Urandi: Protesto do prefeito cobrando ajuda do Governo do Estado surtiu efeito, diz coordenador de saúde

20 Jul 2020 - 10:00h

Quando o número de casos de coronavírus aumentou significativamente no município de Urandi, o prefeito Dorival Barbosa do Carmo (PP), o doutor Dorival, fez uma série de protestos reivindicando a intervenção do Governo do Estado a fim de auxiliar a prefeitura no controle da doença (veja aqui). Somente após essas manifestações, o Governo interveio enviando insumos e auxiliando a gestão municipal no desenvolvimento de ações para conter o avanço da doença na cidade. Para o coordenador da Vigilância Sanitária, Ricardo Dias, o Município não tinha como lidar sozinho com a questão da pandemia, que é algo novo e que precisa de recursos, humanos e materiais, de maior porte. “O Estado, que tem um aparato técnico maior, tinha que estar presente. Após essa reclamação do prefeito sair na mídia, as coisas começaram a mudar. O Estado tem cumprido com o seu papel, tem enviado bastante insumo. A única coisa que ainda não é suficiente é a questão dos testes rápidos. Ainda não chegaram na proporção que a gente precisa”, opinou.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias