Achei Sudoeste




Professores de Aracatu realizam manifesto na porta da prefeitura cobrando rateio do Fundeb

31 Dez 2021 - 07:00h

Nesta quinta-feira (30), professores da rede municipal de Aracatu, a 36 km de Brumado, se reuniram com a prefeita Braulina Lima (Republicanos) buscando explicações sobre a verba do Fundeb, referente aos 70% destinado ao pagamento dos profissionais. Ao final da reunião, os professores ficaram ainda mais indignados, visto que foram recebidos com sarcasmo e ironia, sentindo-se lesados pelo poder executivo. Este, segundo denunciara, está com as folhas de pagamento inchadas por conta dos inúmeros contratos irregulares. Os professores alegam que, durante a reunião, a prefeita desdenhou e debochou do manifesto realizado pela categoria em prol dos seus direitos. A gestora teria dito que a classe deve ter espírito natalino e aceitar repartir o dinheiro com profissionais contratados de forma igual. Sabendo que a prefeitura mantém diversos funcionários com a verba do Fundeb, a categoria quer saber do conselho do Fundeb se eles vão aprovar contas com irregularidades. “Nossa luta se inicia hoje. Agora iremos buscar a justiça para não sermos lesados novamente nos próximos anos”, afirmam.