Achei Sudoeste




PM prende acusado de matar ex-mulher e deixar corpo ao lado do filho por 3 dias em Aracatu

22 Fev 2022 - 08:00h

Na última sexta-feira (18), Edvaldo Nascimento Porto, de 52 anos, foi preso no Estado de São Paulo acusado de matar e deixar o corpo da ex-companheira por cerca de três dias ao lado do filho, de 4 anos. O crime bárbaro chocou a pequena cidade de Aracatu, a 36 km de Brumado, em 2020 (veja aqui). Célia Nere de Souza, de 42 anos, foi encontrada morta pelos sobrinhos dentro da casa onde morava. Edvaldo não aceitava o fim do relacionamento e estava foragido desde a época do crime. Segundo a 34ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), após o núcleo de inteligência da PM descobrir que Edvaldo estava escondido em São Paulo, a PM Paulista efetuou o cumprimento do mandado de prisão emitido pela Vara Criminal de Brumado, apresentando o suposto autor de homicídio na sede da Delegacia de Polícia Civil, no município de Morungaba (SP).