Chapecoense vai praticamente começar do zero, diz vice-presidente

01 Dez 2016 - 15:00h

O vice-presidente da Chapecoense, Ivan Tozzo, afirmou na tarde desta quarta-feira (30) que o time vai precisar praticamente “começar do zero” após a tragédia com um avião que matou quase todo o time na madrugada de terça-feira (29), em Medellín, na Colômbia. Em entrevista coletiva, o dirigente agradeceu a solidariedade de times que se comprometeram a emprestar, gratuitamente, jogadores ao clube e disse que toda a ajuda será necessária para reerguer a agremiação. “Vamos precisar de muito apoio dos clubes, da Rede Globo, da CBF para manter nosso time. Perdemos praticamente todos os nossos jogadores. A partir da semana que vem, vamos pensar, mas não temos 11 jogadores para colocar em campo. Precisamos muito da ajuda de todos os clubes”, relatou Tozzo.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias