing digital é encontrar um profissional disponível, pois como foi dito anteriormente essa é uma área de trabalho que sempre possui demandas enormes.

11 Fev 2022 - 08:30h

O governo federal anunciou nesta quinta-feira (10) que estudantes que contrataram financiamento através do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) poderão renegociar suas dívidas a partir de março. A renegociação foi instituída via medida provisória, editada por Bolsonaro em dezembro de 2021. O Fies é um programa pelo qual o governo federal paga as mensalidades de estudantes de graduação em instituições privadas de ensino superior enquanto eles cursam a faculdade. Por se tratar de um financiamento, o estudante precisa quitar a dívida posteriormente. Segundo o Ministério da Educação (MEC), a renegociação das dívidas deve começar em 7 de março e ir até o dia 31 de agosto de 2022.  A MP assinada pelo presidente Jair Bolsonaro entrou em vigor ao ser publicada no Diário Oficial da União (DOU) em dezembro, porém terá de ser aprovada em 2022 por deputados e senadores para que não perca a validade. Ainda, de acordo com o governo, para ter o nome retirado dos cadastros restritivos de crédito, os estudantes deverão pagar o valor da entrada no ato da renegociação, correspondente à primeira parcela. O montante mínimo da prestação será de R$ 200.

05 Fev 2022 - 22:45h

Na próxima segunda (7), começam as aulas de forma 100% presencial em todas as unidades de ensino da rede pública estadual. Neste retorno, será obrigatória a apresentação do cartão de vacina, na portaria das escolas, para os estudantes maiores de 18 anos. A regra também é válida para a comunidade escolar que deseje ter acesso às unidades de ensino, atendendo ao decreto governamental que exige o comprovante para entrar em prédios públicos estaduais. A medida é mais uma forma de prevenir a disseminação do coronavírus, que vai contar também com o uso obrigatório de máscaras, ventilação dos ambientes e disponibilização de álcool em gel para higienização das mãos, conforme os protocolos de biossegurança. Vale lembrar, que as escolas estão estruturadas e seguindo os protocolos de biossegurança desde que as aulas foram iniciadas para o ano letivo continuum 2020/21 e estas medidas foram ainda mais fortalecidas com as aulas presenciais, por meio da disponibilização de recursos do governo do Estado, da ordem de R$ 250 milhões do Programa Retorno Escolar Seguro (PRES). Os recursos transferidos para a conta da Caixa Escolar das unidades escolares foram destinados à cobertura de despesas de custeio e capital, de forma a contribuir para a manutenção física e pedagógica dos estabelecimentos de ensino, adequando as estruturas e adquirindo materiais necessários para manter os protocolos de biossegurança.

28 Jan 2022 - 16:30h

O presidente Jair Bolsonaro (PL) autorizou, nesta quinta-feira (27), o aumento do piso salarial dos Profissionais do Magistério Público da Educação Básica. De acordo com o Brasil 61, o reajuste, segundo informações, ficou no valor de 33,24% Desta forma, a categoria receberá R$ 3.845,63. “É com satisfação que anunciamos para os professores da educação básica um reajuste de 33,24% do piso salarial. Esse é o maior aumento já concedido pelo Governo Federal, desde o surgimento da Lei do Piso”, afirmou Bolsonaro em uma rede social. O aumento leva em consideração o valor, por aluno, pela variação da inflação nos últimos dois anos, conforme prevê a Lei do Magistério. Segundo o presidente, mais de 1,7 milhão de professores de estados e municípios, que lecionam para mais de 38 milhões de alunos nas escolas públicas, serão beneficiados.

03 Jan 2022 - 14:30h

Foi publicada na última quinta-feira (30), em edição extra do Diário Oficial da União, a Medida Provisória (MP) 1.088/2021, que abre crédito extraordinário de R$ 3,5 bilhões para financiar o acesso à internet em escolas públicas. O valor será destinado ao Ministério da Educação, que vai encaminhar os recursos para os estados e para o Distrito Federal. De acordo com o governo, a MP visa promover a assistência financeira da União para garantir acesso à internet, com fins educacionais, aos alunos e aos professores da Educação Básica Pública. O dinheiro pode ser utilizado na compra de terminais, cedidos aos alunos e professores, e na aquisição de soluções de conectividade móvel. Os investimentos deverão ser feitos para beneficiar alunos da rede pública das famílias que estão no cadastro único do governo para programas sociais, matriculados em escolas de comunidades indígenas e quilombolas. Em nota, o governo destacou que a abertura do crédito extraordinário é uma ação emergencial e temporária, de caráter socioeconômico, e “não afeta o cumprimento da meta de resultado primário”.

02 Jan 2022 - 07:50h

O Ministério da Educação (MEC) informou nesta sexta-feira (31) que foram criadas cerca de 600 mil vagas no ensino superior neste ano. De acordo com a pasta, 436,3 mil foram para cursos à distância e 159,8 mil para cursos presenciais, o maior número entre 2015 e 2021. O curso que mais abriu vagas foi o de enfermagem, com 112 autorizados. Em seguida, estão direito (108), pedagogia (90), psicologia (85) e administração (72). Neste ano, o MEC também registrou bons índices de reconhecimento e renovação de cursos, com 925 cursos reconhecidos, e 8,2 mil que tiveram a condição de reconhecimento renovada. A avaliação dos cursos é feita pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão vinculado ao ministério. Entre os critérios utilizados estão a infraestrutura, corpo docente e organização didático-pedagógica da faculdade.

12 Out 2021 - 11:00h

As escolas da rede estadual de ensino da Bahia vão retomar o modelo de aulas 100% presenciais, a partir do dia 18 de outubro, conforme anúncio feito pelo governador Rui Costa. Os alunos que cursam o ensino médio na rede estadual estão com aulas no regime semipresencial - metade presencial, metade virtual - desde 26 de julho. Já os estudantes do ensino fundamental começaram no dia 9 de agosto. Antes disso, os cerca de 175 mil alunos da rede estadual na Bahia estavam sem ir para a escola desde 18 de março de 2020, por causa da pandemia da Covid-19. Durante agenda no município de Floresta Azul, no sul baiano, o governador disse que ainda o estado terá mais uma semana para finalizar a preparação da retomada totalmente presencial. “As escolas estão no modelo híbrido, mas na segunda-feira, dia 18, voltaremos com as aulas 100% presenciais. Até lá, temos mais uma semana para finalizar a preparação e organização para esse retorno”, explicou Rui.

01 Out 2021 - 09:30h

O governador Rui Costa anunciou que o retorno das aulas 100% presenciais foi adiado na Bahia por causa do aumento de casos ativos de Covid-19, registrado no estado nos últimos dias. Os planos de retomada estavam previstos para o mês de outubro. “Os números vinham caindo. Caíram até dois mil casos diários. Eu já tinha acionado a Secretaria da Educação para iniciar, em outubro, as aulas 100% presenciais. Mas infelizmente, para nossa surpresa e tristeza, os números subiram bastante. Em 10 dias, subiram de 2 mil para 2.700 casos ativos, o que fez com que a gente desse um freio nesse processo de liberação e vamos aguardar o que vai acontecer nos próximos dias”, comentou. Rui Costa destacou que as autoridades seguem monitorando as estatísticas e analisam o melhor momento para colocar em ação o plano de retomada das aulas totalmente presenciais na rede estadual. O governador anunciou que, junto aos planos de retomada das aulas presenciais, pode haver flexibilização nas medidas de restrição e avalia, nesse conjunto, o retorno do público aos estádios de futebol.

19 Ago 2021 - 14:30h

A prefeitura da cidade de Caetanos, através da Secretaria Municipal de Educação, recebeu na tarde desta quarta-feira (18) a visita da equipe da Plataforma Bravo. Segundo a prefeitura, o objetivo da visita é otimizar o uso das ferramentas que a plataforma oferece, bem como reforçar a parceria existente entre o eixo tecnológico e pedagógico. Na oportunidade, a equipe visitou as unidades escolares da sede, juntamente com a Secretária de Educação Rosene Brito. Diante dos resultados, Brito fez questão de parabenizar o esforço individual e coletivo para que o grau de excelência atual fosse atingido. Segundo o diretor executivo da Plataforma Digital Bravo, o ambiente virtual de aprendizagem é mais uma tecnologia desenvolvida para ajudar os municípios a trilharem o caminho certo no ensino remoto.

02 Ago 2021 - 15:30h

A tecnologia é uma das forças que movem o mundo. O seu desenvolvimento impacta todos os setores e desperta infinitas oportunidades. Já pensou em surfar nessa onda tecnológica com propriedade? Essa é uma das novidades da Unopar para quem quer se capacitar e trabalhar com tecnologia. A “Academia Tech” foi criada pela instituição com o objetivo de trazer o que há de mais moderno nesse mercado para desenvolver habilidades compatíveis com o perfil do profissional do futuro, formando profissionais competentes e atualizados. Venha fazer parte da Academia Tech, o hub de tecnologia com cursos exclusivos e parcerias especiais para você turbinar o seu currículo. A unidade fica localizada na Rua Eugênia Dantas de Araújo, nº 55, no Bairro do Hospital. Entre em contato para conhecer nossos descontos e formas de pagamento por meio do WhatsApp: (77) 99806-8684 e (77) 99981-3731.

26 Jul 2021 - 14:30h

O secretário Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, Maurício Cunha, defendeu a volta das crianças ao ensino presencial, sobretudo nas escolas públicas. De acordo com ele, mais de 3 milhões de crianças brasileiras não tem acesso ao ensino remoto. “Com a pandemia, regredimos 20 anos na educação brasileira”, disse ele. Além disso, fora da escola, essas crianças estão convivendo com problemas nutricionais (muitos tinham a merenda como única refeição do dia), psicológicos, de violência (os professores são uns dos principais denunciantes de violências domésticas praticadas contra crianças) e de socialização. O secretário disse, inclusive, que no retorno às aulas presenciais a equipe escolar deverá estar mais preocupada com o acolhimento dessas crianças do que com a administração de conteúdo didático. “Nesse momento o apelo é que as crianças tenham acesso à educação presencial de uma forma planejada, escalonada, respeitando os protocolos de saúde, respeitando as escolhas das famílias, mas que não se prive as crianças desse direito”, disse. Na conversa, o secretário também abordou sobre os 31 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) comemorados neste mês. Segundo ele, o ECA foi um marco na legislação que trata desse público com a inauguração da doutrina da proteção integral, na qual a criança passa a ser vista como sujeito de direitos e não apenas objeto de intervenção. O estatuto também trouxe o conceito da criança em especial situação de desenvolvimento: ela tem de ser protegida e amada. “A criança não é um pequeno adulto. Ela não tem de ser submetida às regras do mercado de trabalho. Ela tem de estudar, ser protegida e brincar. Temos de semear para que ela floresça na vida adulta”, disse.

22 Jul 2021 - 09:30h

O curso de Farmácia na Universidade Unopar tem a missão principal de capacitar os alunos para trabalhar no planejamento e desenvolvimento de remédios, cosméticos e uma extensa gama de artigos de higiene e uso pessoal. Já estão abertas as matrículas para o curso na Unopar de Brumado! Fique por dentro das opções de desconto por meio do WhatsApp: (77) 3451 5400. A unidade fica localizada na Rua Eugênia Dantas de Araújo, número 55, Bairro do Hospital.