Brumado: Sensibilizada com o avanço do coronavírus, CDL implora por fiscalização no comércio

04 Mar 2021 - 14:00h

Nesta quarta-feira (03), após a suspensão do lockdown, o comércio de Brumado voltou a funcionar normalmente. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o diretor de relações institucionais da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Brumado, Orlando Gomes, disse que, apesar do momento crítico, os comerciantes precisam estabilizar a economia para ter o pão de cada dia. “Vamos cumprir rigorosamente, como já vínhamos cumprindo, os protocolos de biossegurança nas lojas e também o toque de recolher para que se diminua a circulação de pessoas nas ruas e as aglomerações. A pessoa deve ir ao comércio somente para o necessário. Mais uma vez, pedimos a colaboração de cada um porque essa luta é de todos, não só de um segmento”, salientou. Como mais uma medida de segurança, Gomes informou que os vendedores são distribuídos através de marcações nos pisos das lojas para obedecer o distanciamento dentro dos próprios estabelecimentos. O diretor pediu ainda por maior fiscalização no centro comercial, especialmente em filas de bancos e lotéricas. “A fiscalização cabe a quem? Os bancos já foram acionados para fazer essa regulamentação nas filas. Fica o questionamento: de quem é a responsabilidade?”, pontuou.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias