Achei Sudoeste




Homem engole pássaro para evitar ser preso por maus-tratos a animais

29 Jan 2021 - 14:30h

Um homem de 28 anos, suspeito de crime ambiental e maus-tratos a animais, mastigou e engoliu um pássaro da espécie papa-capim, na tentativa de não ser preso nesta quinta-feira (28), em João Pessoa, conforme informou a Polícia Militar. De acordo com o G1, uma equipe da PM foi até a casa do suspeito, localizada no bairro Valentina, após denúncias anônimas de maus-tratos aos pássaros, que ele criava de forma irregular. O jovem ainda tentou impedir a entrada dos policiais, que informaram que ele não poderia criar os animais. Quando a equipe policial conseguiu entrar na residência, foi surpreendida com a ação do suspeito. “Quebrou a gaiola, colocou a mão e pegou o passarinho. Só fez empurrar [o animal na boca], mastigou e engoliu na frente da gente”, relatou o sargento Amaro. De acordo com o sargento, o homem engoliu o pássaro para “se livrar da prisão em flagrante”. Mas, como tinha outras quatro aves em casa, sendo duas da espécie papa-capim, um galo de campina e um sanhaçu, foi detido por crime ambiental e de maus-tratos. Ainda conforme a polícia, o suspeito respondia em liberdade pelo crime de tráfico de drogas. Por isso, deve voltar para uma unidade penitenciária. Os outros pássaros que estavam na casa dele foram levados para a Central de Polícia da capital paraibana, assim como quatro porções de drogas, duas balanças de precisão e um triturador de maconha.