Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Esportes"

02 Jan 2022 - 15:45h

Começou neste domingo (02) a venda de ingressos para as partidas do Mundial de Clubes, que acontecerá entre 3 e 12 de fevereiro, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, com a participação do Palmeiras. As entradas para a semifinal, no dia 8 de fevereiro, contra o vencedor do duelo entre Monterrey, do México, e Al Ahly, do Egito, custam entre cerca de R$ 40 e R$ 300, na conversão atual. Já os ingressos mais baratos para a final, no dia 12, têm um valor um pouco mais alto, partindo de R$ 75. Os mais caros também custam R$ 300. As entradas para o Mundial de Clubes estão sendo comercializadas pelo revendedor oficial da Fifa. Os outros times participantes da competição são o Chelsea, da Inglaterra, o Al Hilal, da Arábia Saudita, o Al Jazira, dos Emirados Árabes, e o Pirae, do Taiti.

03 Dez 2021 - 07:30h

O Atlético-MG é campeão brasileiro! Depois de 50 anos, o Galo chegou ao título nacional nesta quinta-feira, ao bater o Bahia de virada na Arena Fonte Nova: 3 a 2. Depois de um primeiro tempo equilibrado, o Tricolor chegou a abrir 2 a 0 na segunda etapa, gols de Luiz Otávio e Gilberto, mas viu o time mineiro virar em seis minutos: Hulk fez de pênalti e Keno deixou mais dois – golaços, diga-se de passagem. Com a vitória, o Atlético-MG chega aos 81 pontos e não corre mais risco de ser alcançado pelo vice-líder Flamengo, que tem 11 pontos a menos e apenas três jogos a disputar. O Bahia, por outro lado, segue amargando a zona de rebaixamento: é o 17º, com 40 pontos. Confira a tabela completa do Brasileirão.

28 Nov 2021 - 18:10h

O Vitória irá disputar a Série C em 2022. O time rubro-negro perdeu por 1 a 0 para o Vila Nova, neste domingo (28), no Barradão, e acabou rebaixado. Mesmo que vencesse o Vila Nova, o resultado seria em vão, já que o Vitória também precisava torcer por tropeços do Londrina e Remo, o que não ocorreu. Na temporada 2022, o Vitória terá um calendário curto, já que não se classificou para a Copa do Nordeste. O time rubro-negro disputará o Campeonato Baiano, Copa do Brasil e Série C.

27 Nov 2021 - 20:45h

De novo com emoção, de novo com um herói improvável, o alviverde continua imponente e dono da América. O Palmeiras se tornou tricampeão da Libertadores depois de vencer o Flamengo por 2 a 1 na tarde deste sábado, em Montevidéu, no Uruguai, e manteve o domínio continental com o segundo título seguido – já havia vencido a edição de 2020 em janeiro, contra o Santos, no Maracanã. Se no início do ano foi Breno Lopes, desta vez foi Deyverson o responsável por decidir a favor do Verdão. Na prorrogação, provocou falha de Andreas Pereira, avançou sozinho e fez o gol do título – Raphael Veiga e Gabigol marcaram no 1 a 1 do tempo normal. Em um jogo praticamente impecável, o time de Abel Ferreira vai mais uma vez para o Mundial de Clubes, no início do ano que vem. Mas, enquanto isso, é hora de comemorar mais uma vez: a América continua inteira pintada em tons de verde. Com o título deste sábado, o Palmeiras iguala Grêmio, São Paulo e Santos como os maiores brasileiros campeões da Libertadores – além dos dois últimos títulos, também levantou a taça em 1999.

21 Nov 2021 - 19:25h

O Botafogo fez o suficiente para confirmar o título da Série B na vitória sobre o Brasil de Pelotas. Com um gol de Diego Gonçalves, o Fogão soube administrar a partida e confirmar o resultado que garante a conquista da competição. Sob forte calor e em um gramado longe das melhores condições, a partida foi mais brigada do que jogada. Mas o objetivo da equipe de Enderson Moreira foi alcançado. A vitória levou o Botafogo aos 69 pontos, líder e com o título antecipado de campeão da Série B. O Brasil, último colocado, termina a 37ª rodada com 23 pontos. Mesmo com o título garantido, o Botafogo só receberá a taça no próximo domingo. A CBF irá realizar a cerimônia de entrega do troféu do título da Série B no estádio Nilton Santos, após a partida contra o Guarani.

20 Nov 2021 - 19:30h

O Athletico é bicampeão da Copa Sul-Americana. Na tarde deste sábado, 20, o Furacão venceu o Red Bull Bragantino por 1 a 0, no estádio Centenário, no Uruguai, e conquistou o segundo caneco da competição. Os paranaenses são o primeiro time brasileiro a conquistar o torneio duas vezes. O primeiro título veio em 2018. De acordo com o globoesporte.com, Nikão, uma das referências do Athletico, foi quem garantiu a vitória do Furacão. Aos 28 minutos do primeiro tempo, a bola foi lançada na área do Bragantino. Terans recebeu na segunda trave e bateu para o gol. Cleiton fez a defesa, mas deu rebote. Na sobra, Nikão acertou um voleio e mandou para as redes. O Athletico conquista a Copa Sul-Americana com 11 vitórias e duas derrotas. Foram 22 gols marcados e seis sofridos. Na fase de grupos, avançou na primeira colocação do Grupo D, com 15 pontos. Nas oitavas de final, passou pelo América de Cali. Nas quartas, superou a LDU. Na semifinal, venceu o Peñarol e, na decisão, superou o Bragantino.

10 Out 2021 - 20:25h

Após 10 partidas, o Brasil encerrou um jogo sem vitória nas eliminatórias. Brasil e Colômbia desperdiçaram muitas chances e empataram por 0 a 0, neste domingo, em Barranquilla, em partida atrasada da quinta rodada da competição. Neymar voltou ao time e foi bem na primeira etapa, mas caiu muito no segundo tempo, quando Antony e Raphinha novamente fizeram a diferença, mas não evitaram o placar zerado. A Seleção tem sua sequência de triunfos encerrada, mas segue líder com folga. De acordo com o Globo Esporte, o Brasil tem 28 pontos e segue líder com folga das eliminatórias. Está com um pé na Copa do Mundo. A Colômbia tem 15 pontos e é a quinta colocada, posição que a levaria à repescagem. Na próxima quinta, a Seleção encara o Uruguai em Manaus, e os colombianos recebem o Equador, novamente em Barranquilla.

24 Set 2021 - 15:30h

O técnico Tite anunciou nesta sexta-feira (24) a convocação da Seleção Brasileira para a rodada tripla das eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 em outubro. Vetados na Data Fifa de setembro, jogadores que atuam no futebol inglês foram chamados. A apresentação dos atletas está marcada para os dias 3 e 4 de outubro. Líder isolado da tabela com 24 pontos, o Brasil entra em campo no dia 7 para visitar a Venezuela, pela 11ª rodada. Três dias depois, novamente fora de casa, o selecionado encara a Colômbia, pelo jogo adiado da quinta jornada. Por fim, o time Canarinho faz o clássico sul-americano com o Uruguai, na Arena da Amazônia, no dia 14, pela 12ª rodada. Confira a lista de convocados: Goleiros: Alisson (Liverpool-ING), Ederson (Manchester City-ING)e Weverton (Palmeiras); Laterais: Danilo (Juventus-ITA), Emerson (Tottenham-ING), Alex Sandro (Juventus-ITA) e Guilherme Arana (Atlético-MG); Zagueiros: Militão (Real Madrid-ESP), Lucas Veríssimo (Benfica-POR), Marquinhos (PSG-FRA) e Thiago Silva (Chelsea-ING); Meias: Casemiro (Real Madrid-ESP), Edenilson (Inter), Everton Ribeiro (Flamengo), Fabinho (Liverpool-ING), Fred (Manchester United-ING), Gerson (Olympique de Marselha-FRA) e Lucas Paquetá (Lyon-ING); Atacantes: Antony (Ajax-HOL), Gabriel Barbosa (Flamengo), Gabriel Jesus (Manchester City-ING), Matheus Cunha (Atletico de Madrid-ESP), Neymar (PSG-FRA), Raphinha (Leeds-ING) e Vinicius Junior (Real Madrid-ESP).

05 Set 2021 - 17:15h

Após a confusão envolvendo a Anvisa, Polícia Federal e a delegação da Argentina durante o jogo com o Brasil, na tarde deste domingo (5), a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) divulgou que o árbitro decidiu suspender a partida. “Por decisão do árbitro da partida, o encontro organizado pela FIFA entre Brasil e Argentina pelas eliminatórias da Copa do Mundo está suspenso”, escreveu a Conmebol em uma rede social. Realizada em São Paulo, a partida era válida pelas eliminatórias da Copa do Mundo 2022 e foi paralisada com cinco minutos do primeiro tempo após agentes da Anvisa e da PF entrarem em campo para retirar jogadores argentinos que foram barrados pela agência de atuar na partida (veja aqui). A Anvisa solicitou que a Polícia Federal expulsasse quatro jogadores da delegação por informações sanitárias falsas no processo de entrada ao Brasil. Com a intervenção da Anvisa, todos os jogadores argentinos saíram de campo em direção ao vestiário. Segundo informações da TV Globo, Messi e o técnico Lionel Scaloni questionaram aos brasileiros: “Por que não autuaram antes? Por que deixaram entrar em campo?”. Scaloni já havia antecipado que a Argentina não voltaria para o jogo. Com o episódio, a seleção brasileira realiza um treinamento no estádio.

10 Ago 2021 - 14:30h

Tetracampeão mundial como jogador, técnico e coordenador da seleção brasileira, o alagoano Mario Jorge Lobo Zagallo, o Velho Lobo, completa 90 anos de vida nesta segunda-feira, 9. Entre as homenagens ao ícone do futebol nacional, um documentário lançado hoje no Youtube pela Fifa, entidade do futebol mundial, conta a trajetória de quase meio século de vínculo entre Zagallo com o escrete canarinho, seja como jogador ou no comando técnico. A obra conta com depoimentos de craques da bola dentro e fora de campo, como Pelé, Rivelino, Ronaldo Fenômeno, Carlos Alberto Parreira e o treinador português José Mourinho. As celebrações pelos 90 anos do Velho Lobo começaram ainda nas primeiras horas desta segunda (9). Afinal, a história de Zagalo e do futebol nacional estão interligados há quase meio século. Antes mesmo de sonhar em vestir a amarelinha, Zagallo foi fisgado pela seleção ao presenciar a derrota para o Uruguai, no Maracanã, na Copa do Mundo de 1950. Na ocasião, com 19 anos, Zagallo era militar na Polícia do Exército e foi recrutado para trabalhar na segurança nas arquibancadas do estádio. O desempenho no Flamengo, primeiro grande clube no qual Zagallo atuou como ponta esquerda, foi decisivo para ele ser convocado para a seleção que consquistou o segundo título mundial para o país, na Copa da Suécia (1958). O Velho Lobo também levantou a taça Jules Rimet em 1962 (Chile). Depois, como técnico do Brasil, faturou a Copa do México (1970) e, em 1994, já como coordenador técnico da seleção, foi tetra no Mundial nos Estados Unidos. Em depoimento ao documentário da Fifa, Pelé fez questão de ressaltar a importância de Zagallo para sua carreira. “Tenho de agradecer por tudo. Acho que 50% do que eu fiz pela seleção brasileira foi por culpa do Zagallo”. O Botafogo, primeiro time treinado por Zagallo assim que se aposentou dos gramados, também homenageou o Velho Lobo nas redes sociais, assim como Corinthians, e Portuguesa. “Minha paixão pela seleção brasileira começou mesmo antes que eu me tornasse jogador ou técnico. Eu já torcida pela seleção. As coisas foram acontecendo. O verde e amarelo jamais saiu da minha cabeça”, afirmou Zagallo no documentário da Fifa.

08 Ago 2021 - 06:25h

Quatro baianos já colocaram a medalha de ouro no pescoço em comemorações na Olimpíadas de Tóquio. O desempenho dos atletas nascidos na Bahia rendeu memes na internet. Das sete medalhas de ouros do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio até agora, três foram conquistados por Ana Marcela (maratona aquática), Isaquias Queiroz (Canoagem) e Hebert Conceição (Boxe). O jogador Daniel Alves também comemorou a conquista, com a seleção brasileira de futebol. O número de medalhas da Bahia virou pauta para diversos memes na internet. Com três ouros, a Bahia fica atrás apenas do Brasil, entre os países da América do Sul. Os baianos também subiram mais vezes no lugar mais alto do pódio que países como Portugal, Espanha, Grécia, México. Com o desempenho desses e cheios de orgulho, os baianos sugeriram a criação do Comitê Olímpico Baiano (COB) ou (COBA).

07 Ago 2021 - 11:00h

A seleção masculina de futebol do Brasil é bicampeã olímpica! Neste sábado (7), a equipe venceu a Espanha por 2 a 1, na prorrogação, e faturou sua segunda medalha de ouro na história. A primeira foi há cinco anos, na Rio-2016. Os gols do Brasil foram marcados por Matheus Cunha e Malcom. A Espanha descontou com Mikel Oyarzabal. O baiano Daniel Alves, lateral-direito, chegou a seu 42º título com essa conquista - só faltava a Olimpíada para ele. Agora, o Brasil possui 7 medalhas de ouro, 4 de prata e 8 de bronze em Tóquio-2020. O recorde do Rio de Janeiro em ouros (7) já foi alcançado, mas o Brasil ainda tem duas grandes finais para disputar em Tóquio: a baiana Bia Ferreira, no boxe, e o vôlei de quadra feminino.

07 Ago 2021 - 06:30h

É ouro para o Brasil, é ouro da Bahia! Isaquias Queiroz continuou provando que é o melhor na canoagem velocidade, dominou a final da C1 1000m e conseguiu na noite desta sexta-feira, 6, o primeiro lugar nas Olimpíadas de Tóquio. O baiano chegou na grande conquista cinco anos depois de bater na trave e ficar com a praia nos Jogos do Rio-2016. Competindo na raia 4, Isaquias subiu ao pódio ao completar a prova em: 4:04:408. A medalha de prata ficou com o chinês Hao Liu e o bronze com Serguei Tarnovschi, da Moldávia. Mais cedo, já na noite desta sexta, Isaquias liderou de ponta a ponta a semifinal da C1 1000m. Ele se classificou para a final da canoagem junto com Conrad Scheibner (ALE), Serguei Tarnovschi (MDV) e Pengfei Zheng (CHI). Liderar é o que Isaquias mais fez durante as disputas da canoagem velocidade. O baiano também fez bonito ainda na rodada classificatória quando terminou em primeiro lugar ao completar o percurso em menos de quatro minutos, na casa de 3:59. Isso fez com que ele chegasse à semifinal de maneira direta, sem precisar competir nas quartas.Um dia antes da final, Isaquias já dizia estar com "raiva" para buscar a primeira posição. “Eu estou com uma raiva, vontade de ganhar. Claro, isso não quer dizer que vou ganhar, mas vou lutar para isso. Falei com o treinador antes da prova o que queria fazer. Queria mostrar no final quem sou eu, o atual campeão mundial e o cara que vai brigar por essa medalha de ouro”, falou ao SporTV. Com a medalha de ouro, o baiano Isaquias Queiroz se firma como o principal nome do esporte, já que agora além de atual campeão mundial é o novo campeão olímpico. Isaquias já havia feito história nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016. Na ocasião ele foi o primeiro competidor brasileiro a conseguir três medalhas no mesmo Jogos Olímpicos. O baiano conquistou duas pratas na C1 1000m e C1 200m e um bronze na C2 1000m, ao lado do também baiano Erlon de Souza.

04 Ago 2021 - 16:30h

Com a medalha de ouro conquistada na maratona aquática na manhã desta quarta-feira (4) no Japão e noite de terça (3) no Brasil, Ana Marcela Cunha, de 29 anos, se tornou a primeira baiana campeã olímpica. Ao todo, ela é a quarta atleta da Bahia a subir no lugar mais alto do pódio numa Olimpíada. Antes da nadadora, Ricardo foi campeão no vôlei de praia em Atenas-2004, enquanto na Rio-2016, Robson Conceição e Wallace conquistou o título, respectivamente, no boxe e no futebol masculino. O ouro olímpico era o título que faltava no extenso currículo de conquistas de Ana Marcela Cunha. Eleita seis vezes a melhor maratonista aquática do mundo, ela soma quatro ouros em campeonatos mundiais de 25km e cinco nos 10km, acumulando um total de 33 ouros, 16 pratas e 17 bronzes em etapas do circuito mundial da Federação Internacional de Natação (FINA). Em Olimpíadas, esta foi a primeira vez que Ana Marcela subiu no pódio. Ela participou dos Jogos de Pequim 2008 aos 16 anos e terminou na quinta posição. Em 2012, ficou de fora do evento em Londres. Depois, viveu a frustração do 10º lugar na Rio-2016. Experiente e com as feridas cicatrizadas, a baiana confirmou o favoritismo a uma medalha vencendo a prova de 10km em Tóquio.

03 Ago 2021 - 09:30h

O Brasil está na final do futebol masculino nos Jogos Olímpicos de Tóquio. A seleção venceu o México nos pênaltis após 120 minutos sem gols. O adversário na final será decidido logo mais, às 9h, no jogo entre Espanha e Coréia do Sul. O México segue sendo um adversário complicado para o Brasil nas Olimpíadas. Mesmo com mais domínio, a Seleção Brasileira não conseguiu furar a defesa mexicana e a disputa da vaga foi para os pênaltis. O Brasil esteve o jogo todo no campo de ataque, mas contra uma forte linha de cinco nos 120 minutos, custou a conseguir uma chance. Na melhor oportunidade do jogo, Richarlison cabeceou bonito, mas parou na trave. A definição da vaga para a final foi para os pênaltis. O veterano Dani Alves converteu a primeira para o Brasil e Santos, parando Aguirre manteu a vantagem. Martinelli e Bruno Guimarães converteram para o Brasil. Os mexicanos acertaram a trave e Rodriguez converteu o primeiro. A bola da final esteve no pé de Reinier. O garoto do Borussia Dortmund venceu Ochoa e confirmou o Brasil em mais uma final olímpica. O Brasil chega à quinta final de Olimpíadas no futebol masculino - a terceira seguida. A decisão será no sábado, às 8h30 (de Brasília), em Yokohama.

01 Ago 2021 - 08:30h

Rebeca Andrade colocou mais uma vez seu nome na história do esporte brasileiro neste domingo (1) ao se tornar a quarta mulher a conquistar uma medalha de ouro em competições olímpicas individuais. As informações são do Uol. A ginasta, que já havia ganhado a prata no individual geral, desta vez ganhou o ouro no salto sobre o cavalo nas Olimpíadas de Tóquio. Na final do salto, diferente dos outros aparelhos, cada atleta se apresenta duas vezes, com saltos que necessariamente precisam ser diferentes. Rebeca foi a terceira a se apresentar e emplacou um 15.083, ficando em primeiro lugar. Mykayla Skinner, dos Estados Unidos, garantiu a prata com 14,916, e Seojeong Yeo, da Coréia do Sul, foi bronze com 14,733. A prova não contou com Simone Biles, que havia passado para a final com a primeira colocação nas eliminatórias. A norte-americana, considerada a melhor ginasta do mundo, sentiu-se mal durante a apresentação no salto na final por equipes e, por segurança, pensando na sua segurança física e mental, retirou-se da competição. Não se apresentou nos demais aparelhos na final por equipes e não competiu na final do individual geral, que define a ginasta mais completa. Sem ela, a vitória ficou com Sunisa Lee e a prata com Rebeca. Ontem (31) Biles anunciou que não competiria nas duas finais de hoje, no salto e nas barras assimétricas. Hoje (1), que também não participa do solo, amanhã (2). A dúvida é se ela compete nas barras assimétricas, terça (3), nesse que é seu aparelho mais fraco — ou menos forte.

10 Jul 2021 - 23:05h

Catorze anos depois da última final entre as duas seleções, a Argentina se vingou do Brasil e conquistou, nesta quarta-feira (10), o título da Copa América, no Maracanã. A vitória, por 1 a 0, foi construída com gol de Di Maria, aos 21 minutos do primeiro tempo. Essa é a 15ª vez que a Albiceleste levanta a taça do torneio continental. Com isso, a seleção se iguala ao Uruguai como a maior campeã da história. O Brasil segue com nove títulos. Foi, também, o primeiro título de Messi pelo seu país. Os argentinos demonstraram, como de costume, grande habilidade para picotar o jogo no segundo tempo. Os brasileiros, também como de costume, se deixaram levar com facilidade pelas provocações. Mesmo com 69 minutos, em teoria, para reagir, o Brasil não deu indícios de que o faria em momento algum, com exceção do "abafa" final. Na bola, ficou novamente a impressão de que Neymar é o único jogador capaz de fazer algo diferente no ataque. Pena para os brasileiros que torceram para a seleção. A vitória argentina também quebra a invencibilidade de 13 jogos da Seleção Brasileira sob o comando de Tite. Curiosamente, a última derrota tinha sido justamente para o maior rival, em novembro de 2019.

03 Jul 2021 - 09:45h

A Seleção Brasileira está garantida nas semifinais da Copa América. Dentro do estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, o time canarinho superou o Chile por 1 a 0 na noite desta sexta-feira (2), pelas quartas de final da competição continental. O único gol foi marcado por Lucas Paquetá. O time comandado por Tite acabou sofrendo na parte final da partida, já que ficou com um jogador a menos por conta da expulsão de Gabriel Jesus no começo da segunda etapa. A equipe jogou com Ederson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi (Éder Militão); Casemiro, Fred e Neymar; Gabriel Jesus, Roberto Firmino (Lucas Paquetá) e Richarlison (Everton). Na próxima fase, o Brasil vai enfrentar o Peru na próxima segunda-feira (5), às 20h, novamente no Nilton Santos.

18 Jun 2021 - 07:30h

A seleção brasileira conquistou mais uma vitória na Copa América, nesta quinta-feira (17), no estádio Nilton Santos. Com gols de Alex Sandro, Neymar, Éverton Cebolinha e Richarlison, o Brasil não deu chances para o Peru aparecer na partida e aplicou uma goleada de 4 a 0. O resultado mantém a equipe comandada por Tite na liderança do Grupo A da competição. Durante a partida, ainda houve um pênalti marcado para o Brasil. Contudo, após consulta ao VAR, o árbitro anulou a decisão. Não importou muito, já que Neymar marcou o seu 68º gol com a camisa verde e amarela oito minutos depois. A marca permite ao camisa 10 ultrapassar oficialmente Ronaldo na artilharia da seleção. À frente dele, agora, só Pelé, com 77 gols, pela contagem da Fifa. A contagem da Confederação Brasileira de Futebol coloca um número que demandará mais tempo para o craque Brasileiro alcançar, se isso chegar a acontecer: 95. Também foi a sexta partida consecutiva da seleção Canarinho sem sofrer gol. A seleção está invicta em 2021, com quatro vitórias em quatro duelos. São nove gols marcados, no total. O próximo compromisso do Brasil é contra a Colômbia, também no Nilton Santos, na próxima quarta-feira (23), às 21h.

06 Jun 2021 - 17:35h

Rogério Caboclo, momentaneamente, não é mais presidente da CBF. O dirigente foi afastado por 30 dias, neste domingo (060, por uma decisão da Comissão de Ética, após o globoesporte.com revelar que uma funcionária da entidade o acusou de assédio sexual e moral. Ele nega. A entidade já foi notificada da decisão. O vice mais velho, Antônio Carlos Nunes, assume durante o período de afastamento. Uma reunião entre os diretores e vice-presidentes foi convocada para a manhã de segunda-feira, no Rio de Janeiro. Pressionado por patrocinadores e outros dirigentes da confederação, Caboclo agora cuidará de sua defesa e sairá de cena no momento de atrito entre comissão técnica e jogadores da seleção brasileira antes da Copa América. Tite e o grupo de atletas prometem se manifestar na terça-feira sobre a realização do torneio no país. Neste domingo, o apresentador André Rizek, do SporTV, revelou que Rogério Caboclo prometeu ao governo federal trocar Tite por Renato Gaúcho após o jogo contra o Paraguai, terça, pelas Eliminatórias. A defesa de Rogério Caboclo responde que ele nunca cometeu nenhum tipo de assédio. E vai provar isso na investigação da Comissão de Ética da CBF.