Achei Sudoeste




Temendo nova onda da Covid-19, Dom Basílio restringe atendimento de comércio não essencial

13 Jan 2021 - 12:00h

Ao lado do secretário de saúde, Valmon Félix, o prefeito do município de Dom Basílio, Roberval de Cássia Meira (PL), comunicou a restrição no atendimento do comércio não essencial em razão do aumento de casos da Covid-19, a chamada segunda onda. Em vídeo divulgado nas redes sociais, o prefeito salientou que a medida visa conter a proliferação do vírus, especialmente nesse período de pico da doença. “Diante disso, estamos comunicando a toda população que emitiremos um novo decreto municipal com restrições ao funcionamento de atividades não essenciais no município. O funcionamento estará suspenso por 10 dias, sobretudo de bares, restaurantes, academia e atividades coletivas de esporte. Isso fará com que possamos controlar o avanço da Covid-19 em Dom Basílio. Peço a compreensão de todos”, afirmou. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, o decreto nº 047/2021 foi publicado no Diário Oficial do Município nesta quarta-feira (13). A suspensão das atividades do comércio não essencial se dará no período de 13 a 22 de janeiro de 2021. O funcionamento de bares, restaurantes e lanchonetes ocorrerá apenas por delivery. Já a feira livre funcionará até o meio dia.