Brumado: SMTT diz que agentes terão de multar caso a procuradoria comprove legalidade das 'multas de mesa'

29 Ago 2019 - 07:00h

O Superintendente Municipal de Trânsito e Transportes de Brumado, Castilho Viana, rebateu as declarações do agente de trânsito Hugo Franco quanto às chamadas multas de mesa. Em evento que debateu os impactos da zona azul na cidade, o agente disse que os monitores do zoneamento estão, de certa forma, coagindo a população ao dizer que, caso não paguem a multa de R$ 20 por exceder o tempo de uso da vaga de estacionamento, serão multados por infração grave. Em entrevista à imprensa local, o superintendente disse que a informação não tem lógica. “Não sei de onde o agente tirou essa ideia, pode ser um sentimento pessoal dele. A partir do momento que eu assumi, a gente não tem conhecimento de que isso aconteça”, afirmou. Viana ainda declarou que o corpo jurídico da prefeitura está analisando a questão e, caso seja comprovada a sua legalidade, os agentes terão de cumprir as determinações as ordens da superintendência e aplicar as referidas multas.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário