Achei Sudoeste




Brumado: Shalev ameaça funcionários e pode ser repudiada no legislativo

30 Abr 2013 - 09:50h

Após nota de protesto dos funcionários da Shalev Empreendimentos Ltda., empresa terceirizada que presta serviços para a Secretária de Educação do Estado da Bahia, os trabalhadores passaram a ser ameaçados de demissão. A ameaça teria sido feita por um funcionário da Diretoria Regional de Educação (Direc 19), a qual havia dito que não interviria no caso por se tratar de uma empresa terceirizada. Um dos funcionários da Shalev afirmou que um membro da Direc esteve em seu local de trabalho e ameaçou demitir todo mundo. Na sessão da Câmara de Vereadores da última segunda-feira (29) o assunto foi debatido pelos parlamentares e o vereador Weliton Lopes (PR) declarou que esteve com um representante da empresa e, na ocasião, o mesmo disse que irá processar o Brumado Notícias por ter noticiado o protesto dos trabalhadores. “Continua o desrespeito da empresa com os funcionários. Os trabalhadores não merecem o tratamento que vêm recebendo da Shalev. Fui informado hoje de que, ao invés de resolver o problema, a Shalev irá processar o blog Brumado Notícias”, relatou Lopes, que falou em apresentar uma nota de repúdio contra a empresa e o governador Jaques Wagner (PT) caso as demissões se concretizem. O vereador salientou que se o governo permitir que as demissões em massa aconteçam será um fato lamentável.  “Não acredito que o governador Wagner, que já foi Ministro do Trabalho, permita que esses funcionários sejam demitidos”, acrescentou Welinton. O vereador Édio Pereira (PCdoB) endossou a discussão, reiterando que a situação é “um absurdo, uma chantagem e uma irresponsabilidade”. Pereira afirmou que a Shalev está usurpando os direitos dos trabalhadores. Após os debates, o vereador Welinton Lopes reforçou que irá fazer um requerimento e encaminhar à Secretaria de Educação para que o governador tome conhecimento dos fatos.