Achei Sudoeste
Achei Sudoeste
Tanhaçu
fechar

Prefeitura de Tanhaçu contrata Amado Batista por R$ 300 mil para o aniversário da cidade Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

A prefeitura de Tanhaçu publicou nesta terça-feira (16), no Diário Oficial do Município, o Extrato de Contrato nº 004 INEX/2024, que visa a apresentação de show artístico musical no dia 22 de setembro de 2024 com o artista Amado Batista, em comemoração aos festejos de emancipação política na sede do município. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, a empresa A B Promoções e Produções Artísticas e Gravadora Ltda receberá o valor de R$ 300 mil para a apresentação de Amado Batista no aniversário da cidade de 21.006 habitantes. O contrato teve início de vigência em 9 de abril, com validade até 30 de setembro de 2024. Em contato com a nossa reportagem, moradores questionaram o valor que será gasto com a apresentação de um único artista para os festejos, tendo em vista o abandono que se encontra a cidade por conta da inoperância do poder público.

Tanhaçu: Morre o Secretário de Agricultura José Wanderley aos 71 anos Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

O secretário de agricultura do município de Tanhaçu, José Wanderley Amorim Chaves, 71 anos, morreu na tarde desta sexta-feira (05). Ex-vereador da cidade, a causa da morte de Wanderley Buri, como era conhecido o secretário, não foi divulgada. A Câmara de Vereadores divulgou nota de pesar pelo falecimento do ex-parlamentar tanhaçuense. “A Câmara Municipal expressa as mais sinceras condolências, rogando a Deus que conforte os corações enlutados da família, amigos e colegas”, diz a nota. O horário de velório e sepultamento de Wanderley não foram divulgados.

Contas de 2022 da Câmara de Tanhaçu são consideradas regulares Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Na sessão desta quarta-feira (03), os conselheiros da 2ª Câmara de julgamento do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) consideraram regulares as contas da Câmara de Tanhaçu, da responsabilidade do vereador Miranildo Silva Santos (PP). Segundo informou o TCM ao site Achei Sudoeste, essas contas são relativas ao exercício de 2022. A Câmara recebeu, a título de duodécimo, R$2.346.512,29 e promoveu despesas no montante total de R$2.346.500,56, em cumprimento ao limite disposto no artigo 29-A da Constituição. A despesa total com pessoal alcançou R$1.738.817,30, o que corresponde a 2,50% da Receita Corrente Líquida do município, dentro, portanto, do limite de 6% previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal. Cabe recurso da decisão.

Passageiro de 36 anos morre após veículo capotar na BR-030 em Tanhaçu Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Um homem de 36 anos morreu na madrugada desta sexta-feira (29) em acidente na BR-030, trecho do município de Tanhaçu. Segundo informou a 2ª Companhia Independente de Polícia Rodoviária (CIPRv) ao site Achei Sudoeste, o sinistro foi registrado por volta das 2h30, quando um veículo Spin, com placas de Feira de Santana, capotou na rodovia. De acordo com a 2ª CIPRv, o condutor teria perdido o controle da direção no KM 417, no distrito de Sussuarana. O condutor, um homem de 42 anos, identificado como Rogério S. D. V, foi encaminhado para o Hospital Municipal de Tanhaçu. Já o passageiro, Gilvanei L. D. J., 36 anos, foi a óbito no local. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) realizou a perícia. O corpo de Gilvanei foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em Brumado para ser necropsiado. Não há informações sobre velório e sepultamento. A Polícia Civil investiga o caso.

Defesa Civil Nacional reconhece situação de emergência por conta da seca em Tanhaçu Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

A Defesa Civil Nacional reconheceu a situação de emergência na cidade de Tanhaçu devido à estiagem. Com o reconhecimento, o Município poderá solicitar recursos do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional para atender a população afetada no restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de equipamentos de infraestrutura danificados. O reconhecimento da situação de emergência deve ser solicitado pelo governador ou pelo prefeito via Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD). Após análise das informações, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada uma portaria no Diário Oficial da União. Em caso de necessidade, a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil poderá reconhecer sumariamente a situação de emergência.

Tanhaçu: Vereador denuncia obras da barragem paradas com R$ 3 milhões em caixa Foto: Emilson Aguiar/Achei Sudoeste

Através de emenda parlamentar, o ex-prefeito da cidade de Tanhaçu, Jorge Teixeira Rocha (UB), conseguiu em 2018 o dinheiro necessário para as obras da barragem local. Somente dois anos depois, em 2020, as obras foram de fato iniciadas. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o vereador Emilson Aguiar Silva (União Brasil), o Emilson de Duca, denunciou que o atual prefeito do município, João Francisco Santos (PP), paralisou as obras mesmo com R$ 3 milhões do orçamento em caixa. Representantes da empresa responsável estiveram na Câmara Municipal relatando que não puderam dar continuidade aos trabalhos na barragem por falta de recursos. “O representante alegou que a obra estava paralisada há quase dois anos. O material subiu, aumentou de preço e a empresa não teve mais como arcar com o contrato da licitação”, afirmou. Segundo o vereador, a obra foi orçada inicialmente em R$ 8 milhões, porém, de acordo com o representante da empresa, para finalizar os trabalhos hoje seriam necessários cerca de R$ 15 milhões. Aguiar criticou o gestor por não pensar no povo, especialmente tendo em vista à seca que assola a região em períodos de estiagem, assim como aconteceu no final do ano passado. “O prefeito não fez nada para que essa obra continuasse, para que o povo de Tanhaçu usufruísse dessa barragem. Agora, teve tanta chuva e não teve como represar água, a água tá indo embora. O povo tanto clama por água no período de seca. A obra não foi paralisada por falta de recurso, foi falta de compromisso do prefeito”, apontou. Vale salientar que resta cerca de 40% para conclusão da obra.

Com CPI em andamento, Câmara Municipal pode cassar mandato do prefeito de Tanhaçu Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Está em andamento na cidade de Tanhaçu uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a conduta do prefeito João Francisco Santos (PP) com relação aos kits humanitários obtidos pelo poder público para auxílio da população atingida pelas fortes chuvas em 2021. O vereador Emilson Aguiar Silva (União Brasil), o Emilson de Duca, foi quem apresentou a denúncia no legislativo. Ao site Achei Sudoeste, Aguiar informou que a CPI está em sua fase final. “O prefeito já fez a defesa dele e, agora, estamos em fase final”, detalhou. Até o dia 07/03/24, a comissão deverá apresentar o relatório com o parecer acerca da denúncia. O vereador acredita que o prefeito será punido e poderá sofrer um processo de impeachment. “Tenho certeza que será favorável, não aos vereadores, mas à população e ao povo que foi prejudicado naquela época, que não tiveram seus kits em mãos, nas suas casas e sofreram tanto na época das enchentes. Com certeza teremos uma vitória com a punição do gestor”, destacou. Para Emilson, os kits foram escondidos para serem entregues como moeda de troca nas eleições deste ano. Em ofício, o prefeito respondeu que não entregou os kits por divergências no cadastramento das famílias afetadas. Esta é a primeira Comissão Parlamentar de Inquérito aberta na cidade.

Tanhaçu: Professores manifestam na jornada pedagógica diante das perdas salariais Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Desde o fim da pandemia, quando houve um aumento de 33,24% para os professores, o prefeito da cidade de Tanhaçu, João Francisco Santos (PP), não cumpriu a Lei Federal e o Plano de Carreira Municipal da categoria. Apesar das incessantes tentativas de diálogo e negociação, Valdirene Pereira, diretora do Sindicato da Rede Pública Municipal, disse que o gestor não repassou e reajuste. Ao site Achei Sudoeste, ela informou ainda que, no ano seguinte, o reajuste de 14,95% também não foi repassado pelo Município aos professores. Hoje, para se ter uma ideia da dimensão do problema, a perda salarial da categoria na cidade é de cerca de 60%. Diante da situação de desvalorização e desrespeito, a diretora afirmou que os professores resolveram se manifestar durante a abertura da jornada pedagógica, na terça-feira (20). Os servidores compareceram ao evento vestidos de preto em luto pela desvalorização da educação no município. “Tivemos 0% de reajuste e 0% de valorização. Um decréscimo! O último aumento que o professor teve em Tanhaçu foi em 2019. Não sei pra onde foi esse recurso, gostaria de saber”, afirmou. Há cinco anos sem reajuste, Valdirene adiantou que a categoria poderá deflagrar uma greve na rede municipal de ensino caso o prefeito não se sensibilize com os apelos dos professores. “Existe sim a possibilidade de caminhar para isso [greve]. Nos vestimos de preto para representar luto, repúdio, indignação acerca do que tá acontecendo. Estão subtraindo as nossas conquistas, retirando nossos direitos. Vivemos em uma falsa democracia”, lamentou.

BR-030: Homem de 41 anos morre em acidente em Tanhaçu Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Um homem de 41 anos, identificado como Jailton F. D. N, morreu em um grave acidente registrado no final da tarde deste domingo (18), na BR-030, no distrito de Sussuarana, em Tanhaçu. Acionada, a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) deslocou-se rapidamente ao local, onde encontrou uma motocicleta Honda/CG 160 Fan, com placa de Jundiaí-SP, e o condutor já sem vida. Devido à gravidade do impacto, ele não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi acionado para realizar a perícia. O corpo de Jailton foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em Brumado. Ainda não foram identificados outros veículos envolvidos no acidente, pois um dos envolvidos evadiu-se do local.

Tanhaçu: Indivíduo que se envolveu em acidente BA-026 é detido com arma de fogo Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

A princípio, uma simples ocorrência de trânsito havia sido registrada na BA-026, próximo ao Distrito de Sussuarana, na cidade de Tanhaçu, na região sudoeste da Bahia. A Polícia Militar (PM) foi acionada após um dos condutores envolvidos no acidente ameaçar o outro com uma arma de fogo. Policiais da Companhia Independente de Policiamento Rodoviário (CIPRv) foram deslocados ao local e realizaram a abordagem. Durante busca pessoal, os mesmos encontraram uma pistola Taurus calibre 9 mm em posse do indivíduo em questão. Os envolvidos no acidente foram encaminhados à Delegacia Territorial de Brumado para registro da ocorrência. A arma apreendida também foi levada à unidade.

Tanhaçu: Cipe Central prende jovem de 19 anos por suspeita de tráfico de drogas Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Um jovem de 19 anos, que não teve a sua identidade revelada, foi preso na noite da última sexta-feira (22), por volta das 19h, na cidade de Tanhaçu, na região sudoeste da Bahia. Segundo informou a Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Central, que realizou a prisão em conjunto com o 24º Batalhão de Polícia Militar (BPM), o indivíduo foi flagrado em atitude suspeita utilizando substâncias entorpecentes. Após a abordagem, foram encontradas substâncias análogas à maconha e cocaína, além de materiais característicos do tráfico de drogas. Durante a ação a polícia apreendeu 400 gramas de maconha, 50 gramas de cocaína, três balanças de precisão, embalagens e materiais para acondicionamento de drogas, além de R$ 173,00 e dois celulares. O jovem de 19 anos foi conduzido para a Delegacia Territorial de Brumado para adoção de medidas cabíveis.

Homem de 41 anos com facão ameaça vizinho de morte durante disputa de terra em Tanhaçu Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Um homem de 41 anos foi detido na quarta-feira (13) após ameaçar um vizinho de morte durante uma disputa de terra na Fazenda Matriculada, no distrito de Sussuarana, em Tanhaçu, na região sudoeste da Bahia. Segundo informou o 24º Batalhão de Polícia Militar (BPM) ao site Achei Sudoeste, o acusado, que não teve o seu nome divulgado, utilizou um facão para ameaçar o vizinho. Uma guarnição da PM foi até o local e comprovou a veracidade da denúncia. A vítima teria feito um vídeo em seu telefone celular, onde o acusado do crime estava em frente a sua residência com o facão na mão. Para a PM, o suspeito confirmou a acusação, entregou o facão e disse que o motivo seria uma discussão por terras. Os dois homens foram conduzidos para a Delegacia Territorial de Tanhaçu para adoção de medidas cabíveis.

Incêndio de grande proporção atinge o centro da cidade de Tanhaçu Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Um incêndio de grande proporção atinge as imediações da rodoviária e das ruas da região da Táboa, localizada no centro da cidade de Tanhaçu, no sudoeste baiano, desde a segunda-feira (04). As chamas estão se alastrando rapidamente e brigadistas voluntários e populares empenham todos os esforços para conter o avanço do fogo. O objetivo é apagar o incêndio e minimizar os impactos devastadores que o desastre natural pode acarretar. Um vídeo feito por um morador mostra o tamanho do problema. Anualmente, a cidade enfrenta essa situação sem conseguir identificar os responsáveis.

Tanhaçu: Homem é detido após ameaçar a companheira de morte usando uma faca Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Um homem de 31 anos foi detido na cidade de Tanhaçu, na região sudoeste da Bahia, na noite de segunda-feira (27), após ameaçar a companheira de morte. Segundo informou o 24º Batalhão de Polícia Militar (BPM), a vítima denunciou o mesmo por violência doméstica. Segundo a vítima, ele teria a ameaçado de morte com uma faca do tipo peixeira. À Polícia Militar, a mulher disse que o homem não aceita o fim do relacionamento. Ambos foram conduzidos à delegacia de Brumado, onde o mesmo negou as ameaças. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Contas de 2022 de Tanhaçu são aprovadas pelo TCM Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Na sessão desta terça-feira (21), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) recomendaram à Câmara de Vereadores de Tanhaçu a aprovação com ressalvas das contas do exercício de 2022, de governo e de gestão, de responsabilidade do prefeito João Francisco Santos (PP). Segundo apurou o site Achei Sudoeste, o conselheiro Nelson Pellegrino, relator do parecer, apresentou como ressalvas o descumprimento dos prazos dispostos para prestações de contas mensais pelo tribunal, a existência de déficit orçamentário e irregularidades identificadas nos demonstrativos contábeis. De acordo com o conselheiro, as falhas não repercutem no mérito das contas. Sendo assim, o gestor foi apenas advertido, a fim de que a administração municipal adote providências no sentido de evitar a reincidência das impropriedades apontadas. O município do centro-oeste baiano do estado teve, no exercício de 2022, uma receita de R$ 74.750.833,75 e uma despesa executada de R$ 78.299.991,56, revelando um déficit de R$ 3.549.157,81. A despesa com pessoal da prefeitura alcançou R$ 39.222.869,35, que representou 56,49% da Receita Corrente Líquida do Município - de R$ 69.436.436,06 -, desrespeitando o percentual máximo de 54% previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal. A relatoria, com base no artigo 15 da Lei Complementar nº 178/2021, determinou a redução de, no mínimo, 10% do excedente em cada exercício a partir de 2023, de forma que, ao final de 2032, a prefeitura esteja enquadrada nos limites estabelecidos na LRF. Sobre as obrigações constitucionais, o prefeito investiu nas ações e serviços públicos de saúde 18,91% do produto da arrecadação dos impostos, atendendo ao mínimo previsto de 15%, e aplicou na remuneração dos profissionais do magistério 89,09% dos recursos do Fundeb, também superando o mínimo de 70%. Já na manutenção e desenvolvimento do ensino, o investimento foi de 27,64%, cumprindo o mínimo obrigatório de 25%. Cabe recurso da decisão.

Tanhaçu: Elementos invadem casa para cobrar R$ 3.500 e atiram contra mãe de devedor Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Uma tentativa de homicídio foi registrada na Fazenda Riachão Sobrado, próximo ao distrito de Sussuarana, zona rural de Tanhaçu, na região sudoeste da Bahia. Segundo informou o 24º Batalhão de Polícia Militar (BPM) ao site Achei Sudoeste, na tarde de quarta-feira (25), três indivíduos invadiram a casa de um homem para cobrar uma dívida no valor de R$ 3,5 mil. Ao perceber a situação, a mãe do suposto devedor fugiu pela mata. Os elementos começaram a disparar, porém os tiros não atingiram a vítima. A Polícia Militar foi acionada para registrou da ocorrência. O caso será investigado pela delegacia de Tanhaçu.

Câmara abre primeira CPI da história para investigar prefeito em Tanhaçu Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

A Câmara de Vereadores de Tanhaçu, na região sudoeste da Bahia, aprovou a formação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a conduta do prefeito João Francisco Santos (PP) com relação aos kits humanitários obtidos pelo poder público para auxílio da população atingida pelas fortes chuvas em 2021. Por 8 votos favoráveis e 1 contrário, a abertura da CPI foi aprovada na sessão legislativa desta quarta-feira (25). Ao site Achei Sudoeste, o vereador Emilson Aguiar Silva (União Brasil), o Emilson de Duca, que apresentou a denúncia no legislativo, informou que, no prazo de cinco dias úteis, os membros da CPI serão nomeados para início dos trabalhos. Aguiar relatou que a votação transcorreu de forma tranquila e o resultado já era esperado, visto que a população cobrava dos parlamentares esse posicionamento. Muitas pessoas compareceram à sessão para acompanhar a votação. Esta é a primeira Comissão Parlamentar de Inquérito aberta na cidade. Em ofício, o prefeito respondeu que não entregou os kits por divergências no cadastramento das famílias afetadas. Segundo o vereador, todos os esclarecimentos a respeito dos kits serão feitos no decorrer da atuação da CPI a fim de punir o prefeito, visto que, segundo frisou, tudo indica que um crime foi cometido pelo gestor no processo.

Vereadores votam nesta semana requerimento de CPI dos kits humanitários em Tanhaçu Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Na cidade de Tanhaçu, na região sudoeste da Bahia, um requerimento foi protocolado na Câmara Municipal para abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) a fim de investigar supostas irregularidades cometidas pelo prefeito João Francisco Santos (PP) na compra de kits humanitários para auxiliar às famílias atingidas pelas fortes chuvas que caíram em 2021 no município. Ao site Achei Sudoeste, o vereador Emilson Aguiar Silva (União Brasil), o Emilson de Duca, disse que o prefeito adquiriu os kits, porém não realizou a entrega dos mesmos à população afetada. O requerimento foi protocolado no dia 10 de outubro e será votado nesta semana. Segundo Aguiar, tudo indica que o requerimento será aprovado. “Com certeza será aprovado porque todos os vereadores estão de acordo em abrir essa CPI para impeachment do prefeito caso ele não atenda nossas solicitações e as provas do por que ele não entregou esses materiais para a população mais carente de Tanhaçu”, afirmou. Na época das chuvas, inúmeras pessoas perderam tudo na cidade, visto que tiveram as casas alagadas. Para o vereador, faltou sensibilidade humana do gestor para amenizar o sofrimento da população. Os kits estariam retidos em depósito da prefeitura até os dias de hoje. “É um absurdo. O gestor alega que os cadastros não estavam de acordo com as pessoas. Dois anos se passaram e esses cadastros não estavam de acordo. Ele queria mesmo era guardar esses colchões para entregar ano que vem para compra de voto”, acusou.

Homem de 35 anos morre após veículo capotar na BA-142 em Tanhaçu Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Um homem de 35 anos, identificado como Lucivaldo de Sousa Santana, mais conhecido como Vadão, morreu na noite deste sábado (21), após o veículo que dirigia capotar na BA-142, trecho do município de Tanhaçu, na região sudoeste da Bahia. Segundo informou a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) ao site Achei Sudoeste, o acidente aconteceu por volta das 22h40. A suspeita é de que Lucivaldo teria perdido o controle da direção antes de o veículo capotar. O condutor foi projetado para fora do veículo e morreu na hora. 

Homem de 35 anos morre após veículo capotar na BA-142 em Tanhaçu Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

O Departamento de Polícia Técnica (DPT) realizou a perícia no local. O corpo de Santana foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em Brumado para ser necropsiado. O velório acontecerá no Salão Paroquial de Tanhaçu no início da tarde deste domingo (22) e sepultamento no Cemitério Municipal.

Alunos denunciam que sofreram golpe de instituição de ensino ilegal em Tanhaçu Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Quinze alunos registraram um boletim de ocorrência na Delegacia Territorial de Tanhaçu, na região sudoeste da Bahia, acusando a Unilatus Serviço Educacional Ltda de estelionato. No boletim, os alunos relataram que sofreram um golpe junto à instituição, na qual estudam há 12 meses. Eles descobriram que a instituição não existe e usa a razão social de outra empresa. Cada aluno paga R$ 280 de mensalidade. Na cidade, a empresa utiliza o nome de outra instituição para atrair os estudantes. Uma aluna entrou em contato com o Conselho Estadual de Educação e o órgão informou que a Unilatus funciona em Tanhaçu de forma ilegal. O caso está sendo investigado. A nossa reportagem não conseguiu conta com a Unilatus.

Homem alcoolizado é confundido com cadáver na BA-142 em Tanhaçu Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Um homem alcoolizado foi confundido com um cadáver na sexta-feira (06), na BA-142, trecho do município de Tanhaçu, na região sudoeste da Bahia. Segundo informou o 24º Batalhão de Polícia Militar (BPM) ao site Achei Sudoeste, o homem de 25 anos estava com sinais em embriaguez. Após ser solicitada, a guarnição da Polícia Militar foi até o local, que dá sentido à cidade de Ituaçu, e encontrou o corpo caído ao solo às margens da rodovia. De acordo com a PM, o homem supostamente caminhava pelo local quando caiu. Um motorista que passava pelo trecho acionou a polícia. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também atendeu ao chamado. Ele foi socorrido e encaminhado para uma unidade de saúde de Tanhaçu. O homem não portava documentos.

Homem é detido após furtar cartão de crédito de jovem e fazer compras no Comércio de Tanhaçu Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Um homem, que não teve o seu nome divulgado pelo 24º Batalhão de Polícia Militar (BPM), foi detido na sexta-feira (06), em Tanhaçu, na região sudoeste da Bahia, após ter furtado um cartão de crédito de uma jovem e realizar diversas compras no comércio local. Segundo informou o 24º BPM ao site Achei Sudoeste, a prisão do indivíduo foi realizada no distrito de Sussuarana. Uma guarnição que realizava rondas pelo município foi abordada pela vítima que relatou a ação do meliante. A jovem informou as características do acusado, que efetuou as compras, sendo localizado, abordado e detido. O acusado confessou o furto, admitiu ter realizado as compras e descartado o cartão em via pública. Ele foi encaminhado para a Delegacia Territorial de Brumado para adoção de medidas cabíveis.

Tanhaçu: Prefeito perde base aliada na Câmara após gravar conversa com vereadores Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Na cidade de Tanhaçu, na região sudoeste da Bahia, o prefeito João Francisco Santos (PP) está sendo acusado pela própria base aliada na Câmara Municipal de gravar uma conversa com 4 vereadores a respeito do orçamento de 2024. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o vereador Miguel Silva Aguiar (PP), popular Miguel de Deca, contou que o gestor convocou uma reunião com ele e os demais parlamentares da base, durante a qual ofereceu a máquina pública em troca de 100% de remanejamento do orçamento. “Ele insistiu em fazer propostas absurdas pra gente e nós desconfiamos. Quando fui no banheiro olhei de lado assim no gabinete e achei um celular. Quando olhei o celular ele tava gravando a nossa conversa tinha 2 horas, 48 minutos e 26 segundos”, relatou. Questionado sobre a gravação, o prefeito teria apagado o conteúdo do celular e pedido desculpas. “Nós nos sentimos coagidos nessa situação porque nunca passamos por isso. A primeira vez que aconteceu. Felizmente, fomos sábios nessa hora e descobrimos”, afirmou. Miguel de Deca informou que o grupo já está tomando as medidas cabíveis para que a justiça seja feita. “Infelizmente, Tanhaçu está abandonada. Ele está fazendo o que quer com o município. Se ele gravou os vereadores, imagina o que esse homem não faz com o povo? Ele não responsabilidade nenhuma. A justiça tem que acontecer o mais rápido possível”, asseverou. Após o ocorrido, Aguiar informou que decidiu, em comum acordo com os colegas, deixar o grupo de situação e se posicionar como oposição. Agora, o prefeito conta apenas com o apoio de um vereador na Câmara Municipal. O gestor tanhaçuense não atendeu nossas ligações para comentar o caso.

Secretária de assistência social e cidadania pede exoneração do cargo em Tanhaçu Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Após a denúncia apresentada pelo vereador Emilson Aguiar Silva (União Brasil), o Emilson de Duca, de que a prefeitura de Tanhaçu na região sudoeste da Bahia, teria retido os kits de ajuda humanitária para as famílias que perderam tudo nas chuvas no final de 2021, a secretária de assistência social e cidadania, Verbena Gláucia Lima Novais Aguiar, pediu exoneração do cargo. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o vereador disse que o pedido pegou toda a população de surpresa. “Ninguém sabe qual o motivo desse pedido de exoneração da secretária. O caso repercutiu na cidade toda e todo mundo está se perguntando qual o real motivo de a secretária ter pedido essa exoneração agora”, destacou. Antes de apresentar a denúncia publicamente, Aguiar contou que conversou com a secretária e a mesma falou que pediu ao prefeito João Francisco Santos que entregasse os kits na época, porém o gestor relatou que a gestão era dele e que ele se responsabilizaria pela distribuição dos referidos materiais. “Ela me disse que solicitou ao prefeito que fizesse a entrega dos kits na época, mas ele não deu importância, não acatou. Ela acusou o gestor”, completou. Silva ressaltou que os kits foram adquiridos com recursos federais. De acordo com o vereador, um pedido de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) foi solicitado durante a sessão na Câmara de Tanhaçu nesta quarta-feira (20).

Tanhaçu: Vereador denuncia retenção de kits de ajuda humanitária visando campanha eleitoral Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

O vereador Emilson Aguiar Silva (União Brasil), o Emilson de Duca, denunciou em um vídeo nas redes sociais que insumos que seriam para ajuda humanitária às famílias atingidas pelas chuvas foram retidos pelo prefeito da cidade de Tanhaçu, João Francisco Santos (PP). Ao site Achei Sudoeste, Aguiar disse que os kits eram para ser entregues em junho de 2022 para as famílias que perderam tudo na enchente no final de 2021. Na época, a gestão municipal decretou situação de emergência. “O prefeito fez as aquisições de mais de 800 colchões, mais de 800 kits dormitório com fronha, lençol, travesseiro e kits de higiene e não entregou à população mais carente de Tanhaçu. Uma falta de humanidade do prefeito com essas pessoas que tiveram suas casas alagadas”, apontou. 

Tanhaçu: Vereador denuncia retenção de kits de ajuda humanitária visando campanha eleitoral Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Segundo o vereador, muitas dessas pessoas perderam tudo em virtude da forte chuva, saindo apenas com a roupa do corpo de suas casas. Os kits estão guardados no depósito da prefeitura e, de acordo com Emilson, o objetivo do gestor é entregá-los no próximo ano para obter o voto das pessoas beneficiadas. “O intuito de o prefeito guardar esses kits só pode ser pra comprar voto no ano que vem”, acusou. O parlamentar confirmou que possui as notas fiscais e os documentos que comprovam que os materiais foram adquiridos em 2022. No total, foram gastos cerca de R$ 400 mil nos kits para doação. A denúncia tem repercutido bastante na cidade e região e a população está indignada com a postura do gestor. O prefeito de Tanhaçu não atendeu nossas ligações para comentar sobre o caso.

Arquivo