Achei Sudoeste

BUSCA PELO ARQUIVO "08/2020"

19 Ago 2020 - 16:30h

Uma forte batida entre dois caminhões interditou a BA-156 na manhã desta quarta-feira (19), em trecho entre Botuporã a Tanque Novo, a 171 km de Brumado. De acordo com informações da Polícia Militar (PM), os motoristas dos dois veículos tiveram apenas escoriações. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) realizaram o atendimento no local e os condutores passam bem. Não há informações sobre as circunstâncias da batida. Os caminhões ficaram destruídos. Um dos veículos, que transportava telhas, tombou e a carga ficou toda espelhada pela via. Segundo o G1, os caminhões continuavam no local. A PM destacou que equipes seguem trabalhando para normalizar o tráfego na região.

19 Ago 2020 - 16:00h

Por volta das 22h desta terça-feira (18), uma guarnição da 80ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) abordou um motociclista na barreira sanitária de acesso à cidade de Piripá, a 131 km de Brumado. Durante a revista, foram encontrados 06 papelotes de cocaína em poder do abordado. Na sequência, a guarnição se dirigiu ao imóvel do referido, onde foi encontrado outro indivíduo consumindo drogas no local e mais 51 porções da mesma substância. O primeiro homem assumiu que vendia a droga para o que foi encontrado consumindo o entorpecente. Os indivíduos receberam voz de prisão e foram conduzidos, juntamente com o material apreendido, para a delegacia em Vitória da Conquista.

19 Ago 2020 - 15:30h

Uma aposta feita no município de Brumado acertou 14 jogos e ganhou R$ 331 mil do prêmio principal da Loteca, uma das modalidades de loteria da Caixa Econômica Federal (CEF). De acordo com o Só Notícias, o sorteio foi realizado, na última segunda-feira, em São Paulo. O apostador acertou 14 resultados de jogos das séries A e B do Campeonato Brasileiro. O prêmio principal teve três ganhadores. Além das apostas feitas em Brumado, outras duas, feitas em Sorriso (MT) e Canoas (RS), também foram contempladas. Cada apostador receberá R$ 331 mil.

19 Ago 2020 - 15:29h

Os serviços de tradução podem ser necessários para diferentes propósitos e finalidade, tais como:

  • Traduções simples: versões de filmes, músicas, obras literárias;

 

  • Traduções técnicas: traduções de manuais de utilização de um equipamento, de normas, regulamentações técnicas, ou assuntos ligados à área jurídica;

 

  • Traduções médicas: fundamentais para elaboração de de documentos de pesquisa clínica, bulas medicamentosas, instruções sobre determinados procedimentos de medicina humana ou veterinária.

 
E também, as Traduções oficiais: tradução de documentos ou certidões de caráter legal.
Estes últimos serviços podem ser atendidos por dois profissionais, o de Tradução Juramentada, ou o de  tradução certificada, a depender do tipo de documentação e dos pares de idiomas e países de solicitação. 

Iremos analisar alguns pontos que serão fundamentais que serão fundamentais para determinar qual o tipo de tradutor deve ser contratado para realizar o serviço a ser solicitado.

Traduções Juramentadas

Se você possui uma certidão, contrato ou documento que tenha sido emitido no exterior, e que precisa ser reconhecido pela legislação brasileira (diploma, habilitação, certidões de nascimento, casamento e óbito, etc.), então este documento precisará ter seu conteúdo traduzido por Tradutor Juramentado, que é o profissional concursado reconhecido por fé no tabelionato e na Junta Comercial de seu Estado.

O Tradutor Juramentado, ou Tradutor Público, irá efetuar a tradução e reconhecerá a legalidade do documento requerido, através da emissão carimbo e selo oficiais. Sendo assim, o documento estará apto a ser utilizado e reconhecido em qualquer instância da União.

Traduções Certificadas

As traduções certificadas, como o próprio nome diz, possuem caráter mais oficial que as traduções simples, realizadas por tradutores habituais. Para executá-las existe o tradutor certificado, profissional habilitado nos idiomas de origem e destino do documento. São necessárias para documentos de imigração, passaportes, transcrições oficiais, e também, em alguns casos, para certidões. Ainda assim, um serviço de tradução certificada não confere caráter de originalidade ao documento.

Uma tradução certificada deve incluir uma declaração do tradutor atestando que a versão foi traduzida de forma correta e fiel ao original, e também é necessário que o tradutor inclua no documento suas informações de contato e assinatura.

Pode ser utilizada para traduzir documentos brasileiros para outros idioma cujos países não exigem juramentação dos documentos. É o caso, por exemplo, dos Estados Unidos, Canadá e Portugal(que por sua vez, exige que o documento seja reconhecido em cartório). 
Em resumo, é fundamental contactar a representação do país de destino dos documentos a serem traduzidos para verificar a necessidade de juramentação do mesmo.

 

CONTINUE LENDO

19 Ago 2020 - 15:00h

No último domingo (16), a Vigilância Sanitária de Guanambi, a 141 km de Brumado, em ação conjunta com o 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM), realizou fiscalização em estabelecimentos de serviços de alimentação por descumprimento do horário de funcionamento. O início das interdições ocorreu às 22h40, após denúncia, e se estendeu até às 00h16, com a suspensão de funcionamento de 09 estabelecimentos, sendo: 01 no Centro da cidade, 02 no Alvorada, 02 no Santos Dumont e 04 na Guanabara. A fiscalização foi finalizada por volta das 02h depois de mais um atendimento de denúncia de festa com som ao vivo em residência no Bairro Santo André. Os estabelecimentos autuados se reuniram na última segunda-feira (17) com a coordenação do departamento e fiscais atuantes, responsáveis pelo parecer técnico, onde foi definida a penalidade de advertência.

19 Ago 2020 - 14:30h

Além de prorrogar o auxílio emergencial, o presidente Jair Bolsonaro deseja criar o programa Renda Brasil ainda neste ano, para começar a vigorar em janeiro de 2021. O primeiro formato do novo programa social, prevê o governo, deve beneficiar 20 milhões de famílias no país. De acordo com o Blog do Valdo Cruz, a equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, junto com o Ministério da Cidadania, trabalha num modelo que prevê o pagamento do novo benefício às 14 milhões de famílias cadastradas no Bolsa Família, mais 6 milhões de famílias que recebem o auxílio emergencial. Nas reuniões para definir o novo programa social, que seria a marca do governo Bolsonaro na área, o ministro Paulo Guedes tem dito que o cadastro do auxílio emergencial permitiu identificar 6 milhões de famílias que estavam “invisíveis” e “em situação de vulnerabilidade”. Essas famílias não recebiam nenhum benefício social, apesar de precisarem deles para sobreviver. O auxílio emergencial já foi pago a mais de 60 milhões de pessoas, mas várias podem fazer parte de uma mesma família. Deste total, a equipe do governo Bolsonaro argumenta que uma parcela significativa voltará a ter renda depois de superada a fase mais crítica do combate ao coronavírus. Ou seja, não precisariam mais do benefício. Desse grupo, porém, 6 milhões de famílias vão seguir em situação de vulnerabilidade e precisam ser incluídas em algum tipo de benefício social. Por isso, os técnicos estão fechando uma primeira versão do Renda Brasil incluindo as 14 milhões de famílias do Bolsa Família e as novas 6 milhões identificadas pelo auxílio emergencial.

19 Ago 2020 - 14:00h

Fundado em 2016 na cidade de Brumado, o Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora - Serafa atua no processo de destituição da guarda de crianças e adolescentes de suas famílias de origem, em razão de violação de direitos ou negligência, bem como posterior inserção dos mesmos em famílias acolhedoras, previamente cadastradas e capacitadas. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, a coordenadora do Serafa, Marta Porto, explicou que o serviço é acionado através de um ofício da Vara da Infância e Juventude. “Antes de chegar nas famílias acolhedoras, tem que saber se há família extensa, ou seja, um avô, um tio ou parente que se interesse em ficar com a guarda da criança. Esgotadas essas fontes, mandam um relatório para o juiz e vem para o serviço de acolhimento para o mesmo ser inserido na família acolhedora”, esclareceu. Porto frisou ainda que o acolhimento é provisório, período durante o qual as famílias, de origem e acolhedora, são acompanhadas pela equipe do Serafa para saber se a criança tem condições de voltar ao lar de origem ou não. “O intuito maior da família acolhedora é fortalecer a criança e os seus laços afetivos para que haja de novo o encontro com a família de origem”, destacou.

19 Ago 2020 - 13:20h

Depois de promover uma reestruturação no país e no mundo, reduzindo custos da operação, a RHI Magnesita anunciou investimento de R$ 180 milhões na unidade de Brumado. Segundo o presidente para a América do Sul, Francisco Carrara, os aportes devem aumentar a produção de matéria prima para refratários em até 40%, passando de 100 mil toneladas por ano para 140 mil toneladas de capacidade instalada. O executivo ressaltou que grande parte dos recursos virá da matriz na Europa. Com a diminuição dos custos oriundo do projeto, a matéria-prima de Brumado será a mais barata e competitiva do mercado mundial para produção de refratários, exportando para as maiores potências da Europa e a China. Já neste ano de 2020, a cidade de Brumado começará receber os investimentos do projeto da nova linha de produção da unidade e a previsão é de entrega da obra até final de 2021.

19 Ago 2020 - 12:00h

Passados mais de cinco meses do início da pandemia no país, a população começou a afrouxar o isolamento social. Em Brumado, o secretário municipal de saúde, Cláudio Feres, disse que parte da comunidade está cansada das restrições impostas pela quarentena. Ao site Achei Sudoeste, ele afirmou que alguns bares estão descumprindo as exigências do decreto municipal de contenção da Covid-19, mas o Município, através da Vigilância Sanitária, está fiscalizando a fim de monitorar esses estabelecimentos. “Parece que as pessoas se esqueceram de que ainda estamos convivendo com o novo coronavírus. É uma doença, muitas vezes, silenciosa, perigosíssima e que pode levar à morte. Vamos continuar trabalhando na prevenção, relembrando sempre as formas de evitar a propagação do coronavírus”, declarou.  

19 Ago 2020 - 11:30h

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, nesta terça-feira (18), testes de fase 3 de mais uma vacina contra a Covid-19 no Brasil: a Ad26.COV2.S, desenvolvida pela Janssen Pharmaceuticals, do grupo Johnson & Johnson. Esta é a quarta vacina a obter autorização de testes no país. A Anvisa não informou a data de início dos testes, que depende de aprovação no Conselho Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) – órgão do Ministério da Saúde responsável pela avaliação ética de pesquisas clínicas – e da organização dos pesquisadores para recrutamento dos voluntários. De acordo com o G1, está prevista a participação de 7 mil pessoas, com idade mínima de 18 anos, em 7 estados: Bahia, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e São Paulo. Ao todo, a empresa pretende testar 60 mil pessoas nesta etapa (a terceira e última), que avalia a segurança e a eficácia da vacinação. Não há informações sobre se os testes serão restritos a profissionais de saúde. Os participantes deverão receber uma dose única da vacina ou um placebo (substância inativa), para servir de grupo controle. A determinação de quem recebe a vacina ou o placebo será feita de forma aleatória (randomizada), e nem os voluntários, nem os pesquisadores saberão quais pessoas receberam qual substância (esse tipo de estudo é chamado de “duplo-cego”).

19 Ago 2020 - 11:00h

Apesar do necessário período de isolamento social, vídeos e áudios que circulam nas redes sociais mostram que o final de semana foi de muita aglomeração em bares e restaurantes da cidade de Ibiassucê, a 79 km de Brumado. Nas imagens, é possível ver homens e mulheres embriagados dançando nas vias públicas e desrespeitando qualquer tipo de isolamento social. A vigilância sanitária da cidade tentou coibir os movimentos, mas os agentes públicos foram hostilizados e viraram motivo de piada entre os participantes. Cenas assim são comuns praticamente em todos os finais de semana. Diante da situação, o prefeito Francisco Adauto Rebouças Prates (PSDB) voltou a restringir a abertura dos bares e restaurantes, na tentativa de conter a população e a proliferação do novo coronavírus na cidade. O decreto de contenção foi publicado no diário oficial, na edição de segunda-feira (17).

19 Ago 2020 - 10:30h

O secretário de saúde do estado, Fabio Vilas Boas, informou que a Bahia está testando, no momento, três vacinas contra a Covid-19. “São dois centros com três vacinas em fase de testagem. O Governo do estado assinou um acordo na semana passada com o Governo Chinês para o desenvolvimento, fase 3, de duas vacinas em 9 mil pacientes. Estamos em fase de negociação com o Governo da Rússia para também testar na Bahia a vacina desenvolvida lá”, explicou. 

19 Ago 2020 - 10:00h

Em Caculé, a 100 km de Brumado, açougueiros que trabalham com o comércio de carne bovina, caprina, suína, peixes e de aves têm até esta quarta-feira (19) para se adaptar às determinações da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab). Em fiscalização realizada no município nas últimas semanas, o órgão determinou que está proibido o abate animal na cidade e que o produto deve ser adquirido, preferencialmente, nos frigoríficos de Brumado ou Guanambi. Para alguns açougueiros, a exigência poderá representar um aumento significativo no preço do produto para o consumidor final e até mesmo o “abandono” da profissão. Eles apontam inviabilidade econômica e que a medida aumenta ainda mais a burocracia e dificulta a logística do trabalho.  Para o zootecnista Tarcísio Ribeiro Paixão, formado pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), a proibição imediata desses abates afeta drasticamente a economia municipal, visto que boa parte da renda econômica da população vem da pecuária. No entanto, Tarcísio defende que a fiscalização e regularização do abate animal é fundamental para um controle de qualidade eficiente. 

19 Ago 2020 - 09:30h

Uma esteticista de Salvador diagnosticada com falência renal e que não bebe água desde fevereiro deste ano iniciou uma vaquinha para realizar dois transplantes em São Paulo. Além do rim, Larissa Medrado, que tem 31 anos e sofre de diabetes há mais de 20, também precisa de um transplante de pâncreas. “Mudou tudo, tive que parar de trabalhar, parar de estudar, parar até mesmo de brincar com meu filho. Alimentação ficou bastante restrita”, contou. Larissa realizou exames que apontaram que os rins da mãe dela são compatíveis. O procedimento será feito em São Paulo, pelo SUS, entretanto ela não tem como arcar com as despesas com viagem, hospedagem, alimentação, cuidador, e medicamentos que ela vai precisar durante a estadia na capital paulista, um período de pelo menos seis meses. A vaquinha postada na internet busca arrecadar R$ 70 mil. Até a terça-feira (18), tinham sido arrecadados cerca de R$ 30 mil. Segundo a irmã de Larissa, que teve a iniciativa da vaquinha, diz que o transplante do pâncreas deve ocorrer cerca de três meses após o dos rins.

19 Ago 2020 - 09:00h

O prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB) enfrenta um pedido de cassação do seu mandato na Câmara de Vereadores de Brumado. Questionado pelo site Achei Sudoeste sobre a situação, o prefeito disse que boa parte da atual legislatura é uma contradição nos próprios termos. “Uma representação legislativa tentar tirar um gestor, sobre todos os pontos bem sucedido... a educação dando show, a saúde atendendo aquilo para o qual existe, a infraestrutura transformando o município em um canteiro de obras. Eles querem o quê? Não posso nem dizer. A população que tire as suas conclusões”, completou. O gestor ainda fez questão de pontuar que todas as pesquisas mostram a satisfação da população com o seu governo. “O povo vai dar o seu recado e, do alto da sua competência, tenho certeza que o povo de Brumado vai dar o tom da música. Espero, sobretudo, a justiça da história. O tempo é o senhor da verdade. Tenho muita tranquilidade”, arrematou. 

19 Ago 2020 - 08:30h

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (18) a medida provisória (MP) que obriga os bancos a reduzirem o número de exigências e documentos para conceder ou renovar empréstimos. A medida derruba barreiras nos âmbitos trabalhista, fiscal, eleitoral e tributário enquanto durar o decreto de calamidade pública. A proposta tem como objetivo facilitar o acesso ao crédito e, com isso, minimizar os impactos econômicos causados pela pandemia da Covid-19. O texto segue, agora, para o Senado. Por se tratar de uma medida provisória, a proposta começou a valer no dia 27 de abril, quando foi editada pelo presidente Jair Bolsonaro. Para se tornar lei em definitivo, porém, precisa ser aprovada pelo Congresso até a próxima segunda (24). Uma das mudanças, por exemplo, permite que o cidadão maior de 18 anos peça empréstimo mesmo sem apresentar prova de que votou, pagou a multa ou justificou a ausência nas últimas eleições. As instituições financeiras também estão autorizadas, temporariamente, a realizar operações de crédito, com lastro em recursos públicos, a empresas que estejam em débito com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

19 Ago 2020 - 08:00h

O Agosto Lilás é um mês de conscientização e combate à violência contra a mulher. Em Brumado, o Creas Chico Xavier deu início à campanha no ano passado, com diversas palestras nas escolas e entrevistas na mídia. Neste ano, devido à pandemia, o trabalho de conscientização tem sido feito apenas virtualmente. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Janine Caldeira, coordenadora do centro, disse que ainda é grande o número de subnotificações nesse sentido, especialmente em virtude de questões culturais. O objetivo da campanha, segundo ela, é mostrar para as vítimas que o Creas oferece toda rede de apoio, jurídico e social, para fazer o acompanhamento no processo de denúncia. Para isso, basta ligar para: (77) 3441-4272 ou (77) 99958-5535. “Temos uma equipe para lhe atender. Você pode nos ligar que a gente faz o atendimento. Estamos à disposição. Vamos lhe ouvir e orientar da melhor forma possível”.

19 Ago 2020 - 07:00h

Durante a pandemia, o número de casos de violência contra a mulher aumentou bastante em Brumado. Segundo Janine Caldeira, coordenadora do Creas Chico Xavier, neste ano, até o dia 18 de agosto, foram atendidos 21 casos de violência doméstica. “É um número expressivo que se deve mais por conta da pandemia. Com o isolamento social, as mulheres não saem mais muito de casa. Muitas estão em home office ou não estão trabalhando porque perderam o emprego. Então, existe uma convivência maior dentro de casa”, salientou. Segundo Caldeira, para atender essas mulheres, o Creas possui todo um aparato e rede de apoio, a exemplo de advogados, psicólogos e assistentes sociais, a fim de amparar as vítimas e fazer o seu acompanhamento no processo de registro da ocorrência.  

19 Ago 2020 - 00:00h

Após dias de diminuição no número de casos ativos do novo coronavírus em Brumado houve uma nova elevação nesses dados. De acordo com o último boletim epidemiológico, o número de pessoas infectadas no momento é de 67. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o secretário municipal de saúde, Cláudio Feres, explicou que o Laboratório Central, em Salvador, liberou mais de 50 resultados de exames de uma só vez e os números voltaram a subir. Apesar disso, ele frisou que a situação está controlada no município. “Estamos dentro do controle e trabalhando da melhor forma possível para prestar o melhor atendimento à população”, pontuou.