Brumado: Diretor clínico do hospital não administra 'Kit Covid'; 'minha posição é a ciência', diz

05 Abr 2021 - 12:00h

O diretor clínico do Hospital Municipal Professor Magalhães Neto, Coulibaly Abdoulaye, se posicionou contra o tratamento precoce contra a Covid-19. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, ele disse que muitas pessoas estão fazendo uso indiscriminado do chamado “Kit Covid” sem nem mesmo ter sido diagnosticado com a doença. “Para a ciência não tem comprovação nenhuma. Azitromicina não trata vírus, ela é um antibiótico. Ivermectina não trata vírus, trata parasitose. A Cloroquina tem as suas complicações. Então, a gente tem que diferenciar a Ciência da crença, do que as pessoas acreditam”, argumentou. O diretor explicou que não há um protocolo de saúde definido para o tratamento da Covid-19 e, por isso, a polêmica ainda se manterá por um período. “Minha posição é a ciência. Eu sigo a ciência. Se os estudos científicos provarem isso, aí eu vou me alinhar”, asseverou. O posicionamento de Coulibaly é contrário ao do coordenador clínico do Centro Covid, em Brumado, médico Danilo Menezes, que defende o tratamento precoce (veja aqui) e prescreve os medicamentos para seus pacientes (veja aqui).

Comentários

Cleomenes Nunes Barreto

"Parabéns, Doutor! A sua postura coerente e corajosa é uma grandiosa demonstração de responsabilidade profissional... O senhor mostra aos "15" que fez juramento de Hipócrates, e não de hipócritas."

Carla Dias

"Um médico sensato, tinha que ser exonerado por um prefeito negacionista."



Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias