Unimed suspende atendimentos de urgência e emergência na Bahia

18 Jan 2020 - 07:00h

A Unimed Norte Nordeste está com atendimentos suspensos na modalidade urgência e emergência nos principais hospitais credenciados em Salvador. Mesmo as unidades de saúde que aparecem no documento disponível aos usuários na lista da rede credenciada do plano não estão fazendo os atendimentos. O Bahia Notícias entrou em contato com o Hospital São Rafael, Hospital Evangélico da Bahia, Hospital da Bahia e o Hospital da Cidade e confirmou a informação de que o atendimento para o plano estava suspenso. Beneficiários do Unimed Norte Nordeste de Salvador acusam a empresa de reduzir a rede credenciada sem aviso prévio. De acordo com a usuária e jornalista Josemara Veloso, os problemas com atendimentos acontecem desde 2018, mas em 1º de janeiro deste ano a situação ficou mais grave. “Os usuários começaram a ir até os hospitais procurando serviço de emergência e não eram atendidos”, relatou. Há alguns dias a operadora Seguros Unimed teria enviado correspondência aos usuários do Unimed Norte Nordeste propondo que os beneficiários fizessem uma migração do plano de saúde para a seguradora. O documento ainda estabelece um prazo para a realização da troca até esta quarta-feira (15). “A partir de janeiro de 2020 seu plano de saúde será alterado para a Unimed Seguros, levando a você uma maior tranquilidade e segurança”, informa carta, que ainda assegura aos destinatários que o valor da mensalidade não sofrerá alteração. Usuários insatisfeitos ainda relataram dificuldade de atendimento ao cliente pelo telefone, sites e ouvidorias. O BN ligou para dois números 0800 disponibilizados pela Unimed, e a operadora telefônica informou que o eram inexistentes. Por fim, eles reclamaram do fechamento do escritório do plano, que funcionava no Salvador Trade, na Avenida Tancredo Neves. Procurada, a Unimed Brasil afirmou através de assessoria que por ora não tem um posicionamento e que o caso está sendo apurado internamente.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias