Achei Sudoeste
Achei Sudoeste
Lagoa Real
Acusado de liderar organização criminosa com atuação nacional é preso em Lagoa Real Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Uma operação conjunta das Polícias Civis da Bahia e Goiás prendeu nesta sexta-feira (12), na cidade de Lagoa Real, acusado de liderar uma organização criminosa com atuação nacional em falsificações, roubo de carga, receptação, estelionato. Segundo informou a 22ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin) ao site Achei Sudoeste, Alex Alves Tinoco Morais, 33 anos, natural de Ceres (GO), apresentou documentação falsa no momento da prisão, o que gerou um registro de boletim de ocorrência e auto de prisão em flagrante. De acordo com a Polícia Civil, contra Alex haviam quatro mandados de prisão em aberto. O investigado já foi preso em outras oportunidades nos estados do Rio Grande do Norte, Goiás, Paraíba. Ainda de acordo com a Polícia Civil, além de Morais, a sua esposa e a sua mãe já foram presas em outras operações. A polícia não informou para qual unidade prisional Tinoco foi conduzido.

Vaquejada de Lagoa Real registra apenas pequenas ocorrências, diz 94ª CIPM Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

A Festa do Vaqueiro é uma das mais populares da região de Lagoa Real, iniciada no ano de 1991, sendo uma homenagem feita ao destemido vaqueiro, figura marcante da história local e nordestina. A festa atrai turistas e amantes da vaquejada de várias partes do Brasil. A marcha da vaqueirama percorre uma trilha de asfalto com destino ao Parque do Vaqueiro, onde todos montados em seus cavalos e com trajes típicos de sertanejos participam da importantíssima Missa do Vaqueiro. Esse ano, a 33° Missa do Vaqueiro e a Vaquejada de Lagoa Real aconteceu entre os dias 31/05 e 02/06/2024. De acordo com a 94ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), uma ocorrência de vias de fato foi registrada no primeiro dia do evento. Quatro pessoas foram conduzidas ao Posto de Comando, sendo 2 por uso de entorpecente e duas por via de fato, no dia 01/06. No dia 02/06, não houve registro de ocorrência e o evento foi finalizado com tranquilidade.

Estiagem: Governo Federal reconhece situação de emergência em Lagoa Real Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR), por meio da Defesa Civil Nacional, reconheceu, nesta segunda-feira (27), a situação de emergência na cidade de Lagoa Real. Com a medida, o município está apto a solicitar recursos do Governo Federal para executar ações de defesa civil. Cidades com o reconhecimento federal de situação de emergência ou de estado de calamidade pública podem solicitar ao MIDR recursos para ações de defesa civil. A solicitação pelos municípios em situação de emergência deve ser feita por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD). Com base nas informações enviadas nos planos de trabalho, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com o valor a ser liberado. A Defesa Civil Nacional oferece uma série de cursos a distância para habilitar e qualificar agentes municipais e estaduais para o uso do S2iD. As capacitações têm como foco os agentes de proteção e defesa civil nas três esferas de governo.

Lagoa Real: Comunidades rurais sem bombas d'água sofrem com o desabastecimento Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Na cidade de Lagoa Real comunidades rurais estão sofrendo com o desabastecimento. Ao site Achei Sudoeste, o vereador Laiston Liberato Correia (PSD) explicou que o problema está relacionado às bombas d’águas e o poder público tem obrigação de repor os equipamentos a fim de não deixar as comunidades desassistidas. “Eles demoram 15 dias, às vezes 30 dias pra trocar a bomba e o pessoal fica na carência de água. Quando levam caminhão pipa a água não é apropriada, não é totalmente potável”, denunciou. No momento, nas comunidades de Serra de Varginha, Bebedouro e Lagoa Funda, os moradores estão sem água há cerca de 20 dias. “É uma situação crítica. Os moradores estão utilizando água das cisternas, mas, na seca, essa água que está sendo utilizada agora vai fazer falta”, apontou. Apesar dos insistentes apelos dos moradores para que o poder público solucione o problema, nada é resolvido. Para o vereador, o problema é pequeno e poderia ser facilmente solucionado pela gestão. “Isso para prefeitura não é nada”, criticou. Várias famílias estão sendo prejudicadas com o desabastecimento.

Vereador de Lagoa Real condenado por porte ilegal de arma tem direitos políticos suspensos

O vereador Sebastião Moreira Aguiar (União Brasil), o Jão, 47 anos, do município de Lagoa Real, foi condenado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) a uma pena de dois anos de reclusão, a ser cumprida em regime inicialmente aberto, e 10 dias-multa no valor de 1/30 do salário mínimo vigente à época dos fatos por porte ilegal de arma de fogo. Segundo o auto de prisão em flagrante recebido pelo site Achei Sudoeste, Jão, que é natural de Livramento de Nossa Senhora, foi detido no dia 22 de março de 2022, por volta de 16h, na Avenida Santos Dumont, no município de Salmourão, no interior de São Paulo. O parlamentar portava e transportava, sem autorização e em desacordo com a determinação legal e regulamentar, uma arma de fogo, tipo revólver, calibre 38, da marca Rossi, número de identificação E208702, com capacidade para seis tiros, carregada com seis munições intactas, além de outras vinte e três munições do calibre em questão. Na ocasião, tratando-se de crime afiançável, em favor do indiciado foi arbitrada fiança criminal no valor de R$ 1.250 e, após exibido o valor fixado, o indiciado foi prontamente colocado em liberdade. “Cabível a substituição da pena privativa de liberdade por restritiva de direitos, posto que o condenado preenche os requisitos legais. Portanto, consoante artigo 44, § 2º, do CP, substituo a pena privativa de liberdade por duas penas restritivas de direito, quais sejam, prestação de serviços à comunidade e prestação pecuniária no valor de 1 (um) salário mínimo, a serem especificadas pelo juízo da execução penal. Ante o exposto, julgo procedente a pretensão deduzida na denúncia para condenar Sebastião Moreira Aguiar como incurso nas sanções do art. 14, caput, da Lei 10.826/03, às penas de 02 anos de reclusão a serem cumpridas em regime inicialmente aberto, e 10 dias-multa no valor de 1/30 do salário mínimo vigente à época dos fatos”, sentenciou, no dia 21 de março de 2023, o juiz Guilherme Lopes Alves Pereira, da 2ª Vara Criminal da Comarca de Osvaldo Cruz. Em uma certidão emitida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em 9 de maio de 2024, às 8h27, já consta a suspensão dos direitos políticos do vereador por condenação criminal. De acordo com a certidão, Jão não pode exercer o voto ou regularizar sua situação eleitoral enquanto durar o impedimento. A nossa reportagem não conseguiu contato com o parlamentar.

CPI vai apurar denúncias contra prefeito e presidente da Câmara de Lagoa Real Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Na cidade de Lagoa Real, a Câmara de Vereadores pode abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar denúncias contra o prefeito Pedro Cardoso Castro (MDB) e o presidente da casa legislativa Ancelmo Pessoa Ferreira (MDB), o Teozão do Riachão. Ao site Achei Sudoeste, o vereador Santo Batista de Almeida (PSD), o Santão, informou que há fortes indícios de que a prefeitura teria pago o valor de R$ 347 mil para empresas “laranjas”, de propriedade do presidente da Câmara. O parlamentar apontou que um dos supostos proprietários de uma das empresas apontadas nas denúncias é uma pessoa humilde, que trabalha como diarista. “As suspeitas são muito grandes”, afirmou. Empresas de transporte, de material de construção e postos de combustíveis estariam envolvidas nas denúncias. Batista relatou que há notas emitidas com valores exorbitantes em nome de empresas que nunca prestaram serviço ou fizeram uma obra sequer no município. O vereador adiantou que, em sua maioria, a Câmara Municipal é a favor que as denúncias precisam ser investigadas. “Já estão com os contratos em mãos e sexta-feira vamos entrar com o pedido de requerimento de abertura da CPI e formação da comissão”, destacou.

Casal morre após colisão entre dois veículos e BR-030 ficou interditada em Lagoa Real Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Um casal morreu na noite desta segunda-feira (08) em um acidente de trânsito registrado na BR-030, comunidade do Pancadão, zona rural de Lagoa Real. O trecho ficou bloqueado por cerca de 4h. Segundo informou a 94ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) ao site Achei Sudoeste, o sinistro foi registrado por volta das 19h20, e envolveu uma Parai e um Palio. O casal Sebastião Soares Silva e Ana Oliveira Silva, que estavam a bordo da Parati morreram no local. As vítimas fatais são de Lagoa Real. No outro veículo um casal com duas filhas, moradores de Pindaí, ficaram feridos e foram conduzidos por familiares para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) em Caetité. De acordo com a Polícia Militar, ambos estão fora de perigo. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) realizou a perícia no local. Os corpos das vítimas fatais foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) em Guanambi para serem necropsiados. Um guincho retirou os veículos da pista, liberando a via por volta das 23h.

Lagoa Real: Homem é preso com arma e munições após mandado de busca e apreensão Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Nesta terça-feira (26), a Polícia Civil da cidade de Lagoa Real, comandada pelo delegado Rogério dos Santos e uma equipe de investigadores, cumpriu um mandado de busca no expedido pelo juiz Pedro Silva e Silvério, da Comarca de Caetité. Segundo informou a 22ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin) ao site Achei Sudoeste, durante a ação, foram encontrados com um indivíduo um aparelho celular de marca Samsung J4, objeto inicial da busca, uma arma de fogo tipo carabina, calibre 22 e 33 munições intactas de mesmo calibre. O indivíduo foi apresentado na Delegacia de Guanambi, tendo em vista não apresentar documentação do armamento e munição, passando por exame de lesões, preenchimento de guia pericial na unidade de saúde e demais medidas cabíveis.

Lagoa Real: Homem morre e mulher e filha ficam feridas após acidente na BR-030 Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Um homem de 55 anos, identificado como Eduardo Machado da Silva, natural de Feira de Santana, morreu em um acidente na tarde desta quinta-feira (21), no trecho da BR-030, próximo ao Pancadão, em Lagoa Real. Segundo informou a 94ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) ao site Achei Sudoeste, um veículo Logan foi encontrado no local do acidente. De acordo com populares, o veículo que seguia sentido a Caetité, perdeu o controle ao trafegar na rodovia. A esposa de Eduardo, uma mulher de 33 anos, e sua filha, uma criança de 3 anos, ficaram feridas, sendo socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhadas para o Hospital Geral de Guanambi (HGG). Ainda não se sabe o estado de saúde das vítimas. O local foi isolado até a chegada do Departamento de Polícia Técnica (DPT). O corpo de Machado foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em Guanambi para ser necropsiado.

Lagoa Real: Poço desaba deixando comunidades desabastecidas há mais de um mês Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Moradores da comunidade de Pau Ferro, na zona rural de Lagoa Real, estão há mais de um mês sem água em suas residências. Ao site Achei Sudoeste, a dona de casa Marisa Souza Silva explicou que o poço artesiano que abastece a localidade desmoronou e acabou soterrando a bomba d’água. “Teriam que fazer outra abertura para uma nova escavação da bomba”, afirmou. O poço desmoronou depois das chuvas que atingiram a região. O local é muito úmido e as fortes chuvas acabaram provocando a destruição do poço, que é de responsabilidade da prefeitura. Apesar dos inúmeros apelos da comunidade, a prefeitura ainda não tomou providências para solucionar o problema. Segundo Marisa, eles alegam que as máquinas pesadas não podem se aproximar do local por conta da umidade devido ao risco de um novo desmoronamento e, para jogar cascalho na região a fim de dar firmeza no solo, não há máquina disponível na prefeitura. Três comunidades são abastecidas pelo poço e centenas de famílias estão sendo prejudicadas, muitas das quais já não têm mais nenhuma reserva de água em suas casas.

APLB aponta Lagoa Real entre as cidades que mais desvalorizam os professores Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

A prefeitura de Lagoa Real está entre os diversos municípios na Bahia que ainda não pagaram o piso salarial dos professores. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Gerlando Oliveira, diretor da APLB/Sindicato no Sertão Produtivo, apontou que o prefeito está infringindo uma lei federal, podendo responder por improbidade administrativa. Segundo Oliveira, o Município está sendo denunciado ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) pela desvalorização dos profissionais da educação. Para se ter uma ideia, os servidores não recebem reajuste salarial há cinco anos e, por isso, a APLB cobra o pagamento com retroativos para ressarcir tamanho prejuízo. Além do não pagamento do piso, segundo o sindicalista, o prefeito não cumpre o plano de carreira da categoria, sendo um dos municípios que mais desvalorizam os professores na Bahia. “Os gestores não cumprem com suas obrigações. Lagoa Real é exemplo de um município que lesa os direitos dos professores e nega um direito consolidado da educação”, afirmou.

PM cumpre mandado de prisão na cidade de Lagoa Real Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Nesta terça-feira (12) uma guarnição da 94ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Lagoa Real localizou um indivíduo que estava na zona rural do município e tinha, em seu desfavor, um mandado de prisão. O homem, de 42 anos, era procurado pela justiça pelos crimes de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. Após o suspeito ser identificado, os policiais deram voz de prisão e conduziram o mesmo para a Delegacia Territorial de Guanambi para adoção das medidas cabíveis.

Professores de Lagoa Real e do Sertão Produtivo participam de manifestações em Salvador Foto: Neya Aguiar/Achei Sudoeste

Nesta quarta-feira (13), caravanas da cidade de Lagoa Real e demais municípios do Sertão Produtivo estão na capital participando de uma paralisação em prol do pagamento do piso salarial dos professores na Bahia. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Gerlando Oliveira, diretor da APLB/Sindicato no Sertão Produtivo, disse que, no momento, os manifestantes estão em frente ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) para cobrar do órgão uma posição com relação às prefeituras que não cumpriram à Lei Federal e ainda não pagaram o piso salarial do magistério. Oliveira apontou que, em Lagoa Real, a atual gestão está lesando os direitos da categoria. “Lagoa Real é exemplo de um município que lesa os direitos dos professores e nega um direito consolidado da educação”, afirmou. Apesar da luta da APLB/Sindicato frente à valorização da educação, o diretor apontou que muitos municípios se recusam a dialogar com a categoria, de modo que, seguindo determinação do Conselho Geral da entidade, a paralisação estadual foi mobilizada diante do impasse. “Estamos em protesto, paramos a Bahia toda. Estamos aqui denunciando o município de Lagoa Real ao TCM, que não cumpre o dever de casa, desrespeita os professores e à população em geral”, acrescentou.

Defesa garante ex-prefeito Bida na disputa pela prefeitura de Lagoa Real nas eleições 2024 Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em nota enviada ao site Achei Sudoeste, nesta terça-feira (12), o Escritório de Advocacia Maurício Vasconcelos Advogados e Consultores, que assumiu a defesa do ex-prefeito de Lagoa Real, José Carlos Trindade Duca (União Brasil), o Bida, na segunda-feira (11), garantiu que ele está apto para disputar a prefeitura municipal nas eleições 2024. A afirmativa foi logo após a juíza Daniele Abreu Danczuk, da Justiça Federal de Guanambi, suspender os direitos políticos de Bida, em face de uma ação civil pública por atos de improbidade administrativa proposta pelo Ministério Público Federal (MPF). “Os direitos políticos somente estarão suspensos após o trânsito em julgado da ação”, disse a defesa. De acordo com o escritório de advocacia, ainda existem vários recursos a serem manejados. “O ex-prefeito está apto e com os direitos políticos em pleno vigor para disputar as eleições municipais deste ano”, garantiu.

Lagoa Real: Justiça Federal suspende direitos políticos do ex-prefeito Bida por cinco anos Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

A juíza Daniele Abreu Danczuk, da Justiça Federal de Guanambi, suspendeu os direitos políticos do ex-prefeito de Lagoa Real, José Carlos Trindade Duca (União Brasil), o Bida, por cinco anos, em face de uma ação civil pública por atos de improbidade administrativa proposta pelo Ministério Público Federal (MPF). A sentença foi publicada no último sábado (2). De acordo com a decisão, a presente ação versa sobre atos de improbidade administrativa praticados no bojo da Carta Convite nº 004/2010, destinados à aquisição de diversos medicamentos odontológicos com a finalidade de manutenção do Programa Saúde da Família na sede da zona rural e Programa de Assistência Farmacêutica Básica no município, sendo custeado com recursos públicos federais oriundos do Sistema Único de Saúde (SUS). Ao julgar parcialmente procedentes os pedidos do MPF, a magistrada condenou, além do ex-prefeito, mais quatro pessoas e duas empresas. Bida ainda terá ressarcir o dano no valor de R$  61.365,66, multa civil no valor de R$ 36.935,81, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos por cinco anos e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos. A decisão cabe recurso. Recentemente, o Superior Tribunal de Justiça (STJ), em outro processo judicial, havia absolvido Duca, dos crimes de apropriação de verbas públicas e fraude a licitação.

PM e PRF prendem homem que estuprou uma mulher em Lagoa Real Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Uma ação conjunta entre a 94ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem que estuprou uma mulher na cidade de Lagoa Real. A prisão do indivíduo aconteceu nesta sexta-feira (08). Segundo informou a 94ª CIPM ao site Achei Sudoeste, o homem foi flagrado por câmeras de segurança furtando itens de um supermercado em Caetité e, ao sair da cidade, deu carona para uma mulher. Ao chegar nas proximidades de Cachoeira, zona rural de Lagoa Real, o indivíduo anunciou assalto e, em seguida, a forçou a se despir e estuprou a vítima. Ao ver as imagens do furto no supermercado, a vítima reconheceu o autor e o veículo que usava, um HB20 cinza. Buscas foram realizadas e um monitoramento com a PRF localizou o indivíduo na cidade de Entre Rios, a 143 km de Salvador. O homem foi encaminhado para a Delegacia de Polícia para adoção de medidas cabíveis.

Lagoa Real: STJ absolve Bida que poderá ser candidato a prefeito nas eleições 2024 Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília, por meio do ministro Reynaldo Soares da Fonseca, acatou um recurso do ex-prefeito de Lagoa Real, José Carlos Trindade Duca (União Brasil), o Bida, e o absolveu dos crimes de apropriação de verbas públicas e fraude a licitação. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, condenado em todas as instâncias da Bahia, a defesa de Bida a cargo do Escritório de Advocacia Maurício Vasconcelos Advogados e Consultores insistiu na inocência do ex-prefeito e interpôs todos os recursos cabíveis. Nesta terça-feira (20), o ministro Reynaldo Fonseca disse que “irregularidades pontuais são inerentes a burocracia estatal e não devem, por si só, gerar criminalização de condutas” como no caso. Finalizando, o Ministro reconsiderou uma decisão anterior “com a consequente absolvição do recorrente”. Como a decisão absolutória não resta mais nenhum impedimento para que Bida dispute as eleições municipais, em 2024, o que muda todo o quadro da política de Lagoa Real.

Lagoa Real: Pacientes cobram medicamentos na farmácia básica e no hospital Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em Lagoa Real, na região sudoeste da Bahia, o vereador Laiston Liberato Correia (PSD) disse que muitos medicamentos estão em falta na Farmácia Básica e no Hospital Municipal. Segundo o parlamentar, pacientes com hipertensão, diabetes e outras comorbidades sofrem com o problema. Até itens básicos, como soro fisiológico e materiais para curativo, estão faltando nas unidades. Correia fez duras críticas à atual gestão na cidade. “É lamentável. É uma das piores gestões de Lagoa Real. O município nunca esteve na situação em que se encontra. A saúde é uma secretaria complicada e tem deixado a desejar”, apontou.

Negligência na coleta do lixo gera transtornos e reclamações em Lagoa Real Foto: Laiston Correia/Achei Sudoeste

O vereador Laiston Liberato Correia (PSD) denunciou que o serviço de coleta de lixo não está sendo realizado em diversos pontos da cidade de Lagoa Real, na região sudoeste da Bahia. O parlamentar percorreu várias ruas e registrou o descaso com o município. Ao site Achei Sudoeste, Correia apontou que, com as chuvas dos últimos dias, a situação, que já é delicada, piorou. Há muitos sacos de lixo e moscas se acumulando nas portas das residências. 

Negligência na coleta do lixo gera transtornos e reclamações em Lagoa Real Foto: Laiston Correia/Achei Sudoeste

O vereador cobrou providências imediatas do poder público. “O povo de Lagoa Real não merece uma situação dessa. O serviço deixa a desejar e eu culpo a administração nesse sentido porque contrata uma empresa e não cobra as suas obrigações. A obrigação verdadeiramente de cuidar é do gestor”, afirmou, salientando que se trata de um problema de saúde pública.

Quatro pessoas de Lagoa Real morrem após batida frontal entre carro e carreta na BR-135 Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Um acidente entre um carro e uma carreta deixou quatro pessoas mortas na BR-135, em Buenópolis (MG), nesta sexta-feira (26). Os dois veículos bateram de frente no KM 522. Segundo as informações divulgadas pela concessionária que administra a via, outras duas pessoas tiveram ferimentos - sendo uma leve e uma moderada - e foram levadas para o Hospital Imaculada Conceição, em Curvelo. Na unidade de saúde, um paciente foi a óbito. Todas as vítimas estavam no automóvel. De acordo com o G1, o caminhoneiro contou que seguia sentido Norte, quando viu o motorista do carro, que transitava no sentido contrário, perder o controle da direção por motivos desconhecidos e invadir a contramão, causando a batida. 

Quatro pessoas de Lagoa Real morrem após batida frontal entre carro e carreta na BR-135 Foto: Polícia Militar Rodoviária

Após a colisão, o automóvel parou na área de refúgio e o outro veículo interditou a pista. O trânsito ficou bloqueado nos dois sentidos por aproximadamente três horas. O fluxo de veículos foi totalmente liberado às 18h50. As informações da Polícia Militar Rodoviária dão conta de que as vítimas eram de Campinas e estavam retornando Caetité, no sudoeste da Bahia. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, as vítimas fatais são da cidade de Lagoa Real, identificadas como: Zetim, Olerino, Lúcia e Geni.

Lagoa Real lidera lista da APLB de municípios negligentes com a educação Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O diretor da APLB na Regional do São Francisco, Gerlando Oliveira, apontou que o sindicato tem encontrado muitas dificuldades para estabelecer um diálogo com o Município de Lagoa Real, na região sudoeste da Bahia, e para fazer valer os direitos dos profissionais da educação. Ao site Achei Sudoeste, Oliveira lamentou que Lagoa Real, que já foi referência em educação de qualidade, hoje lidera a lista da APLB em desvalorização dos professores. “Não conseguimos nem mesmo um diálogo com o gestor do município. A gente lamenta isso profundamente. O gestor se recusa a ouvir a APLB”, afirmou. Para o diretor, faltou humildade do prefeito Pedro Cardoso Castro (MDB) e de sua base aliada para ir até Malhada de Pedras, juntamente com uma comissão formada na Câmara de Vereadores, a fim de buscar referências positivas para implantação na educação municipal. “Ele não atendeu nossos pedidos para fazer a visita a fim de que a gente pudesse se inspirar naquilo que funciona. Aquilo que está dando certo precisamos usar como inspiração para resolver nossos problemas”, apontou. Para se ter uma ideia do problema na cidade, Oliveira ressaltou que o prefeito não tem cumprido a lei do piso e feito os devidos investimentos na educação.

Presidente do Consórcio do Alto Sertão critica governo por poucas ações no combate à seca Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O prefeito da cidade de Lagoa Real e presidente do Consórcio Público do Alto Sertão, Pedro Cardoso (MDB), esteve no mês passado em Brasília para a realização de várias reuniões com o ministro e o chefe de gabinete do Planalto discutindo ações para ajudar os municípios no combate à seca. Segundo disse o prefeito ao programa Fala Você Notícias, da 106 FM, com a jornalista Neide Lú, em Lagoa Real, o impacto da seca é grande e que o consórcio tem auxiliado o pequeno produtor rural com apoio logístico, limpeza de aguada e distribuição de itens. Apesar de ter baixado um decreto de emergência na cidade, o prefeito disse que a região de Guanambi e Lagoa Real não foi contemplada com nada. Segundo o presidente do consórcio, em relação as ações de combate à seca anunciadas pelo Governo do Estado, até o momento, não foram distribuídos milhos para a região de Guanambi. Isso porque o estoque da Conab não dá nem para Guanambi, já que só havia disponível 220 mil sacas de milho. Também relatou que para a região não chegaram máquinas para processar os alimentos para os animais e nem carro pipa para a distribuição de água. E que o seguro safra não foi disponibilizado. Para o gestor, são várias reuniões feitas, mas poucas soluções para resolver o problema da seca.

FPM: Bloqueado, Município de Lagoa Real não recebe parcela do 2º decêndio de dezembro Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O Município de Lagoa Real, na região sudoeste da Bahia, não recebeu a parcela do 2º decêndio de dezembro do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) nesta quarta-feira (20) porque está bloqueado. Nesta quinta-feira (21), até às 11h45, o Município continuava na lista, de acordo com levantamento realizado pelo site Achei Sudoeste. A cidade entrou na lista do Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi) quando apresenta alguma irregularidade, seja por pendências previdenciárias ou dívidas com a União. Os valores do FPM fazem parte do dinheiro arrecadado pela União, por meio de impostos, e são repassados aos municípios brasileiros a cada 10 dias. Os percentuais de participação de cada município são calculados pelo Tribunal de Contas da União (TCU), de acordo com o número de habitantes de cada cidade e a renda per capita.

Governo do Estado realiza diversas entregas em Lagoa Real Foto: Mateus Pereira/GOVBA

O governo do estado inaugurou diversas obras neste domingo (26), no município de Lagoa Real, na região sudoeste da Bahia. Com a presença do governador Jerônimo Rodrigues (PT), uma série de obras e ações, incluindo a ampliação da Adutora do Algodão, foram entregues. Ainda foram inauguradas a Praça do Vaqueiro, as reformas e ampliações do mercado municipal e da delegacia local e, também, 50 barracas de feira livre. A 3ª etapa da ampliação da Adutora do Algodão vai levar água tratada a 23.067 moradores dos municípios de Lagoa Real e Ibitira, em Rio do Antônio. O recurso hídrico, captado no rio São Francisco, vai percorrer 75 quilômetros até chegar à estação e ser distribuído aos consumidores. A obra teve investimento total de R$ 30,4 milhões. Foi executada pela Secretaria estadual de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs), através da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

Governo do Estado realiza diversas entregas em Lagoa Real Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Acompanhado pelo prefeito Pedro Cardoso (MDB), o governador inaugurou a requalificação da delegacia que é ligada à 22ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), de Guanambi. A unidade de segurança agora conta com salas do delegado e escrivão, recepção, celas masculina e feminina, áreas de banho de sol, sala de arma e copa. O governador deu por entregue a pavimentação do trecho de 3,1 quilômetros nos acessos à BA-940 do município de Lagoa Real. A intervenção teve recurso de R$ 1,1 milhão e vai beneficiar 15 mil moradores da cidade. Também vai proporcionar impactos positivos na agricultura e pecuária, principais atividades econômicas desenvolvidas na região. Os serviços foram realizados pela Secretaria estadual de Infraestrutura (Seinfra). Em parceria com a prefeitura, a Secretaria estadual de Desenvolvimento Rural (SDR) realizou a requalificação do Mercado Municipal, na sede. Com o valor de R$ 1,1 milhão foram feitas melhorias civil, elétrica e hidrossanitária do local, bem como ampliação, com construção de banheiros e cobertura lateral. O centro comercial possui 40 boxes.

Governo do Estado realiza diversas entregas em Lagoa Real Foto: Mateus Pereira/GOVBA

A SDR, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), entregou 50 barracas de feira, padronizando e qualificando o mercado municipal. Foram investidos R$ 66 mil. Ainda em Lagoa Real, Jerônimo autorizou a SDR a celebrar convênio com o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável Alto Sertão para implantação do Programa Promer – Limpeza e Requalificação de Aguadas em dez municípios. O valor investido nos serviços é de R$ 500 mil e vai atender 800 famílias. Na ocasião, foi inaugurada a Praça do Vaqueiro, em frente ao Colégio Estadual Luís Prisco Viana. A construção foi uma parceria entre a Secretaria estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur), através da Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder), e a gestão municipal. Os recursos foram de quase R$ 1,5 milhão. Jerônimo aproveitou a oportunidade e visitou a unidade de ensino, momento em que percorreu os corredores do colégio.

Lagoa Real: Vereador questiona qualidade de obras do estado diante dos valores empregados Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em Lagoa Real, na região sudoeste da Bahia, o vereador Laiston Liberato Correia (PSD) criticou as obras de reforma e ampliação do Mercado Municipal, realizada pelo Governo do Estado. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, ele disse que as obras deixaram a desejar, visto que não promoveram melhorias para o local. Neste final de semana, o governador Jerônimo Rodrigues estará na cidade para diversas inaugurações, porém o parlamentar acredita que seria melhor o mesmo nem se aproximar do mercado. “Se eu fosse o governador nem encostava lá perto porque foi uma verdadeira lavagem de dinheiro. Tá bem pior do que antes da reforma”, disparou. Lairton relatou que os materiais usados na obra são de péssima qualidade e não fazem jus aos mais de R$ 1 milhão gastos na reforma. “Uma reforma que faz vergonha. Foi uma negação”, completou. Além disso, o vereador também fez críticas à instalação dos postes de iluminação na entrada da cidade. Ele apontou que os equipamentos foram colocados muito próximo à pista, que já é estreita. Quatro acidentes já foram registrados no local após a implantação. Outra obra criticada pelo parlamentar foi a reforma da Praça Pedro Oliveira, onde foram injetados R$ 1.300.000 pelo Governo do Estado. Todavia, Lairton afirmou que a praça ficou pior do que estava. “Tiraram os quiosques, arrancaram as bancadas. Gastaram R$ 1.300.000 e a praça ficou pior do que era antes. É lamentável”, finalizou. O governador Jerônimo Rodrigues (PT) estará na cidade no próximo domingo (26) inaugurando as obras.

Crise hídrica afeta Lagoa Real e moradores clamam à prefeitura resolução do problema Foto: Bianca Pessoa/Achei Sudoeste

Na comunidade do Bebedouro, na zona rural de Lagoa Real, na região sudoeste da Bahia, os moradores estão vivendo uma crise hídrica há algum tempo. Em contato com o site Achei Sudoeste, Bianca Pessoa relatou que a comunidade tem muita dificuldade de acesso à água e, apesar de tantas reclamações, os responsáveis nunca tomaram qualquer providência. A comunidade é abastecida através de um poço artesiano localizado em uma propriedade privada, o qual é mantido pela prefeitura. “Essa água não chega até nós e a gente não sabe o porquê. O funcionário público que atende a demanda da região, fica nessa: a água já tá chegando, vou soltar e não chega. Demora de 12 a 13 dias. É uma confusão. Não conseguimos desvendar o mistério dessa água”, afirmou. Bianca disse que os moradores cobram pela manutenção de um poço artesiano público para evitar os problemas de desabastecimento vividos na região. A questão já foi levada ao conhecimento do prefeito, porém o impasse persiste. O Bebedouro é uma comunidade grande e inúmeras pessoas estão sofrendo com a crise hídrica, especialmente diante da onda de calor registrada em todo país. “A situação está precária mesmo. Ficamos sem água para as coisas mais básicas do dia a dia”, completou Pessoa.

Homem é condenado a prisão após 26 anos de homicídio cometido em Lagoa Real Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Na última semana, um homem foi condenado a 12 anos e 4 meses de prisão, em regime fechado, pelo crime de homicídio. Antônio de Souza Cruz foi levado ao tribunal de júri no Fórum Cesar Zama, em Caetité, pelo assassinato de Ivan Bomfim da Silva. O crime aconteceu em uma festa na cidade de Lagoa Real, na região do Sertão Produtivo, no ano de 1997. Na época, Antônio teve a prisão decretada, mas fugiu para o estado de São Paulo, onde morou por 24 anos com identidade falsa. Ele só foi descoberto e preso pela polícia no ano de 2020. A sentença foi lida pelo juiz Dr. Pedro Silva e Silvério. A família da vítima comemorou a condenação de Antônio após 26 anos do crime.

Arquivo