Achei Sudoeste




Presidente da Câmara de Brumado esclarece rejeição de novo pedido de impeachment do prefeito

15 Set 2020 - 07:00h

Um novo pedido de impeachment contra o prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB) foi protocolado na Câmara de Vereadores de Brumado, porém o mesmo foi rejeitado (veja aqui). Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o presidente do Legislativo, Leonardo Quinteiro Vasconcelos (DEM), explicou que, segundo a assessoria jurídica da Câmara, não se pode dar entrada em uma nova Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) quando já há uma em curso. “Na denúncia dessa segunda CPI, são os mesmos fatos e mesmos argumentos da primeira. Então, legalmente, não podemos ter duas CPIs tramitando com o mesmo assunto”, justificou. Além disso, conforme salientou, a Câmara não teria condições de seguir com duas comissões simultaneamente, mesmo que se tratasse de assuntos diversos. “É a primeira vez na história de Brumado que acontece uma CPI dessa envergadura, então a gente não poderia fazer uma segunda CPI com os mesmos argumentos e também pela estrutura que a Câmara tem. Estamos estruturando para que, futuramente, possamos fazer quantas CPIs forem necessárias”, declarou.