Casal que morava em Vitória da Conquista é baleado na França; 'Achava que ia morrer', diz mulher

17 Fev 2020 - 16:30h

Uma família brasileira foi vítima de um atentado a tiros na cidade de Toulon, na França, na última quinta-feira (13). Cristiane Tavares, de 36 anos foi baleada nas costas, quando andava na rua, perto do apartamento onde mora. A mulher retornou para o imóvel sem notar que tinha sido vítima de arma de fogo. O homem que fez o disparo a seguiu, entrou no apartamento e também disparou contra o marido dela, André Modenezi, de 39 anos, que foi atingido no abdômen. O filho do casal, de quatro anos, presenciou o ataque dentro do apartamento, mas não teve ferimentos. Cristiane Tavares conta que os disparos foram feitos por um vizinho. O homem foi preso no mesmo dia do ataque, dentro do imóvel onde morava. De acordo com o G1, ela, que é servidora pública no setor de comunicação do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), morava em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. Junto à família, foi morar em Toulon, na França, para fazer um mestrado. A mulher se recupera bem, enquanto o marido, André Modenezi, está na UTI de um hospital da cidade. Ele já foi submetido a duas cirurgias e, nesta segunda-feira (17), vai passar pelo terceiro procedimento cirúrgico. André está em coma induzido e estado de saúde estável. Por meio de nota, o Itamaraty informou que as autoridades consulares do Brasil na França estão cientes do ocorrido e acompanham o caso junto com as autoridades francesas. O Itamaraty ainda destacou que não pode informar mais detalhes, em respeito à legislação vigente sobre privacidade individual. Cristiane e André moram em Toulon há cerca de cinco meses. Eles se mudaram de Vitória da Conquista para a cidade francesa em setembro do ano passado. “A gente decidiu morar na cidade de Toulon porque é uma cidade considerada tranquila”, destaca.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias