Brumado: Mesmo com pouca movimentação, feira livre poderá ser inclusa no decreto de quarentena

31 Mar 2020 - 07:00h

Embora o Mercado Municipal de Brumado esteja aberto, o movimento caiu bastante após o decreto de contenção do coronavírus publicado pela prefeitura. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o administrador do local, Manoel Gonçalves Neto, popular Manoel Patinha, disse que a situação está bastante difícil para os feirantes e comerciantes. “O mercado está aberto, mas 90% das lojas estão fechadas. O negócio complicou de uma vez por todas. Nunca esperava ver o mercado nessa situação que se encontra hoje. Travou tudo”, asseverou. As vendas, segundo ele, caíram consideravelmente e as mercadorias já adquiridas pelos comerciantes não estão tendo saída. Além disso, por conta da situação, os produtos estão com preços inflacionados. “É um prejuízo muito grande para todos nós. Virou um medo e insegurança total. Está dando dó. As pessoas estão trabalhando por amor e porque precisam”, destacou. O administrador adiantou que, por decisão conjunta com o Município, o mercado deverá ser fechado, ao menos, nos finais de semana.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias