Brumado: Mães reclamam de abusos em abordagens policiais e Major garante apuração das denúncias

17 Jan 2020 - 08:00h

Em reunião do Conselho Municipal de Segurança de Brumado, um grupo de mães relatou diversos abusos em abordagens policiais na cidade. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Edinalva de Souza declarou que as abordagens da polícia no município estão muito violentas. “As pessoas sofrem tanto agressões físicas quanto verbais. Que possa mudar, não só as abordagens, como também diminuir os autos de resistência que, em 2019, foi muito alto”, cobrou. Segundo ela, todas as mulheres presentes na reunião tiveram filhos vítimas do Estado e elas não querem que outras mães passem pelo mesmo sofrimento.

O comandante da 34ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), Major Mário Cabral, participou da reunião e pode ouvir o clamor das mães de perto. Ele garantiu que em toda ocorrência envolvendo auto de resistência é instaurado um inquérito policial militar para se fazer a apuração. Depois, segundo o Major, o inquérito ainda é encaminhado à Corregedoria Geral, na capital do estado, para deliberação do caso. “Pode estar acontecendo alguns casos, mas a individualidade de algumas situações não pode ser generalizada. A companhia está de portas abertas, as pessoas que se sentirem ofendidas ou agredidas, a nossa corregedoria está à disposição e nós faremos a apuração do fato”, assegurou. Apesar das reclamações, o comandante afirmou que a polícia está se aprimorando cada vez mais, buscando maior ganho intelectual e o melhor trato e aproximação com a comunidade.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias