Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Ibipitanga"

03 Jun 2020 - 09:00h

A cidade de Ibipitanga, a 235 km de Brumado, confirmou, através de teste rápido, quatro casos positivos do novo coranavírus. As informações foram divulgadas pela secretaria de saúde do município, Eugênia Rocha. Em comunicado nas redes sociais, ela relatou que os quatro casos são de pessoas da mesma família. Todos estão assintomáticos e em isolamento domiciliar.

14 Fev 2019 - 12:00h

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) multou em R$ 2 mil, o prefeito Edilson Santos Souza (PDT), o Edypan, da cidade de Ibipitanga, a 235 km de Brumado, pelas irregularidades identificadas durante a análise das contas do exercício financeiro de 2017. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, Apesar da penalidade, as contas foram aprovadas com ressalvas. O município de Ibipitanga apresentou receita arrecadada no montante de R$30.061.671,82 e promoveu despesas de R$34.373.275,73, o que resultou em um deficit orçamentário de R$4.311.603,91. A despesa total com pessoal no 3º quadrimestre representou 64,56% da receita corrente líquida, mas o gestor ainda encontra-se no prazo legal para recondução dos gastos ao percentual máximo de 54% imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Em relação às obrigações constitucionais, o prefeito aplicou 26,69% da receita na manutenção e desenvolvimento do ensino, quando o mínimo exigido é 25%. No pagamento da remuneração dos profissionais do magistério foi investido um total de 70,38% dos recursos advindos do FUNDEB, sendo o mínimo 60%. E nas ações e serviços de saúde foram aplicados 22,64% dos recursos específicos, também superando o percentual mínimo de 15%. O relatório técnico indicou a existência de processos de pagamento instruídos de forma equivocada, uma vez que não foram apresentados boletins e planilhas de medição de obras e serviços, planilha com detalhamento das quilometragens e quantidades de combustíveis por veículos abastecidos, bem como a ausência de remessa ou remessa incorreta de dados no sistema SIGA do TCM. Cabe recurso da decisão.

29 Out 2018 - 11:00h

Na noite da última quinta-feira (25), uma grande mobilização ocorreu na cidade de Ibipitanga, a 235 km de Brumado, em apoio aos cerca de 300 funcionários que podem ser demitidos da prefeitura. A possível demissão em massa se deve ao ex-vice-prefeito Aluísio Antônio Mendes de Araújo, que, desde que perdeu a eleição no último pleito para prefeito, tem disseminado acusações e formalizado denúncias no Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e no Ministério Público. Assim sendo, o gestor se viu obrigado a acatar a deliberação do TCM, estando na iminência de despedir centenas de funcionários. A decisão tem gerado um clima de indignação não somente nos funcionários prejudicados, como também em grande parcela da população. De acordo com o Eco, a mobilização reuniu diversas pessoas que carregaram cartazes, proferiram frases de protesto e pediram mais humanidade. O prefeito da cidade destacou que, desde que assumiu a prefeitura, tem buscado meios legais para o ajustamento do quadro. “Nossa maior preocupação é social. Uma demissão em massa, conforme quer promover o candidato derrotado, instigando a intransigência dos órgãos, irá provocar um efeito devastador em nosso município”, declarou.

30 Ago 2018 - 12:30h

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual (MPE) contra o ex-prefeito de Ibipitanga, Humberto Raimundo de Oliveira (PT), em razão de irregularidades na contratação de servidores municipais sem o indispensável concurso público. Em razão do ilícito, o conselheiro Fernando Vita, relator do processo, multou o gestor em R$ 6 mil. Nos anos de 2012 e 2016 - meses antes da deflagração do processo eleitoral - houve um significativo incremento no número de servidores municipais, em comparação ao exercício financeiro de 2009. Para o TCM, as contratações, sejam através de cargos comissionados ou de contratação temporária, de forma ilegal e em afronta à moralidade pública, “tornaram-se atos rotineiros da administração de Ibipitanga”. Além de não promover o devido concurso público, o gestor não demonstrou que as contratações dos servidores comissionados e temporários se deram com o objetivo de resguardar interesses públicos ameaçados, o que caracteriza o uso não apropriado da modalidade de contratação, que deveria ser extraordinária. Cabe recurso da decisão.

18 Abr 2018 - 14:00h

Na última terça-feira (17), um grave acidente de carro foi registrado na BA-245, que liga a cidade de Macaúbas a Ibipitanga, na região sudoeste da Bahia. O vereador e presidente da Câmara Municipal de Ibipitanga, Liobinio Coimbra de Oliveira Neto (PSD), o Neto de Valtinho, colidiu seu veículo com três animais. Com o impacto da batida, um dos animais teve o corpo partido ao meio. De acordo com o Boquira em Ação, o parlamentear voltava da cidade de Vitória da Conquista, onde cuidava da saúde da mãe. Nenhum dos ocupantes do veículo teve ferimentos graves.