Rio do Antônio: Professores paralisam atividades por dois dias em protesto por atraso de pagamento

09 Out 2019 - 00:00h

Os professores da rede municipal de ensino paralisaram as atividades na cidade de Rio do Antônio, a 64 km de Brumado. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Carlos Tadeu, presidente do sindicato que representa a categoria, informou que, há três meses, o Município vem atrasando os salários dos professores. “A lei dá direito a pagar até o quinto dia útil de cada mês e os pagamentos estão sendo depositados sempre acima do prazo. Antes que aconteça uma paralisação geral, fizemos uma assembleia e decidimos paralisar as atividades até o dia 9. O prefeito encaminhou um ofício pra gente dizendo que o pagamento será feito até o dia 10. Assim que o pagamento for feito, retornaremos à sala de aula”, garantiu. A paralisação teve início nesta segunda-feira (08), com indicativo de retornar na quarta-feira (09), caso o prefeito cumpra a promessa de fazer o depósito do pagamento dos professores. Nos próximos dias, Tadeu informou que uma reunião deve ser realizada com o prefeito a fim de traçar uma estratégia para normalização dos salários dos professores. “Para não acontecer essas paralisações e não prejudicar os dias letivos”, afirmou. Quase 200 professores lecionam no município, entre a sede e os distritos rurais.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

mais notícias