Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Brasil"

03 Set 2020 - 16:30h

A Bahia teve 512 pessoas mortas por policiais da ativa, no 1º semestre de 2020, segundo dados do Monitor da Violência, divulgados nesta quinta-feira (3). O número coloca a Bahia na terceira posição entre os estados com mais casos de pessoas mortas pela polícia. O Rio de Janeiro lidera a lista (775 casos), seguido de São Paulo (514). O Monitor da Violência é um levantamento feito pelo G1 com base nos dados oficiais de 25 estados e do Distrito Federal. Apenas Goiás se recusou a passar os dados. Para conseguir as informações, foram solicitados os casos de “confrontos com civis ou lesões não naturais com intencionalidade” envolvendo policiais na ativa. Os pedidos foram feitos para as secretarias da Segurança Pública dos estados por meio da Lei de Acesso à Informação e das assessorias de imprensa. Apesar de em números brutos a Bahia ocupar o terceiro lugar na lista, o estado fica na quarta colocação com relação ao índice de mortes causadas pela polícia a cada 100 mil habitantes, com taxa de 3,4. à frente da Bahia estão Amapá (8,1), Sergipe (4,6) e Rio de Janeiro (4,5).

02 Set 2020 - 15:30h

Uma menina de 11 anos ficou grávida após ser estuprada em Amambai, no Sul de Mato Grosso do Sul. O suspeito do crime é padrasto da criança, que confessou o ato à polícia ao ser preso. Ele foi indiciado por estupro de vulnerável. De acordo com informações da Polícia Civil, a família mora em uma das aldeias indígenas da cidade. A gravidez de 25 semanas foi descoberta durante uma consulta médica da criança. Ela contou aos profissionais de saúde que era abusada pelo padrasto há mais de um ano, sempre que a mãe saía de casa e a deixava sob os cuidados dele. Segundo o G1, o Conselho Tutelar e a polícia foram chamados. A mãe da menina foi ouvida e disse que ficou sabendo da gravidez somente após o exame médico. Ela afirmou não saber do paradeiro do marido havia alguns dias. O caso começou a ser investigado, a polícia pediu a prisão do rapaz e o mandado foi expedido pela Justiça. Na última terça-feira (1º) ele foi localizado e preso. “Ele não quis falar muito. Apenas confessou”, diz o delegado responsável pelo caso, Caio Macedo. Segundo a investigação, a mãe da menina não tinha conhecimento dos abusos. “Não tivemos indícios de que a mãe sabia do fato. Só descobriu quando levou a filha para atendimento médico. Também não descobrimos indícios de que ele tenha cometido crime contra outras crianças”, explica o delegado.

02 Set 2020 - 10:30h

O número de assaltos a bancos e de ataques a caixas eletrônicos caiu no 1º semestre, segundo balanço divulgado nesta terça-feira (1) pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Nos 6 primeiros meses do ano, ocorreram 36 assaltos e tentativas de assaltos a agências bancárias em todo o país, número 37% menor do que o registrado no mesmo período do ano passado (57). Já o número de ataques a caixas eletrônicos também caiu de 353 no 1º semestre de 2019 para 253 em 2020, um recuo de 28%. Em todo o ano de 2019, aconteceram 119 ataques a agências e 567 a caixas eletrônicos. Em 2018, foram, respectivamente, 171 ataques a bancos e 1.025 a caixas eletrônicos. O levantamento feito pela Febraban engloba 17 instituições financeiras, que respondem por mais de 90% do mercado bancário. Apesar da queda do número de assaltos e ataques coincidir com o período de pandemia de coronavírus, a Febraban atribuiu o resultado à “investimentos maciços feitos pelo setor em tecnologia e capacitação de pessoal”, além da “contínua interlocução e colaboração com as autoridades policiais de todo o Brasil, com o envio de informações necessárias à prevenção e repressão dos crimes relacionados ao sistema financeiro”.

01 Set 2020 - 09:30h

O Banco Central informou que lançará, às 13h30 da próxima quarta-feira (2), a nova nota de R$ 200. A cédula, com a imagem do lobo-guará, começa a circular no mesmo dia. A imagem da foto, no entanto, permanece sob sigilo. O desenho, a cor e as informações de segurança só serão revelados na quarta-feira, quando a cédula entrará em circulação. Essa será a sétima cédula da família de notas do Real. O Banco Central encomendou à Casa da Moeda a produção, até dezembro, de 450 milhões de cédulas do novo valor. Essa será a primeira cédula de um novo valor da família do real em 18 anos. A última cédula, a de R$ 20, tinha sido lançada em 2002. Um ano antes, em 2001, surgiu a nota de R$ 2. No meio tempo, houve a aposentadoria da nota de R$ 1, em 2005. Em comum, os lançamentos de cédulas têm um mesmo objetivo: diminuir as transações feitas com dinheiro vivo, economizando com impressão de papel moeda. De acordo com o G1, outro motivo apontado é a necessidade de fazer frente ao pagamento do auxílio emergencial – estimado em mais de R$ 160 bilhões considerando as cinco parcelas aprovadas. Boa parte dos beneficiários, sobretudo os de menor renda, preferiu sacar o benefício em espécie. Apenas segundo números da Caixa Econômica Federal, mais de 20 milhões de saques foram feitos até essa quarta-feira.

31 Ago 2020 - 15:30h

Cerca de R$ 2 milhões e US$ 730 mil foram apreendidos em Santos, no litoral de São Paulo, durante uma megaoperação coordenada pela Polícia Federal (PF) na manhã desta segunda-feira (31). A operação é contra facção criminosa ligada ao tráfico de drogas e acontece em 19 estados e no Distrito Federal. Além da apreensão, uma pessoa foi presa na cidade. De acordo com o G1, a Justiça de MG bloqueou cerca de R$ 252 milhões em contas ligadas ao Primeiro Comando da Capital (PCC). São cumpridos mais de 600 mandados de prisão e de busca e apreensão. Ao todo, 422 são de prisão, sendo parte deles (173) contra pessoas que já estão detidas. As ordens são cumpridas em 19 estados e no Distrito Federal. Segundo a PF, esta é a maior operação da corporação em número de estados, mandados e valores apreendidos. Dois mandados de prisão são cumpridos em Santos, na manhã desta segunda-feira (31). Em uma casa localizada na Rua Coronel Galhardo, no Morro da Nova Cintra, os policiais federais apreenderam R$ 2 milhões e US$ 730 mil. Uma pessoa foi presa no local. Imagens feitas pela PF mostram os policiais em ação, logo cedo, pelas ruas de Santos. Depois, eles mostram todo o dinheiro que foi encontrado dentro da casa do suspeito.

30 Ago 2020 - 05:10h

O governo deve prorrogar o auxílio emergencial até dezembro deste ano, com quatro parcelas de R$ 300, valor defendido pelo presidente Jair Bolsonaro, segundo apurou o ‘Estadão’ com fontes das alas política e econômica do governo. O anúncio do Renda Brasil, programa social que substituirá o Bolsa Família e será a marca social do governo Bolsonaro, ficará para um segundo momento para que o ministro da Economia, Paulo Guedes, tenha mais tempo para encontrar espaço para acomodar o novo gasto dentro do teto, que limita o avanço das despesas à inflação. O presidente quer um plano que não inclua a revisão ou a extinção de outros benefícios, como o abono salarial, uma espécie de 14º salário pago a trabalhadores com carteira com salário até R$ 2.090 e que custa cerca de R$ 20 bilhões ao ano.

28 Ago 2020 - 16:00h

A pedido da Procuradoria-Geral da República, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou o afastamento do governador Wilson Witzel (PSC) do governo do Rio de Janeiro por conta de supostas irregularidades na saúde. Com a ordem expedida nesta sexta-feira (28), o vice, Cláudio Castro, deve assumir o posto. Segundo informações do G1, por volta das 6h20, carros da Polícia Federal (PF) chegaram ao Palácio Laranjeiras, residência oficial do governador, para notificá-lo. No âmbito da operação batizada como "Tris in Idem", o STJ expediu também mandados de prisão contra Pastor Everaldo, presidente do PSC; Lucas Tristão, ex-secretário de Desenvolvimento Econômico do estado; e Sebastião Gothardo Netto, médico e ex-prefeito de Volta Redonda. Os alvos dos mandados de busca e apreensão foram a primeira-dama, Helena Witzel; o presidente da Assembleia Legislativa do Rio, André Ceciliano (PT); e o Palácio Guanabara, sede do governo. Expedidos pelo ministro Benedito Gonçalves, os mandados são decorrentes de duas operações: Favorito e Placebo. A primeira foi a Favorito, deflagrada no dia 14 de maio. Desdobramento da Lava Jato, a operação prendeu o ex-deputado estadual Paulo Melo, o empresário Mário Peixoto e outras três pessoas. Conforme publicado pelo G1 na época, os dois foram presos por suspeita de que o grupo do empresário estava envolvido em irregularidades ligadas à construção de hospitais de campanha no Rio de Janeiro.

28 Ago 2020 - 10:30h

A população brasileira foi estimada em 211.755.692 habitantes em 5.570 municípios, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A estimativa com o total de habitantes dos estados e dos municípios se refere a 1° de julho de 2020 e foi publicada no “Diário Oficial da União” desta quinta-feira (27). O número representa um aumento de 0,77% na comparação com a população estimada do ano passado. Em 2019, o IBGE estimou um total de 210,1 milhões de pessoas.

28 Ago 2020 - 09:30h

A Associação de Coletores de Recicláveis de Araçatuba (Acrepom) encontrou mais de R$ 35 mil em dinheiro em um cofre descartado pela Polícia Civil. O caso aconteceu nesta quinta-feira (27). De acordo com a associação, catadores desmontaram o cofre para ser vendido como sucata após o objeto ter sido deixado pela polícia no local, quando encontraram a quantia em um fundo falso. A Acrepom chamou a polícia para devolver o montante. A Polícia Civil não soube informar de qual ocorrência esse cofre pertence. O objeto e o dinheiro foram levados para a delegacia, que vai investigar o caso. O cofre vai passar por perícia para analisar também se esse fundo falso era fácil de ser identificado ou não — o intuito é saber se houve negligência da polícia ao entregar o objeto para a associação. O dinheiro ficará em juízo.

27 Ago 2020 - 14:30h

Arnaldo Saccomani, produtor musical conhecido por ter sido jurado de programas como Ídolos e Qual É o Seu Talento, morreu na madrugada desta quinta-feira (27) aos 71 anos de idade, apenas três dias depois de seu aniversário. A informação foi confirmada para Quem pela filha de Arnaldo, Thais Saccomani. Segundo o jornalista Felipeh Campos, Arnaldo estava em tratamento renal ha? dois meses, passando por hemodia?lise. De acordo com amigos, ele morreu em sua casa em Indaiatuba, no interior de São Paulo. Julia Saccomani, outra filha do produtor, falou com o jornalista e afirmou que o pai teve “uma passagem tranquila com todos os familiares em casa”.

27 Ago 2020 - 11:30h

Com expectativa de atender mais de um milhão e meio de famílias com baixa renda, o Governo Federal lançou, na terça-feira (25), um novo programa habitacional chamado de Casa Verde e Amarela. A partir de medidas que pretendem dar mais eficiência à aplicação dos recursos públicos, a proposta é facilitar o financiamento habitacional até 2024 com acesso dessas famílias à moradias populares com melhor estrutura física. De acordo com o Brasil 61, o novo programa pretende substituir o Minha Casa, Minha Vida, tendo como foco inicial a regularização fundiária, melhoria habitacional e a redução da taxa de juros que, segundo governo, será a menor da história para oferecer crédito a aproximadamente um milhão de famílias e impulsionar o ingresso ao sistema de financiamento habitacional. De acordo com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, o objetivo é trazer resultados mais eficientes no atendimento às necessidades habitacionais brasileiras e oferecer moradia digna às famílias mais vulneráveis. Segundo Marinho, isso também quer dizer dar melhores condições para que os municípios possam fazer a regularização fundiária e de moradias consideradas inadequadas por carência de infraestrutura em todo o País. “Pela primeira vez em 20 anos, o governo federal oferece um programa de apoio aos municípios brasileiros no enfrentamento de um problema que é absolutamente crônico. Estimo que tenhamos 40% das cidades com irregularidades no Brasil. Estamos falando de 70 milhões de moradias. E há 24 ou 25 milhões de habitações identificadas com alguma inadequação estrutural, documental, é um número extraordinário. E acrescido também ao fato de que há um superlativo de residências que estão inseridas em áreas não edificantes”, afirmou o ministro.

24 Ago 2020 - 16:30h

O menino Matheus Macedo Campos, de apenas 11 anos, morreu na tarde de domingo (23), após descarga elétrica recebida enquanto usava um telefone celular que estava carregando em sua casa, em Santarém, oeste do Pará. Ele foi socorrido e levado ao Hospital Municipal Dr. Alberto Tolentino Sotelo, mas não resistiu a uma parada cardiorrespiratória. O acidente aconteceu por volta das 14h, no bairro Mararu, na residência da família de Matheus Macedo Campos, quando o garoto brincava com o aparelho em companhia de quatro primos. No domingo, Santarém registrou cerca de 12 horas de chuva e, durante a madrugada, houve registro de raios. “Eles estavam brincando com os celulares. Foi tudo muito rápido. Deu um curto-circuito, acho que estavam usando um benjamim (adaptador) para carregar os aparelhos na mesma tomada, mas foi só ele que recebeu a descarga”, contou a avó de Matheus, Maria Raimunda Campos Brito, ao G1. Edimara Caroline Rodrigues, prima de Matheus, contou que o garoto brincava com os primos na varanda da casa. Ele estava deitado no chão, em cima de uma toalha quando recebeu a descarga elétrica. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, e os familiares do menino o levaram ao hospital em veículo particular. A caminho do hospital, no cruzamento da avenida Curuá-Una, eles encontraram a ambulância, para onde transferiram o garoto. Neste momento, ele já havia sofrido uma parada cardiorrespiratória. Recebeu manobras de reanimação, e seu coração voltou a bater. Na chegada ao hospital, a criança teve mais uma parada e, mesmo após novas tentativas de reanimação, não reagiu mais.

24 Ago 2020 - 10:30h

A derrubada da Mata Atlântica nos seis primeiros meses de 2020 já é maior do que em todo o ano passado. O barulho da destruição antecede o flagrante. O corte ilegal de árvores foi numa área de preservação em Santa Helena, interior do Paraná. A polícia prendeu duas pessoas. O desmatamento da Mata Atlântica, no primeiro semestre de 2020, já é maior que em 2019. São mais de 12 mil hectares, o equivalente a três Parques da Tijuca, no Rio. O Paraná é o estado que mais desmatou Mata Atlântica no Sul e o terceiro do país, atrás da Bahia e de Minas Gerais. A equipe do Jornal Nacional acompanhou a polícia ambiental durante uma fiscalização na região metropolitana de Curitiba. A mata deveria chegar até a 30 metros do Rio, numa área de preservação ambiental. Mas, cada vez que a área é limpa para o plantio, as árvores são arrancadas para ter espaço para plantação. O proprietário da área vai ser multado em R$ 5 mil. Em seis meses, o Paraná aplicou quase R$ 16 milhões em multas por causa do desmatamento. Para chegar até os locais, a polícia se baseia em imagens de satélite analisadas pelo MapBiomas, uma organização que reúne ONGs, universidades e empresas de tecnologia. Até mesmo áreas pequenas de desmatamento são flagradas pelas imagens em alta resolução. No país, só restam 12% da floresta de Mata Atlântica original preservada. Segundo a polícia ambiental, o corte ilegal é, principalmente, para a agricultura e para construções imobiliárias em áreas próximas às cidades.

21 Ago 2020 - 11:30h

Uma bebê de 6 meses, internada no Hospital Municipal Getúlio Vargas Filho, o Getulinho, em Niterói, sofreu queimaduras nas pernas e na barriga — segundo os médicos, durante um banho. De acordo com o G1, a pequena Juliana Duarte Anastácio tem meningite e microcefalia e precisa de internações frequentes. Na última terça (18), a mãe, Luara dos Santos, encontrou a filha toda enfaixada, depois de ir em casa para tomar banho e trocar de roupa. Quando Luara perguntou o que tinha acontecido, ouviu dos médicos que a bebê “tinha se queimado durante um banho”. Segundo a família, os funcionários disseram que a água estava morna, mas que algumas bolhas começaram a aparecer logo que Juliana foi colocada na bacia e que eles a retiraram no mesmo instante. Um cirurgião plástico foi chamado para olhar as feridas. A família tentou registrar um boletim de ocorrência nesta quarta-feira (19) na 78ª DP (Fonseca), mas os policiais disseram que era necessário um prontuário ou algum outro documento do hospital com as informações sobre a internação da bebê. Segundo Luara, desde as 6h de quarta a família tenta o prontuário com o hospital, mas a unidade informou que o documento só poderia ser entregue a eles em um prazo de 30 dias. Segundo Dona Adilene, avó da bebê, médicos falaram para a família não “criar caso” porque “tudo seria resolvido”.

21 Ago 2020 - 08:30h

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (20) mostra que 46% dos brasileiros constataram uma redução na renda familiar provocada pela pandemia do coronavírus. Para 45% dos entrevistados pelo instituto, a renda familiar ficou igual, e 9% relatam um aumento. A pesquisa foi publicada pelo jornal Folha de S.Paulo. O instituto ouviu 2.065 pessoas por telefone em 11 e 12 de agosto. A margem de erro é de dois pontos percentuais. Por tipo de ocupação, a perda de renda foi mais relatada por assalariados sem registro (61%), empresários (56%) e autônomos (54%). A queda é maior entre aqueles com renda familiar de até dois salários mínimos (48%). Entre os que ganham de dois a cinco salário mínimo, 46% relatam perda da renda. Essa redução é menos relatada para aqueles com renda de cinco a dez salário mínimos (36%) e entre o grupo que ganha mais de dez salários (34%). O instituto também apurou que 60% dos entrevistados que receberam pelo menos uma parcela do Auxílio Emergencial dizem ter perdido renda. Já 27% afirmaram que a renda ficou igual, enquanto 13% apontaram que houve um aumento.

20 Ago 2020 - 14:30h

O ex-presidente Lula afirmou nesta quinta-feira que é “plenamente possível que o PT não tenha candidato à Presidência” em 2022. Ele fez o comentário ao ser indagado sobre a situação da Argentina, na qual a ex-presidente Cristina Kirchner aceitou ser vice na chapa de Alberto Fernández e venceu as eleições. A entrevista foi concedida ao canal da TV Democracia na internet. “É plenamente possível que o PT não tenha candidato à Presidência. O PT pode ter candidato a vice. O PT pode ser candidato a outra coisa. Isso é plenamente possível - afirmou. Lula, contudo, afirmou que o PT é “o maior partido de esquerda da América Latina”. “É preciso ter um candidato que tenha habilidade de tratar os partidos com o respeito que os partidos merecem. Não adianta querer brigar com o PT. Não podem querer que o PT abra mão dessa grandeza que o povo lhe deu (nas urnas) a troco de nada. Ou apresenta um candidato maior do que o PT ou não tem chance. As pessoas falam: “Olha eu tenho uma pesquisa no segundo turno que mostra que tem mais voto que o Lula”. Ok, mas para passar para o segundo turno tem que passar pelo primeiro - disse Lula.

20 Ago 2020 - 10:30h

Os deputados decidiram nesta quarta-feira (19), em sessão conjunta do Congresso Nacional, derrubar o veto do presidente Jair Bolsonaro a um trecho do projeto que obriga o uso de máscara em escolas, comércio, instituições de ensino, igrejas e templos. De acordo com o G1, por se tratar de sessão do Congresso, ainda falta a votação por parte dos senadores, prevista para a tarde desta quarta. A sessão é feita de forma remota. Se os senadores confirmarem a derrubada, o uso das máscaras em comércios e escolas passará a ser obrigatório. O projeto que previa o uso obrigatório foi aprovado em junho pelo Legislativo. Ao sancionar a lei, em julho, Bolsonaro justificou que o ponto sobre escolas, comércios e igrejas incluía “demais locais fechados em que haja reunião de pessoas”, o que, no entendimento do governo, poderia ser considerado violação de domicílio. As autoridades internacionais de saúde e os especialistas da área recomendam o uso de máscara como forma de prevenir a disseminação do novo coronavírus. Houve um acordo prévio entre os partidos, e o veto do presidente foi derrubado por 454 votos a 14 contrários (houve uma abstenção).

19 Ago 2020 - 08:30h

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (18) a medida provisória (MP) que obriga os bancos a reduzirem o número de exigências e documentos para conceder ou renovar empréstimos. A medida derruba barreiras nos âmbitos trabalhista, fiscal, eleitoral e tributário enquanto durar o decreto de calamidade pública. A proposta tem como objetivo facilitar o acesso ao crédito e, com isso, minimizar os impactos econômicos causados pela pandemia da Covid-19. O texto segue, agora, para o Senado. Por se tratar de uma medida provisória, a proposta começou a valer no dia 27 de abril, quando foi editada pelo presidente Jair Bolsonaro. Para se tornar lei em definitivo, porém, precisa ser aprovada pelo Congresso até a próxima segunda (24). Uma das mudanças, por exemplo, permite que o cidadão maior de 18 anos peça empréstimo mesmo sem apresentar prova de que votou, pagou a multa ou justificou a ausência nas últimas eleições. As instituições financeiras também estão autorizadas, temporariamente, a realizar operações de crédito, com lastro em recursos públicos, a empresas que estejam em débito com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

18 Ago 2020 - 14:30h

Quem tem uma alimentação saudável, com certeza tem produto da agricultura familiar na mesa. É que ela é responsável por dois terços da produção de frutas, verduras e legumes da horticultura no Brasil. De acordo com o G1, somente nos cultivos de morango e pepino, por exemplo, os agricultores familiares participam em 80%. E na produção de alface, batata-doce, pimentão e couve, em mais de 60%. Nas lavouras de ciclo longo, lideram o cultivo da uva e do maracujá e, nas temporárias, os destaques ficam com a mandioca e o abacaxi. Atualmente, os agricultores familiares representam 67% dos 15 milhões de produtores rurais do país e ocupam 77% das fazendas brasileiras. Apesar disso, participam em apenas um quarto de toda a produção agropecuária nacional, segundo o último Censo Agropecuário do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Seus ramos e identidades são diversos: além da pecuária e da agricultura, atuam como extrativistas e pescadores, e muitos são assentados da reforma agrária ou vivem em comunidades indígenas e quilombolas. A terra onde plantam é, ao mesmo tempo, a sua moradia e a principal fonte de renda e de alimentação.

18 Ago 2020 - 11:30h

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu quase R$ 1 milhão em espécie escondidos no fundo falso de um Audi A8 no domingo (16) na Dutra em Pindamonhangaba. O motorista, que não soube explicar a origem do dinheiro, foi detido. A abordagem aconteceu na altura do km-103 da Dutra, no sentido São Paulo. Segundo a PRF, o motorista chamou a atenção dos policiais por dirigir de forma imprudente, com ultrapassagens em alta velocidade pelo acostamento. De acordo com o G1, foi feita abordagem ao veículo, um Audi A8, e o motorista de 47 anos apresentou informações confusas aos policiais, que decidiram fazer uma revista no veículo. No banco de trás, eles encontraram um fundo falso, onde estavam vários pacotes com notas de dinheiro. Ao todo, foram contabilizados R$ 998.580. Aos policiais, ele afirmou que foi contratado para realizar o transporte da quantia da rodoviária do Rio de Janeiro para um shopping em São Paulo. Pelo transporte, receberia a quantia de R$ 2.000,00. Nas buscas no carro, os policiais também encontraram uma munição intacta de fuzil, calibre 7,62 mm. O homem foi preso em flagrante por porte ilegal de munição de uso restrito, e o dinheiro foi apreendido, já que o condutor não apresentou provas da sua procedência lícita. O caso foi encaminhado à Polícia Federal.