Barra da Estiva: Prefeito reduz o próprio salário e do vice em 20% para conter gastos

29 Jul 2017 - 22:05h

O prefeito da cidade de Barra da Estiva, João Machado Ribeiro (PSD), o João de Didi, decretou desde a última quinta-feira (26) a redução do próprio salário em 20%, bem como do vice-prefeito, Eronilson Martins de Souza (PSL), o Son Martins, e dos secretários municipais. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, o decreto do gestor, ainda reduz em 10%, os vencimentos de todos os cargos comissionados no âmbito da prefeitura de Barra da Estiva. A determinação já está em vigor, sendo com efeito retroativo para o dia 1º de julho de 2017. De acordo com a assessoria de imprensa, os motivos essenciais que levaram o prefeito a tomar essa decisão, foram as exigências legais para cumprir os limites de gastos, especialmente o da despesa com pessoal, além da crise econômico-financeira que o país atravessa, com a consequente redução da arrecadação de imposto e diminuição no repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Comentários

Libano

"Deveriam na verdade é demitir muito dos contratados, pois quando o prefeito assumiu o mandato a prefeitura virou um cabide de empregos, existe uma lei federal que diz que um gestor não pode gastar mais que 53% da arrecadação total do município , em barra da Estiva este numero ultrapassa e muito a casa dos 60%.Desde o ano passado ja sabiam da crise que vivemos, porem ele conseguiu com manobras aumentar os subsídios que antes eram na casa de 17 mil por mes para mais de 23 mil."

Deixar comentário

Comentário

mais notícias