Brumado: Já que supermercado é essencial, por que não somos grupo prioritário para vacina?, questionam atendentes

03 Mar 2021 - 00:00h

Os supermercados são considerados serviços essenciais e, por isso, continuam funcionando mesmo durante o período do lockdown. Em contato frequente com muitas pessoas no dia a dia, os atendentes de mercado questionam quando serão vacinados. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, a atendente Luana Silva argumentou por que os atendentes de mercado e farmácia não são incluídos nos grupos prioritários de imunização. “Se estamos aqui atendendo as pessoas e correndo risco, acho que deveríamos ser vacinados. A gente mexe com todo tipo de público. Acho essencial a gente vacinar”, colocou.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias