Achei Sudoeste
Achei Sudoeste
minasgerais
Traficante que levava vida de luxo é preso após mulher compartilhar localização em rede social Foto: Divulgação/PF

Na semana passada, a Polícia Federal (PF) prendeu o narcotraficante brasileiro Ronald Roland, suspeito de abastecer cartéis de drogas no México e de comandar um mega esquema de lavagem de dinheiro com empresas de fachada. As informações são do Fantástico, da Rede Globo. Por trás de uma loja de biquínis no litoral de São Paulo, tinha até a compra de um avião. Em cinco anos, segundo a polícia, ele movimentou uma fortuna de R$ 5 bilhões. A operação da PF aconteceu em sete estados, com apreensão de dinheiro, joias, armas, 34 carros, um barco e dois aviões. Oito pessoas foram presas. Foi em um prédio em Guarujá que a Polícia Federal prendeu Ronald Roland. Ele, a mulher e a filha estavam dormindo quando os policiais chegaram. Depois de dois anos, o cerco a Ronald chegou ao fim. Ronald Roland, que sempre foi discreto, chamou a atenção da Polícia Federal quando se mudou para Uberlândia, Minas Gerais. Uma casa ampla em um condomínio de alto padrão em Uberlândia era o refúgio de um morador que gostava de ostentar. “Uma pessoa chegando em casa com um veículo de R$ 500 mil. Uma semana depois, com um veículo de R$ 1 milhão. Outra semana, com um veículo de R$ 800 mil. Isso chamou a atenção da vizinhança. Quem é essa pessoa que mudou para cá?”, conta Ricardo Ruiz, delegado da Polícia Federal em Uberlândia. Segundo o delegado, o foco da operação que prendeu Ronald foi o combate à lavagem de dinheiro do patrimônio amealhado com a vida criminosa que ele teve. “Foram adquiridas casas em nome de empresas, cujos sócios eram pessoas sem a mínima capacidade econômica para a aquisição de imóveis, veículos, aeronaves. Nós constatamos sócios de empresas, por exemplo, que trabalham em um restaurante, mas que são sócios de várias empresas que movimentaram dezenas de milhões de reais”, diz Ricardo Ruiz. Uma grande engrenagem para lavar dinheiro. Mais de 100 empresas de diversas áreas: construção civil, aviação, locação de veículos, comércios em geral e investimento em criptomoedas. E mais de 200 pessoas envolvidas, a maioria laranjas.

Advogado de Igaporã é um dos mais novos juízes empossados pelo TJ-MG Foto: Reprodução/Rádio Igaporã

O advogado Mateus Oliveira, da cidade de Igaporã, é um dos mais novos juízes de Direito empossados pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG). A cerimônia de posse foi realizada no dia 09/05, na sede do órgão, em Belo Horizonte. Segundo a Rádio Igaporã, de família de agricultores, o jovem juiz mantém o respeito às suas origens no campo. Em entrevista à imprensa, ele disse que, após a posse no cargo, está participando de um curso de formação, obrigatório para quem assume a magistratura, mediante determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Durante três meses de curso, Oliveira permanecerá na capital mineira. Posteriormente, será designado para a Comarca de Espinosa, em 12 de agosto. A escolha da cidade foi motivada pela proximidade com a sua terra natal.

Pai assume ter matado filho de 7 meses após esposa ser presa suspeita do crime Foto: Divulgação/HMTJ

O pai do bebê de 7 meses, que chegou morto e com ferimentos pelo corpo no Hospital Maternidade Terezinha de Jesus, em Juiz de Fora, confessou na tarde desta segunda-feira (17) a autoria do crime, registrado no domingo (16) como homicídio. As informações são do G1. Inicialmente, a principal suspeita era a mãe da criança, de 23 anos. Ela chegou a ser levada para a delegacia, mas o delegado de plantão não identificou elementos suficientes para prendê-la em flagrante no dia do registro. Segundo a delegada responsável pelas investigações do caso, Camilla Miller, o homem, de 27 anos, confessou as agressões e disse que a esposa não tem participação. Conforme o registro de ocorrência obtido pela TV Integração, o bebê tinha ferimentos no tórax, abdômen, rosto e crânio. Aos médicos, a responsável disse que no sábado (15) dava banho na criança, quando ela escorregou das mãos dela e caiu no chão. Ainda conforme a mãe, o filho apresentou comportamento normal após o tombo, mas no domingo demonstrou apatia e vomitou. Já o pai da criança contou que percebeu os hematomas e questionou a esposa. “O laudo pericial constatou a incompatibilidade das lesões com a versão de que a criança teria sofrido uma queda durante o banho”, afirmou a delegada. A Polícia Civil informou que uma perícia foi realizada e que o caso será investigado. Já o Conselho Tutelar foi chamado e acompanha a situação. “Foram ouvidos todos os envolvidos, os médicos que atenderam a criança e testemunhas. O homem será encaminhado ao sistema prisional e o inquérito segue em andamento”, completou a delegada.

Celulares roubados em Montes Claros são recuperados em Jaguaquara Foto: Divulgação/Polícia Civil

Uma equipe de policiais da Delegacia Territorial de Jaguaquara recuperou, na terça-feira (14), 30 aparelhos celulares com restrição de roubo.  De acordo com a Polícia Civil, logo após uma denúncia, diligências investigativas apontaram que os aparelhos foram roubados de um caminhão envolvido em um acidente, na cidade de Montes Claros, em Minas Gerais. Os celulares, que estavam sendo comercializados em Jaguaquara, foram localizados na zona rural daquele município baiano. A ação contou com apoio da Polícia Militar, que esteve em um dos imóveis onde parte dos aparelhos celulares foram recuperados. A investigação terá desdobramentos e os suspeitos permanecem à disposição da justiça.

Suspeito de ameaçar deputadas mineiras de morte e estupro é preso Foto: Divulgação/MPMG

A força-tarefa composta pelas polícias Civil e Militar de Minas Gerais (PMMG) e pelo Ministério Público do estado (MPMG), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate aos Crimes Cibernéticos (Gaeciber), deflagrou, nesta terça-feira (7), em Olinda (PE), a terceira fase da Operação Di@na. As informações são da Agência Brasil. A ação, que teve o apoio do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), resultou na prisão preventiva do principal investigado pelas ameaças de estupro e morte contra as deputadas estaduais mineiras Lohanna Souza França Moreira de Oliveira (PV), Bella Gonçalves (PSOL) e Beatriz Cerqueira (PT). Na investigação, iniciada em agosto de 2023, a Polícia Civil, o Ministério Público e a Polícia Militar apuraram que as ameaças foram planejadas e executadas no contexto de fóruns e grupos na internet denominados chans, espaços virtuais em que seus integrantes realizavam incitação à violência, à pedofilia e à necrofilia, com postagens de imagens de estupros, assassinatos e mutilações e com grande conteúdo de abuso e exploração sexual infantil. Nas fases anteriores, a força-tarefa, no cumprimento de medidas cautelares determinadas pelo Poder Judiciário de Minas Gerais, recolheu diversos dispositivos de informática nas residências de outros investigados. A partir de diligências cibernéticas avançadas e do intenso trabalho de campo, identificou parte dos usuários integrantes do chan ligados às condutas investigadas e o principal líder do grupo criminoso, usuário dos nicknames Leon e Grow. Esse suspeito passou a ser o principal investigado como responsável pelos crimes cometidos contra as parlamentares mineiras e por coagir adolescentes a se automutilarem e a lhe enviarem fotos em que apareciam nus.

Menina de 9 anos escreve carta denunciando assédios do padrasto e coloca na bolsa da mãe Foto: Divulgação/Patos de Minas

Um homem de 25 anos foi preso em Patos de Minas, no Alto Paranaíba, depois que a enteada, de 9, escreveu uma carta e colocou na bolsa da mãe denunciando os assédios e abusos que sofria em casa. O homem foi preso na quarta-feira (1°). Em um trecho da carta a menina escreveu: “Sempre que você ia trabalhar, ele colocava a mão lá e mandava eu ver, só que eu falava que não”. O G1 não divulgou o nome do suspeito para preservar a identidade da vítima. De acordo com a Polícia Militar (PM), a mãe da menina contou que na terça-feira (30), a filha disse que era para ela ler uma carta que estava na bolsa, porém, esqueceu de ler. No dia seguinte, enquanto estava no trabalho, a mulher começou a receber diversas mensagens da filha com áudios e vídeos que mostravam os assédios do padrasto. Nesse momento, a mãe se lembrou da carta e a leu. No texto, a menina expôs em letras garrafais os abusos que sofria. A mulher voltou para casa e pediu que uma amiga acionasse a PM. O homem foi preso nos fundos do imóvel. Em depoimento, ele disse que irá se responsabilizar pelos seus atos. Em seguida, foi levado para a Polícia Civil.

Caminhoneiro de Dom Basílio morre após capotar veículo de carga em Minas Gerais Foto: Reprodução/Redes Sociais

O caminhoneiro Bruno Silva Caires, de 33 anos, natural de Dom Basílio, morreu em um acidente de trânsito registrado entre as cidades de Augusto de Lima e Joaquim Felício, no estado de Minas Gerais. O acidente aconteceu na madrugada desta segunda-feira (11). Bruno conduzia um caminhão que transportava uma carga de contentores para a Bahia. Segundo informações obtidas pelo Achei Sudoeste, o caminhão saiu da pista e acabou tombando. O corpo foi removido do local após perícia e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). As causas do acidente ainda são desconhecidas. O jovem será sepultado, nesta terça-feira (12), no Cemitério de São João Batista, que fica na sede do município de Dom Basílio.

Três pessoas de Guanambi morrem em acidente entre dois carros na BR-135 Foto: Polícia Militar Rodoviária

Um acidente entre dois carros deixou três mortos na BR-135, em Montalvânia, no interior de Minas Gerais, neste sábado (10). As vítimas são da cidade de Guanambi. Outras três pessoas ficaram feridas. Segundo a Polícia Militar Rodoviária, um dos condutores perdeu o controle da direção e acabou ocasionando uma batida frontal no KM 7. Chovia muito no momento do acidente. As causas da colisão devem ser investigadas pela Polícia Civil. Conforme a PMRv, as pessoas que faleceram estavam em um mesmo veículo, um Jeep Compass, que seguia de Barreiras para Montalvânia. 

Três pessoas de Guanambi morrem em acidente entre dois carros na BR-135 Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

As vítimas fatais foram identificadas como: José Carlos Oliveira, a esposa dele, Benilda Pereira Xavier, e seu irmão, Cleondas Pereira Xavier. Outro ocupante do veículo foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para uma unidade de saúde. Ainda de acordo com a PMRv, no outro carro, uma Toyota RAV4, estavam um médico de Manga, a esposa dele e o filho do casal, de seis anos. A criança não teve ferimentos, mas seus pais foram levados para uma unidade de saúde em Montes Claros. O homem estava com suspeita de fratura nos membros inferiores e a mulher suspeita de fratura na região pélvica. Não há informações sobre velório e sepultamento dos guanambienses.

Dengue faz Acre, Minas Gerais, Goiás e Distrito Federal decretarem situação de emergência Foto: Getty Images

A explosão de casos de dengue em diversas regiões do país fez com que pelo menos quatro estados – Acre, Minas Gerais e Goiás, além do Distrito Federal – decretassem situação de emergência em saúde pública. As informações são da Agência Brasil. O decreto do estado de Goiás foi publicado na última sexta-feira (2). Dados da Secretaria de Saúde indicam que, este ano, foram registrados 22.275 casos de dengue e duas mortes no estado – um aumento de 58% na comparação com o mesmo período de 2023. Minas Gerais publicou decreto de emergência em saúde pública no último dia 27. Até o dia 29, foram registrados 64.724 casos prováveis e 23.389 casos confirmados da doença, além de um óbito confirmado e 35 em investigação. Já o Distrito Federal publicou seu decreto no último dia 25. O boletim epidemiológico mais recente aponta 29.492 casos prováveis de dengue nas primeiras quatro semanas do ano, além de seis mortes pela doença. O decreto do estado do Acre foi publicado logo no início do ano, no dia 5. Até meados de janeiro, o estado havia contabilizado 2.532 notificações de casos de dengue. A capital, Rio Branco, lidera o quantitativo de casos. Além das quatro unidades federativas, a cidade do Rio de Janeiro também declarou emergência em saúde pública em razão da dengue. O decreto foi publicado nesta segunda-feira (5), em meio a 20.064 casos prováveis da doença contabilizados até 1º de fevereiro.

Famosos ajudam menino por remédio de R$ 15 milhões Foto: Reprodução/Redes Sociais

Personalidades da música, do esporte e da televisão se uniram à campanha que tenta salvar o menino Enrico, de 5 anos, de Varginha (MG), que sofre de Distrofia Muscular de Duchenne e precisa de um remédio avaliado em R$ 15 milhões. O medicamento só existe nos Estados Unidos e não é aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), no Brasil. Nesta semana, a Justiça negou à família da criança um pedido para que União arque com o custo do medicamento e todas as despesas médicas do menino. Depois disso, o pai da criança fez um desabafo nas redes sociais. Para conseguir o dinheiro, a família de Varginha (MG) recorreu às redes sociais para pedir ajuda e já foi vítima até de golpe de estelionatários que tentaram se aproveitar da campanha. Enquanto a família tenta conseguir o dinheiro para o medicamento, a luta é uma corrida contra o tempo. O menino Enrico tem hoje 5 anos e 4 meses e só poderia tomar a medicação antes de completar 6 anos. Zico, Tony Ramos, Rogério Flausino, Maria Cecília e Rodolfo, Raul Plasman, Ronaldinho Gaúcho, Ana Castela, José Neto e Cristiano, Tatá Werneck, Isis Valverde... a lista é grande. Todas essas personalidades já gravaram vídeos para as redes sociais convocando o público a ajudar. “A gente está aqui junto unindo forças, muita gente já entrou nessa campanha maravilhosa pra gente ajudar a salvar o nosso querido Enrico e que somente com a colaboração de todos nós vai vencer essa batalha”, diz no vídeo o também Sul-mineiro Rogério Flausino, líder da banda Jota Quest.

Casal é preso transportando 109 quilos de maconha para Vitória da Conquista Foto: Divulgação/PRF

Um casal de namorados foi preso ao ser flagrado transportando mais de 100 quilos de maconha em um carro na BR-251, em Santa Cruz de Salinas, em Minas Gerais. O veículo foi abordado durante uma fiscalização de rotina realizada pela Polícia Rodoviária Federal na altura do KM-249, na noite dessa segunda-feira (18). A ação contou com apoio da Polícia Militar. De acordo com a PRF, as drogas foram encontradas em duas malas grandes no porta-malas do veículo. Ao todo, foram apreendidos 168 tabletes de maconha que pesaram 109 quilos, além de um bloqueador de sinal veicular. Um PRF, que atuou na ocorrência, explicou ao G1 que os suspeitos afirmaram terem recebido R$ 5 mil para levar os entorpecentes do município de Curral de Dentro para Vitória da Conquista, na região sudoeste da Bahia. Antes da abordagem realizada pela Polícia Rodoviária Federal, a Polícia Militar de Taiobeiras já havia recebido uma denúncia anônima de que havia um carro suspeito transitando com drogas na região. O casal foi levado para a delegacia de Taiobeiras e o caso será investigado pela Polícia Civil. As drogas também foram entregues na delegacia. A PRF informou que há indícios de que o veículo que eles usavam era clonado e o automóvel foi apreendido.

Homem desaparecido em Minas Gerais é encontrado boiando no Rio São Francisco em Malhada Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O corpo de João Batista da Mota foi encontrado boiando nesta sexta-feira (25), no Rio Francisco, na cidade de Malhada, na região sudoeste da Bahia. Segundo informou o 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM) ao site Achei Sudoeste, o corpo estava flutuando e foi amarrado para que a correnteza não o carregasse, permitindo que as autoridades pudessem iniciar o processo de identificação e causa da morte. No local, compareceu uma guarnição do corpo de bombeiros da cidade de Matias Cardoso, Minas Gerais, que já estava na busca de um homem desaparecido. Mota era natural de Mangas, em Minas Gerais. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) realizou o levantamento cadavérico. O corpo de João Batista foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em Guanambi para ser necropsiado. Não há informações sobre velório e sepultamento.

Mister Minas Gerais morre durante jogo de futebol Foto: Reprodução/Instagram

Eleito Mister Minas Gerais em 2016, Lucas Freitas, de 28 anos, morreu de maneira repentina durante uma partida de futebol, que aconteceu no último domingo (6). A notícia do falecimento do modelo foi divulgada por meio das redes sociais da organização do concurso de beleza, além do Instagram pessoal de Lucas. Segundo o site Terra, ele deixou duas filhas pequenas, uma de 6, e a mais nova, de 3 anos. “É com imensa tristeza que comunicamos o falecimento do Mister Minas Gerais CNB 2016, Lucas Freitas faleceu neste domingo, jogando futebol (vítima de morte súbita). Deixa duas lindas filhas: Maria Vitória de 6 anos e Maria Júlia de 3”, diz o comunicado. Em 2016, Lucas representou Minas durante o título de Mister Brasil CNB em Jurerê Internacional, Santa Catarina. Na época, ele se destacou por ter sido um participante prestativo e sorridente, sendo considerado o “Mister Popularidade”. Parentes e amigos lamentaram a morte do jovem, que morreu enquanto jogava bola. “Lucas, embora sua vida tenha terminado dessa forma tão injusta, você viverá eternamente no meu coração”, escreveu uma amiga.

Mãe encontra filho de 33 anos morto dentro de casa na BR-122 no município de Pindaí Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Osvaldino Santana Araújo, 33 anos, foi encontrado morto dentro de sua residência na manhã desta quinta-feira (13), na BR-122, Fazenda Furado Fundo, no município de Pindaí, na região sudoeste da Bahia. Segundo informou o 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM) ao site Achei Sudoeste, a mãe que encontrou Osvaldino já sem vida e com marcas de agressão na região da cabeça. A genitora de Araújo informou para a Polícia Militar, que ao chegar na casa, percebeu que o portão estava aberto e ao adentrar no imóvel encontrou o corpo do filho sem sinais vitais, caído ao chão. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi acionado e realizou a perícia. O corpo de Araújo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em Guanambi para ser necropsiado. De acordo com o 17º BPM, o autor do suposto homicídio foi preso após uma troca de informações envolvendo guarnições policiais militares de serviço na cidade de Urandi e na localidade de Catuti (MG). O acusado foi localizado na cidade de Mato Verde (MG), conduzindo uma motocicleta, vermelha. Ele foi conduzido para a Delegacia Territorial de Pindaí.

PRF apreende 10.360 maços de cigarros em ônibus com destino a Brumado Foto: Divulgação/PRF

Na sexta-feira (30), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 10.360 maços de cigarros contrabandeados do Paraguai em Realeza, em Minas Gerais. A ação ocorreu durante a fiscalização no Km 588 da BR-116. Durante a inspeção ao bagageiro de um ônibus com destino a Brumado foram encontrados os cigarros. Diante do exposto, foi constatado o crime de contrabando. As mercadorias foram encaminhadas para à Delegacia da Receita Federal em Governador Valadares. O crime de contrabando tem pena de reclusão que pode chegar a 5 anos de prisão.

Caminhão com mais de uma tonelada de maconha tomba em frente a Batalhão da PM Foto: Divulgação/PM

Um caminhão com mais de 1 tonelada de maconha tombou na noite de domingo (25) em frente ao Batalhão da Polícia Militar (PM), localizado na Avenida Presidente Juscelino Kubitschek (JK), em Juiz de Fora. A droga estava escondida em meio a carga de grama. Foram apreendidas, ao todo, 1.235 barras de maconha. Cada uma tinha cerca de 1 kg. Conforme a PM, o caminhão já era acompanhado por uma viatura da polícia desde o distrito de Penido após atitude suspeita. 

Caminhão com mais de uma tonelada de maconha tomba em frente a Batalhão da PM Foto: Divulgação/PM

Ao deparar com um cerco em frente ao batalhão, o motorista de 43 anos perdeu o controle do veículo e tombou na pista. Com o tombamento do caminhão, as barras de maconha ficaram espalhadas pela Avenida JK. O condutor foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, levado para o hospital com ferimentos leves e, posteriormente, preso em flagrante por tráfico de drogas. Já o veículo removido por um guincho.

Falta de cadáveres prejudica a formação de médicos no Brasil Foto: UFOB

“Você prefere ser operado por um médico que dissecou um cadáver ou por aquele que apenas estudou em peças sintéticas?”. O questionamento feito por Erivan Façanha, professor de Anatomia na Universidade Federal do Ceará (UFC), tem por trás uma realidade compartilhada por muitas instituições com cursos de Medicina do Brasil: a escassez de cadáveres para ensino e pesquisa. Esse é um problema crônico que prejudica o aprendizado dos alunos em boa parte das melhores universidades do país, como mostra um levantamento feito pela BBC News Brasil. Foram procuradas as 30 universidades mais bem avaliadas no ranking Universitário da Folha (RUF) 2019 - a edição mais recente. Todas são públicas. Esse ranking foi escolhido em vez da avaliação dos cursos feita pelo Ministério da Educação (MEC), que avalia as instituições com base no desempenho dos alunos por meio de uma prova) porque algumas universidades, como é o caso da Universidade de São Paulo (USP), por exemplo, optam por não fazer o exame. Além disso, o RUF avalia as universidades de forma mais ampla, com base em cinco aspectos: pesquisa, ensino, mercado, internacionalização e inovação. No total, 26 responderam à consulta sobre se cadáveres são usados nas aulas e de qual forma, e também se o número de exemplares disponíveis é suficiente. Mais da metade delas, 17 ao todo, afirmaram que enfrentam uma falta de corpos para estudo e pesquisa, e apenas duas disseram que a quantidade de cadáveres que têm à disposição é satisfatória. Outras sete relataram que não têm esse problema porque ainda estão montando um programa de anatomia ou porque a própria instituição não teria condições de mantê-los em boas condições para uso. O ensino de anatomia na prática, cortando camadas, identificando estruturas e órgãos em um cadáver, é uma experiência considerada insubstituível por professores e médicos experientes. Mas é algo difícil de ser feito nas universidades de Medicina brasileiras. A maioria das instituições consultadas relata que faltam corpos suficientes para dissecação há anos e que o problema é difícil de solucionar, porque faltam recursos para preservar os cadáveres e, principalmente, doações pela sociedade civil - uma prática que ainda é pouco difundida no Brasil. “Alguns alunos optam, inclusive, por cursos fora do país buscando essa opção. Estados Unidos e Canadá são alguns dos destinos mais procurados”, diz Kennedy Martinez de Oliveira, professor de anatomia humana da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Quando não há cadáveres suficientes para a dissecção, professores buscam as opções mais próximas para oferecer uma experiência mais fiel nas aulas de anatomia. “A prática de dissecação, que é primordial para a anatomia topográfica, fica deficitária em nossas aulas. Temos alguns modelos sintéticos e usamos peças cadavéricas”, diz Célia Regina de Godoy Gomes, professora de Anatomia Humana do Departamento de Ciências Morfológicas da Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Brumado: Polícia Civil cumpre mandado de prisão por dívida de pensão de mais de R$ 46 mil Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Nesta quinta-feira (11), a Polícia Civil, através da Delegacia Territorial de Brumado, cumpriu um mandado de prisão civil por dívida de pensão alimentícia no valor de R$ 46.418,80, decretado pela justiça criminal de Piranga (MG). O valor refere-se ao atraso no pagamento relativo ao período de dezembro de 2007 a junho de 2022. O homem, de 39 anos, foi preso na Praça da Feira, no Bairro do Mercado, em Brumado. Segundo a polícia, caso haja o pagamento, o devedor será imediatamente liberado.

Pai que passou 26 anos buscando assassino da filha tem vitória no STF Foto: Reprodução/G1

O Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou nesta terça-feira (18) a extradição do colombiano Jaime Henrique Saade Cormane, preso em Belo Horizonte, 24 anos depois de ter sido condenado em seu país natal por ter estuprado e matado a namorada Nancy Mariana. A decisão foi tomada em sessão presencial pela 2ª turma do STF. Em setembro de 2020, o pedido de extradição de Jaime havia sido julgado, porém, a votação acabou empatada. Nestes casos, quando há empate, a decisão é sempre a favor do réu e o pedido foi negado. Na época, em carta aberta escrita ao STF, o pai da vítima, Martín Mestre, pedia que os juízes reconsiderassem sua decisão de negar a extradição de Jaime.  “No território brasileiro, capturou-se um assassino há um ano e pela decisão do Supremo do Brasil, Jaime Henrique Saade Cormane foi libertado. Peço ao máximo que estude a possibilidade de reconsiderar a decisão tomada e ordenar a captura de Saade Cormane para fins de extradição para a Colômbia, país onde cometeu o crime da minha filha Nancy Mariana Mestre Vargas”, disse Martín. O caso voltou a ser julgado a pedido do pai da vítima, que entrou com ação rescisória. Na conclusão do julgamento, o ministro Nunes Marques apresentou o voto de desempate, e o ministro Edson Fachin reajustou seu voto. O relator, ministro Gilmar Mendes, aceitou a solicitação apresentada pelo governo colombiano. Jaime ainda responde na Justiça Federal por falsidade ideológica e falsidade de documento público, já que usava nome falso. As informações são do G1.

PF investiga faculdades por suposta fraude em recursos do Fies na Bahia Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A Polícia Federal e a Controladoria-Geral da União (CGU) deflagraram nesta quarta-feira (12) uma operação contra supostas fraudes praticadas por criminosos usando títulos públicos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Segundo a corporação, 77 policiais cumprem 20 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal e em sete estados: Bahia, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Sergipe. Há, ainda, autorização judicial para o bloqueio de quase R$ 21,3 milhões – valor estimado dos prejuízos causados à União com as fraudes. Ao todo, 20 faculdades supostamente beneficiadas pelas fraudes são alvo da operação; a lista não foi divulgada. A CGU diz que os valores já apurados pagariam integralmente a formação superior de pelo menos 50 alunos em cursos de cinco anos. Os envolvidos no esquema, de acordo com a Polícia Federal, inseriam informações falsas no sistema usado pela União para gerenciar as instituições de ensino vinculadas ao Fies. Essas informações falsas levavam o governo federal a recomprar títulos públicos do Fies que estavam com as faculdades e entidades mantenedoras – injetando dinheiro em instituições que, na verdade, não cumpriam os requisitos mínimos para essa operação. Há, ainda, casos em que os suspeitos cadastraram financiamentos estudantis fora do prazo regimental, beneficiando estudantes de modo individual.

Visconde do Rio Branco: Mulher enterrada viva teve traumatismo craniano, diz médico Foto: Divulgação/PM

Segue em estado grave a mulher de 36 anos ‘enterrada’ viva em uma gaveta mortuária do Cemitério Municipal de Visconde do Rio Branco, na Zona da Mata mineira. A atualização doestado de saúde da paciente foi repassada ao G1 pelo médico Henrique Slaib, diretor geral do hospital e cirurgião assistente da paciente. Slaib conversou com a reportagem sobre as condições que a vítima chegou à unidade de saúde na manhã da terça-feira (28). Antes de ser socorrida, ela passou cerca de 10 horas presa na gaveta, depois de sofrer agressões de uma dupla que foi até a casa dela cobrar por drogas e armas que teriam ‘extraviado’. “Ela chegou muito suja, com vários cortes grandes no couro cabeludo, uma lesão grave no dedo da mão, fratura nos braços e possivelmente uma fratura de perna, além de traumatismo cranioencefálico (TCE)”. Conforme ele, a sedação foi retirada nesta quarta, mas ela ainda encontra-se em estado sonolento. “Ela foi levada ao CTI, onde foi feita limpeza e sutura. Agora a pressão está mantida por condições próprias e ela respira sem a ajuda de aparelhos. Ainda está torporosa, mas não sabemos quando é da sedação residual”, completa. O médico também disse que a paciente chegou muito desidratada à unidade, situação que pode ter se agravado em função do local onde ela ficou presa por mais de 10 horas. Ele, porém, diz que ainda é cedo para avaliar alguma sequela provocada pela falta de oxigenação no cérebro. O médico também ressalta sobre as possíveis condições prévias da mulher, que ajudaram a agravar o quadro clínico na chegada ao hospital. “O local onde ela ficou (gaveta) é possivelmente quente e ela não ingeriu nada. Sem contar nas condições adicionais, como as fraturas e as próprias condições de saúde dela”. Mesmo com quadro grave, ela está em evolução, segundo ele. A equipe aguardará pela evolução da paciente nas próximas 48 horas.

Governador de Minas Gerais defende reajuste do próprio salário em quase 300% Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), defendeu o reajuste do próprio salário e dos secretários de seu governo em quase 300%, após 16 anos com os vencimentos congelados. No Twitter, o governador argumentou que o aumento é necessário para "atrair e manter" quadros técnicos competentes no Estado. O projeto de lei que prevê o reajuste foi apresentado pela Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) a pedido do governador. Nas redes sociais, Zema afirmou que a remuneração atual do primeiro escalão de seu governo é “incompatível com o cargo”. Atualmente, Zema recebe salário bruto de R$ 10.500; o vice-governador do Estado, Mateus Simões (Novo), de R$ 10.250; e os secretários, de R$ 10 mil. Os valores foram fixados durante o mandato de Aécio Neves, em 2007, e estão em vigor até hoje.  A proposta de reajuste teve como base os vencimentos do desembargador do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, para fixar o novo valor para o governador; e dos deputados estaduais para os secretários. Pela regra do funcionalismo público, o teto da remuneração de qualquer servidor no País é o salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que passará a R$ 41 650,92 a partir de abril e será de R$ 46.366,19 em 2025. “A proposta visa a uma recomposição das perdas decorrentes da inflação acumulada no período, considerando-se o fato de que os valores atualmente pagos estão em vigor desde janeiro de 2007”, diz o projeto. Pelo projeto de lei apresentado pela Mesa Diretora da ALMG, os vencimentos passam a R$ 41,8 mil para o governador; R$ 37,6 mil para o vice; R$ 34,7 mil para os secretários de Estado e R$ 31,2 mil para os secretários adjuntos. De acordo com o projeto, o aumento será escalonado. A remuneração atual dos membros do primeiro escalão do governo de Minas Gerais é inferior comparada a outros Estados. O salário do governador paulista, Tarcísio de Freitas, passou a ser de R$ 34,5 mil no início deste ano; antes do reajuste, era de R$ 23 mil. O governador do Paraná, Ratinho Jr. (PSD), por exemplo, ganha R$ 33.763,00 por mês. Em Sergipe, o chefe do Executivo estadual, Fábio Mitidieti (PSD), recebe R$ 35.462,22. Atualmente, o governo de Minas é o que tem a menor remuneração do País, seguido por Santa Catarina (R$ 15.000,00) e Maranhão (R$15 384,89).

Homem se irrita com criança com autismo por apertar buzina e mata o pai dela em Belo Horizonte Foto: Reprodução/G1

Horizonte terminou com a morte de um homem no sábado (25). De acordo com o G1, a briga começou porque o filho da vítima, uma criança com autismo, estaria apertando com intensidade a buzina de um carro, o que irritou o autor do crime. Segundo o Boletim de Ocorrência (BO), após o desentendimento, o autor teria ameaçado a vítima dizendo que buscaria uma arma para resolver a situação. Mais tarde, por volta das 21h, de acordo com o BO, o homem voltou em um taxi, foi em direção à vítima com uma arma e disparou diversos tiros a uma curta distância, sem qualquer chance de defesa. A vítima chegou a ser levada para o Hospital Risoleta Tolentino Neves por pessoas que estavam no bar, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu na instituição. Testemunhas fizeram a identificação do autor do crime, mas ele ainda não foi localizado pela polícia até a última atualização desta reportagem.

Ônibus com time de futebol cai de ponte em Minas Gerais e 4 pessoas morrem Foto: Reprodução/O Vigilante Online

Um ônibus caiu de uma ponte de 10 metros de altura na madrugada desta segunda-feira (30) e deixou 4 mortos e 29 feridos na BR-116, em Além Paraíba (MG). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo levava o time de futebol Esporte Clube Vila Maria Helena de Ubaporanga (MG) para Duque de Caxias (RJ). Conforme o Corpo de Bombeiros, estavam no ônibus o motorista, comissão técnica e jogadores. Inicialmente, quatro corpos foram retirados em meios às ferragens. Vinte e quatro vítimas foram encaminhadas para o Hospital São Salvador, em Além Paraíba. Outras cinco foram levadas para a Casa de Caridade Leopoldinense, em Leopoldina. Não há detalhes do estado de saúde delas. De acordo com o G1, o veículo caiu de cabeça para baixo perto de um riacho após o motorista do ônibus perder o controle da direção. A viagem consta como registrada no sistema de Licenças de Viagem Nacional da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). O Corpo de Bombeiros de Leopoldina, Cataguases, Além Paraíba e Juiz de Fora atuaram no local na manhã desta segunda-feira. A PRF também auxiliou nos trabalhos.

Ônibus de turismo pega fogo na BA-263 em Vitória da Conquista Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

Um ônibus de turismo pegou fogo na BA-263, no trecho de Serra do Marçal, em Vitória da Conquista, a 132 km de Brumado. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o acidente aconteceu na madrugada desta sexta-feira (27) e ninguém ficou ferido. Não há informações sobre o que causou o incêndio. Uma foto feita por uma testemunha que passava pelo local mostra o ônibus em chamas e completamente destruído. O transporte havia saído de Minas Gerais e tinha como destino a cidade de Porto Seguro, no sul da Bahia. Quando as chamas começaram, os passageiros e o motorista conseguiram sair do coletivo.  Após o acidente, alguns passageiros decidiram seguir viagem em outro ônibus.

Arquivo