Achei Sudoeste




Prefeito e ex-gestor são punidos por não cobrar dívida de aliados em Contendas do Sincorá

10 Mai 2018 - 16:30h

O atual prefeito e o ex-gestor de Contendas do Sicorá, a  95 km de Brumado, foram punidos nesta terça-feira (8) pelo Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA). Segundo o órgão, tanto o atual gestor, Ueliton Souza, o “Didi”, como o ex-prefeito Joad Teixeira, foram omissos na cobrança de multas e ressarcimentos a agentes políticos entre os anos de 2013 e 2017. O fato é caracterizado como renúncia de receita para o município. Conforme o relator do processo no TCM, Antônio Carlos da Silva, Uelinton Souza terá de devolver aos cofres municipais R$ 54.737,88, com recursos pessoais. Já Joad Teixeira deverá restituir a quantia de R$ 10.947,58, também com recursos pessoais, pela prescrição de penalidades ocorridas no exercício de 2012. As multas prescritas alcançaram a quantia de R$ 64.134,36, no período entre 2012 e 2017. Ainda cabe recurso da decisão.