Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Brasil"

02 Fev 2020 - 07:40h

Foi preso neste sábado (1) o assaltante que beijou uma idosa durante roubo a um comércio na cidade de Amarante, a 160 km de Teresina. O crime aconteceu no dia 15 de outubro de 2019 e o suspeito, de 20 anos, era procurado desde então. Ele tinha dois mandados de prisão preventiva em aberto. Um dos mandados era pelo assalto ao comércio, em que uma câmera de segurança registrou o momento em que uma cliente do estabelecimento, a idosa Júlia Rodrigues de Oliveira, 81 anos, ofereceu o dinheiro que tinha para o criminoso e ele recusou dando um beijo na testa da mulher. “Ele é suspeito de ter praticado vários crimes de roubo em todo o Médio Parnaíba. Ao perceber a presença da polícia o mesmo tentou fugir subindo em telhado de casas e pulando muros, mais foi capturado”, informou o cabo Giordano Gonçalves, da 2ª Companhia do 18º Batalhão da Polícia Militar (BPM). De acordo com o G1, o outro mandado, segundo a polícia, é referente a ele ter ferido duas pessoas com disparos de arma de fogo em Regeneração, cidade onde ele foi preso. O suspeito de ser cúmplice dele já havia sido preso em novembro do ano passado. No momento da prisão a polícia encontrou com o suspeito dois cartuchos calibre 38 intactos e duas cápsulas calibre 38 deflagradas. O suspeito foi encaminhado para a Delegacia Regional de Polícia Civil em Água Branca para os procedimentos legais.

02 Fev 2020 - 07:35h

Um novo golpe que circula no WhatsApp atrai vítimas usando como pretexto um falso cupom de material escolar supostamente ligado ao Bolsa Família. Segundo o laboratório de segurança digital dfndr lab, da PSafe, os links que acompanham a mensagem já foram acessados por mais de 1 milhão de pessoas desde o dia 15 de janeiro, quando foram detectados pela primeira vez. O número equivale a uma média de 70 mil novos usuários afetados por dia. Em comunicado, a Secretaria Especial de Desenvolvimento Social informou que a informação é falsa. O ataque é direcionado a beneficiários do programa social e se aproveita do período de volta às aulas de 2020 para prometer um vale de R$ 350. "BOLSA ESCOLA 2020: Quem tem Bolsa Família o Governo Federal está dando um bônus de até R$350,00 para comprar material escolar 2020. Confira se você tem direito ao benefício", diz a mensagem que circula pelas redes. A Secretaria Especial de Desenvolvimento Social emitiu comunicado alertando que a informação é falsa. Há um Projeto de Lei que prevê um benefício semelhante, mas que se encontra em tramitação — ou seja, ainda não foi aprovado. A nota oficial disse também que “na página do Ministério da Cidadania há informações atualizadas sobre o Programa Bolsa Família e sobre outros programas sociais do Governo Federal”. De acordo com o Tech Tudo, o golpe segue o padrão de outras fraudes semelhantes que costumam se alastrar pelo WhatsApp. O usuário recebe uma mensagem que busca pescar a atenção do usuário oferecendo o suposto voucher de R$ 350 para compra de materiais e traz um link. Ao clicar, a pessoa é levada para uma página externa em que o ataque é, de fato, realizado. As vítimas são levadas a responder um questionário de três perguntas, com as questões “Você já tem o Bolsa Família?”, “Você está com seu cadastro em dia?” e “Possui cartão cidadão para realizar o saque do benefício?”. Independentemente das respostas dadas, a página diz confirmar a existência do suposto benefício, mas, para liberá-lo, exige que a pessoa compartilhe o link com seus contatos. Esse tipo de estratégia é sempre realizado com o objetivo de proliferar o ataque rapidamente.

02 Fev 2020 - 07:30h

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu, em um hotel, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste da cidade, uma quadrilha especializada em golpes que foram praticados no Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Alagoas. Chamou a atenção dos investigadores uma máquina encontrada com a quadrilha que falsificava assinaturas de clientes de vários bancos. O aparelho, segundo os policiais, era ligado a um software de um computador. Segundo o G1, o braço mecânico consegue imitar a assinatura das vítimas dos golpes. De acordo com os policiais, a tecnologia era uma das armas utilizadas pelos golpistas para enganar as pessoas. Além do braço mecânico, os agentes encontraram um aparelho que modifica a voz e atrapalha a interceptação telefônica. Esses dois equipamentos estavam com três homens em um hotel na Barra da Tijuca. O trio tinha várias passagens pela polícia. As investigações mostraram que os suspeitos tinham acesso aos dados de clientes de bancos. A partir daí, eles falsificavam carteiras de identidade, folhas de cheque e até cartões de crédito. A cada três meses, eles mudavam de hotel numa tentativa de dificultar a ação da polícia. Com eles, os policiais encontraram papéis de carteira de identidade em branco, talões de cheque, carimbos e cartões de crédito falso. Além de telefones celulares.

02 Fev 2020 - 06:45h

A chuva que atingiu a capital paulista e a Grande São Paulo provocou alagamentos nas regiões de Barueri e Osasco neste sábado (1º). De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), a cidade de São Paulo entrou em estado de atenção para alagamentos às 15h10. Às 17h20, a subprefeitura de Perus entrou em estado de alerta para alagamentos e o CGE informou o extravasamento do Córrego Perus, na Praça Inácio Dias. Às 17h40, a região voltou para estado de atenção para alagamentos.

Segundo o CGE, a chuva deve ganhar força e pode ocorrer rajadas de vento e descargas elétricas. Em Barueri, no bairro Nova Barueri, um ônibus ficou ilhado e os passageiros foram resgatados em um bote. O volume da água também atingiu os comércios e residências da região. Entre 15h45 e 16h30, 15 voos que pousariam no Aeroporto de Cumbica precisaram ser alternados para outros aeroportos. Por conta da chuva, os aviões tiveram dificuldade de aproximação, segundo GRU Airport. As informações são do G1.

29 Jan 2020 - 14:30h

Desde a última sexta-feira (24), 53 pessoas morreram por causa das chuvas em Minas Gerais. De acordo com o balanço divulgado pela Defesa Civil Estadual na manhã desta quarta-feira (29), 38.703 pessoas estão desalojadas e outras 8.157, desabrigadas, perderam suas casas no estado. Até o momento, 65 pessoas ficaram feridas. O número de pessoas mortas aumentou em relação ao boletim divulgado na noite desta terça-feira, que indicava 52 óbitos. Duas pessoas, uma em Tabuleiro, na Zona da Mata e uma em Conselheiro Lafaiete seguem desaparecidas. De acordo com o G1, a última morte registrada pela Defesa Civil aconteceu em Nova Lima, na Região Metropolitana, de BH, na noite desta terça-feira. A cidade onde mais pessoas morreram é Belo Horizonte. Foram 13 óbitos na capital, conforme a Defesa Civil.

28 Jan 2020 - 17:30h

Uma idosa passou mal e morreu após saber que o neto de 18 anos havia perdido a vida em um acidente de moto em Santa Bárbara D’Oeste (SP).  O jovem Leonardo Trajano Barbosa estava pilotando o veículo na noite de sexta-feira, dia 24, quando bateu no para-lamas de um carro, perdeu o controle da moto e colidiu com um poste. Ele chegou a ser socorrido e levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. De acordo com a Veja, Maria Laura Cardelíquio, de 73 anos, foi informada sobre a morte, se sentiu mal e morreu em seguida. Segundo familiares, a idosa já tinha problemas cardíacos.

28 Jan 2020 - 14:30h

Um homem de 28 anos suspeito de mandar matar pelo menos 10 pessoas na Bahia foi preso nesta segunda-feira (27), em Campina Grande, no Agreste da Paraíba. Segundo informações da Polícia Civil, ele é integrante de uma organização criminosa que também atua no tráfico de drogas entre os dois estados. Ele foi preso por meio do cumprimento de um mandado de prisão preventiva, expedido pela Justiça da Bahia. Em Araci, município baiano, ele teria ordenado cerca de uma dezena de mortes. De acordo com o G1, com o homem, detido em uma casa no bairro do Catolé, foram encontrados duas armas de fogo, que estavam com sinais de identificação raspados. Uma delas, pertence a um militar da Aeronáutica e a outra foi roubada de uma empresa de vigilância. Conforme o delegado Luciano Soares, a Polícia Civil da Bahia entrou em contato com a Polícia Civil da Paraíba após descobrir que o foragido estava escondido em Campina Grande. O suspeito também é réu em dois processos criminais pelo crime de tráfico de drogas e foi preso, anteriormente, pelas Polícias Civil e Federal, com 52 quilos de maconha. Ele permanece detido na Central de Polícia de Campina Grande.

28 Jan 2020 - 10:30h

Em 2019, os brasileiros elegeram Gramado e Miami como destinos favoritos para viagens de lazer, seja em família, com os amigos ou sozinho. Além disso, os dois destinos lideraram o ranking dos mais vendidos na hotelaria fora das grandes capitais. De acordo com a Veja, os resultados estão presentes em um levantamento feito pela empresa de viagens online Decolar. De acordo com a pesquisa, Porto de Galinhas se manteve no segundo lugar e Búzios subiu duas posições em relação a 2019. A empresa também destacou a procura por destinos que incluem os tradicionais resorts como Praia do Forte, Balneário Camboriú e Olímpia. Para 2020, a previsão da Decolar é de que o brasileiro procure novas experiências de viagens. A empresa nota que já houve um crescimento na procura por Morro de São Paulo, Arraial do Cabo e Arraial D’Ajuda.

27 Jan 2020 - 14:30h

Ana Maria Braga anunciou ao encerrar o seu programa Mais Você nesta segunda-feira, 27, que foi diagnosticada com um câncer no pulmão. A apresentadora contou que já enfrentou a doença outras duas vezes, mas conseguiu se tratar com cirurgia e radioterapia. Dessa vez, entretanto, o tratamento será mais agressivo e não compatível com cirurgias. Ela fará um tratamento a base de imunoterapia. “Não tenho dúvidas nenhuma de que eu vou ganhar”, afirmou ao contar para o público. “Eu tive dois pequenos cânceres de pulmão mo passado. Um foi operado e outro tratado com radiocirurgia. Infelizmente fui diagnosticada com outro câncer de pulmão. É um adenocarcinoma. É mais agressivo e não é passível de cirurgia ou radioterapia”, disse emocionada. Ana revelou que o tratamento começou na última sexta-feira (24) em São Paulo e que não saberia se conseguiria estar presente no programa ao vivo desta segunda. Ela disse que ficará um período de três semanas em fevereiro fora da telinha, mas que o público não precisava se preocupar, porque já estava programado antes do diagnóstico. De acordo com a Veja, Ana e Louro José tirarão férias neste período. “Espero poder estar aqui com vocês até o dia 7, e quero contar com a sua força do outro lado. A vida aqui continua normal. Tenho muita fé e uma força em Deus e acredito que vou sair dessa”, disse antes de encerrar o programa.

26 Jan 2020 - 03:10h

Subiu para trinta o número de pessoas mortas em decorrência das fortes chuvas que atingem o estado de Minas Gerias nos últimos dois dias, segundo informou em nota a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais. Somando com a tragédia provocada pelos recentes temporais de verão no Espírito Santo, o número de vítimas na região Sudeste chegou em 39 mortos. Ainda de acordo com a Defesa Civil, há 17 desaparecidos, sete feridos, 2620 desalojados e 911 desabrigados no estado mineiro. O Corpo de Bombeiros divulgou no sábado a morte da nona pessoa que morreu soterrada no Espírito Santo, no município de Conceição do Castelo. Pouco tempo antes, já havia sido confirmada mais uma morte, que também é de uma criança, na cidade de Iúna. O estado já contabiliza, desde o último dia 17, quando começou a chover forte em vários municípios, mais de 3800 pessoas fora de casa. De acordo om a Veja, os temporais em Minas, além das mortes já registradas, provocaram alagamentos e transtornos em pelo menos 36 municípios em todo o Estado, sendo a região Leste e a Grande Belo Horizonte as mais prejudicadas, segundo a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec).

25 Jan 2020 - 06:10h

O jornalista Sérgio Noronha morreu nesta sexta-feira (24) no Rio, aos 87 anos. Comentarista com passagem pela TV Globo e pela Rádio Globo, entre outros veículos, ele sofria de Mal de Alzheimer e estava internado há 10 dias no Hospital Rio Laranjeiras, na Zona Sul, onde sofreu uma parada cardíaca. Noronha teve uma pneumonia no Retiro dos Artistas, onde vivia, e ficou internado sete dias no CTI do hospital. Na quinta-feira (23), ele foi transferido para o quarto, mas passou mal e teve uma parada cardíaca. De acordo com o G1, o Hospital Rio Laranjeiras informou, por volta das 18h, que o Retiro dos Artistas foi avisado sobre a morte. Às 18h05, o Retiro dos Artistas informou que tinha sido avisado e que um representante da instituição estava a caminho do hospital.

24 Jan 2020 - 10:30h

Quem acompanha as aventuras de Sergio Moro pela política ficou surpreso com a reação do ministro ao mais recente “disparo” de Jair Bolsonaro contra o chefe da Justiça. Moro já foi apontado pelo presidente como seu potencial vice na tentativa de reeleição em 2022. O motivo é claro. Segundo as pesquisas, ele é mais popular que Bolsonaro e encarna a figura do combate à corrupção e da agenda de segurança pública de modo mais abrangente que o capitão. Bolsonaro se elegeu presidente defendendo a Lava-Jato e malhando o PT. Mas quem condenou e prendeu metade do petismo envolvido na roubalheira da Lava-Jato foi Sergio Moro. O pacote anticrime e as brigas por penas mais pesadas contra corruptos dos partidos políticos também são temas de Moro. O presidente, pela natureza do cargo que ocupa, não pode dar-se ao luxo de escolher um lado, o que favorece Moro. Para piorar a situação de Bolsonaro, Moro não abandonou sua carreira e o posto de herói nacional no Judiciário para servir ao governo num ministério esvaziado. Ele sabe o tamanho que tem e está rodeado de pessoas que adorariam vê-lo no Palácio do Planalto, a começar por familiares. Se Bolsonaro dobrar a aposta para arrumar um cargo ao amigo Alberto Fraga, no lugar de encontrar um vice, pode é achar um adversário de peso em 2022. Imagine a situação: Bolsonaro desintegra o ministério de Moro para atender a pedidos de amigos políticos. Moro pede demissão e anuncia ao país que irá construir um projeto alternativo de governo, uma vez que governo em curso renunciou ao combate à corrupção e ao crime organizado para atender arranjos políticos. O que aconteceria? As informações são da Veja.

23 Jan 2020 - 15:30h

O Brasil caiu uma posição e repetiu sua pior nota no ranking mundial de percepção de combate à corrupção, elaborado pela Transparência Internacional, em 2019. Ao registrar 35 pontos, o país igualou a nota de 2018, sua mais baixa da série histórica iniciada há sete anos, e ficou em 106º lugar em uma lista de 180 nações – na mesma posição de Albânia, Argélia, Costa do Marfim, Egito, Macedônia e Mongólia, e atrás de vizinhos latino-americanos, como Argentina (66º), Cuba (60º) e Colômbia (96º). A colocação do país no Índice de Percepção da Corrupção (IPC) caiu pelo quinto ano seguido. Em 2018, o Brasil era o 105º. De acordo com a Veja, no topo da lista, estão Dinamarca, Nova Zelândia e Finlândia, os países considerados menos corruptos por seus cidadãos. Já com as notas mais perto de zero, e avaliados como menos íntegros, estão Síria, Sudão do Sul e Somália. Na América do Sul, os piores postos ficam com Nicarágua (161º), Haiti (168º) e Venezuela (173º). O resultado do ano passado marca o primeiro do governo do presidente Jair Bolsonaro. “A corrupção continua sendo um dos maiores obstáculos para o desenvolvimento econômico e social do Brasil. Com uma pontuação de 35, a mais baixa do IPC desde 2012, o Brasil continua estancado”, destaca o estudo. “Depois das eleições de 2018, em que a agenda anticorrupção teve um protagonismo, o Brasil experimentou uma série de retrocessos em seu marco legal e institucional contra a corrupção. E também enfrenta dificuldades para adiantar reformas amplas no sistema política”. O IPC classifica os países de acordo com a percepção de investidores, acadêmicos, executivos e estudiosos na área de transparência sobre quão corrupto é o setor público. Entre os aspectos analisados, estão propina, desvio de recursos públicos, nepotismo, excesso de burocracia e capacidade de governos para conter a corrupção.

22 Jan 2020 - 16:30h

A aprovação do desempenho pessoal do presidente Jair Bolsonaro subiu de 41% para 47,8% em cinco meses, segundo pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta quarta-feira, 22. Este é o primeiro levantamento da Confederação Nacional dos Transportes publicado este ano. A reprovação à atuação de Bolsonaro, em contrapartida, teve queda, de 53,7%, em agosto de 2019, para 47%, em janeiro deste ano – outros 5,2% não souberam ou não responderam. O governo é considerado bom ou ótimo para 34,5% dos entrevistados, regular para 32,1% e ruim ou péssimo para outros 31%. Para 30,1% dos entrevistados, a área com melhor desempenho é o combate à corrupção, seguido pela economia e segurança, avaliadas positivamente por 22,1% e 22%, respectivamente. Saúde, com 36,1%, educação, com 22,9%, e meio ambiente, com 18,5%, são as áreas com as piores avaliações. A pesquisa, encomendada ao instituto MDA, ouviu 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 estados, entre os dias 15 e 18 de janeiro. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

21 Jan 2020 - 14:30h

Uma criança de 1 anos e 9 meses morreu após engasgar com um pirulito em Montes Claros, no Norte de Minas. Ele recebeu atendimento médico em dois hospitais, mas não resistiu. A família conta que o menino estava em casa, quando um dos irmãos deu o pirulito pra ele. O doce veio em uma sacolinha de lembrança do aniversário de um primo realizado no domingo (19). O esposo de Fernanda tentou desengasgar o sobrinho e pediu ajuda em um posto policial que fica na rua da casa da família. Segundo o boletim de ocorrência, o menino não conseguia falar e estava desfalecido. Ele foi colocado em uma viatura da Polícia Militar e foi encaminhado para o Hospital Aroldo Tourinho, onde recebeu os primeiros atendimentos. De acordo com o G1, em seguida, Lucas Gabriel de Oliveira foi transferido por uma equipe do Samu para a Santa Casa. Em nota, a assessoria da unidade informou que ele deu entrada em estado gravíssimo e respirava com ajuda de aparelhos. “A criança foi submetida a uma broncoscopia para retirada do corpo estranho, sendo necessário a realização de traqueostomia. Após procedimento, a criança manteve-se em estado gravíssimo e com sinais de choque. O paciente evoluiu com parada cardiorrespiratória não responsiva às manobras de ressuscitação”, diz a nota. O óbito foi confirmado às 20h48 dessa segunda-feira (20).

21 Jan 2020 - 07:30h

O Investimento Estrangeiro Direto (IED) no Brasil cresceu 26% em 2019, mostraram dados do Monitor de Tendências de Investimentos Globais, divulgados nesta segunda-feira (20) pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD). O IED mede o capital investido por estrangeiros em um país. Ele é considerado por economistas como o "bom investimento", já que os recursos vão para o capital produtivo (construção de fábricas, infraestrutura, empréstimos e fusões e aquisições). De acordo com o G1, o fluxo de recursos no Brasil passou de US$ 60 bilhões, em 2018, para US$ 75 bilhões no ano passado. O valor ficou em linha com o esperado pelos analistas dos bancos, segundo dados colhidos pelo Banco Central no final de 2018, por meio do Boletim Focus. A expansão dos investimentos externos, segundo a Unctad, veio na esteira das privatizações ocorridas a partir do meio do ano, com a venda da Transportadora Associada de Gás (TAG) pela Petrobras. A empresa foi vendida ao grupo formado pela francesa Engie e pelo fundo canadense Caisse de Dépôt et Placement du Québec (CDPQ) por R$ 33,5 bilhões, ou cerca de US$ 8,7 bilhões. Com a alta, o Brasil passou da nona para a quarta colocação entre os principais destinos de IED no mundo – atrás apenas de Estados Unidos, China e Cingapura, segundo o ranking da Unctad.

18 Jan 2020 - 06:50h

Depois de o presidente Jair Bolsonaro ter convidado nesta sexta a atriz Regina Duarte para assumir o lugar de Roberto Alvim na Secretaria de Cultura, o núcleo duro do Planalto passou a fazer projeções do que será a gestão da nova secretária. Entre os ministros mais próximos de Bolsonaro, o sentimento é de que a alegria demonstrada por Regina, ao receber o convite, já soou como um “sim” à “convocação” do capitão. Para a turma que pensa no governo, Regina é um sopro de mudança numa área que se tornou um foco constante de crises e notícias negativas para a imagem do Planalto. Ninguém questiona a qualificação de Regina para assumir a Cultura. De acordo com a Veja, por ser da área, ela se enquadra, na visão do núcleo palaciano, na chamada ala técnica do governo. Se juntaria, em patamar de respeito e de autoridade, a Sérgio Moro, na Justiça, e Tarcísio de Freitas, na Infraestrutura. Por transitar muito bem nos dois mundos ora conflagrados, o dos artistas que se dizem perseguidos e o do bolsonarismo que levanta bandeiras conservadoras na arte, Regina poderá levar para o governo o equilíbrio e a ponderação que faltaram ao barulhento antecessor. “O presidente elogiava Alvim, mas a verdade é que ninguém aguentava mais a quantidade de confusões que ele gerava na área da cultura para o governo. Só agenda negativa ofuscando as coisas positivas de outras pastas”, diz um importante interlocutor palaciano. Para o Planalto, o “sim” de Regina será uma tremenda vitória para o governo. Uma oportunidade de recomeçar.

17 Jan 2020 - 14:30h

Três empresários chineses, que atuam em Montes Claros (MG), são investigados por sonegação de impostos. O prejuízo aos cofres públicos chega a R$ 10 milhões, segundo a Receita Estadual. Durante a ação, foi apreendida uma grande quantia em dinheiro estimada em R$ 500 mil. Uma operação da Receita Estadual, Ministério Público e Polícia Militar cumpriu, nesta quinta-feira (16), 10 mandados de busca e apreensão nas casas dos envolvidos, em três lojas e em quatro depósitos clandestinos usados para guardar mercadorias. Segundo as investigações, os suspeitos comercializavam vários tipos de produtos em shoppings populares e em uma rede de pequenas lojas espalhadas pela cidade sem a documentação fiscal exigida. “Apesar de possuir empresas cadastradas e autorizadas a funcionar, o trio mantém a maior parte das mercadorias estocada em depósitos clandestinos. A estratégia adotada é transferir os produtos para as lojas em lotes, sempre usando a mesma nota fiscal, de modo a criar uma aparência de legalidade, em caso de eventual fiscalização”, diz a Receita. De acordo com o G1, as investigações também revelam que os três empresários usam transportes alternativos para enviar produtos para outras cidades da região. Segundo a Receita, a suspeita é que os empresários comercializaram cerca de 56 milhões em mercadorias sem nota fiscal em um período de três anos, o que representa uma sonegação de R$ 10 milhões aos cofres públicos do Estado.

17 Jan 2020 - 13:30h

O Brasil teve uma redução de 21% no número de assassinatos nos primeiros nove meses de 2019 em comparação com o mesmo período de 2018. Os dados são do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, e foram divulgados pela pasta nesta quinta-feira (16). De acordo com o G1, o Sinesp aponta que, entre janeiro e setembro do ano passado, foram registradas em todo o país 31.334 mortes violentas — que incluem homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte, os chamados Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI). Já no mesmo período de 2018, foram 39.793 casos. A queda já havia sido antecipada pelo Monitor da Violência, do G1, em novembro do ano passado, através do índice nacional de homicídios, ferramenta criada pelo portal para acompanhar as estatísticas de mortes violentas no país mês a mês.

17 Jan 2020 - 11:30h

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou nesta quinta-feira, 16, uma resolução que estabelece regras e metodologia para cobrança de frete em transporte de cargas feito por caminhoneiros. A medida, publicada no Diário Oficial da União, trata de uma nova tabela, com coeficientes dos pisos mínimos referentes ao quilômetro rodado na realização dos serviços de transporte de cargas, por eixo carregado. Segundo o texto, não integram o cálculo do piso mínimo os valores de lucro, pedágio, custos relacionados às movimentações logísticas complementares e despesas de administração, tributos e taxas. Os pisos mínimos de frete devem ser calculados por meio dos coeficientes de deslocamento (CCD) e dos coeficientes de carga e descarga (CC) apresentados na resolução. Segundo o caminhoneiro autônomo e um dos líderes das manifestações de 2018, Wanderlei Alves, o Dedéco, a repercussão da medida foi positiva na categoria. “O pessoal nos grupos diz que a tabela é positiva, mas é preciso ter fiscalização porque no Brasil as empresas sempre dão um jeitinho de burlar”.