Ipirá: Polícia Civil resgata idosa de 90 anos mantida em cárcere privado e vítima de maus tratos

07 Mai 2021 - 14:30h

Uma ação policial realizada na tarde de quinta-feira (6), em Ipirá, no interior baiano, resgatou uma idosa de 90 anos que era mantida em cárcere privado e sofria maus tratos, praticados pelo sobrinho. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), policiais da delegacia territorial da cidade foram acionados por uma assistente social do município, para fazer o resgate da idosa, em uma casa do povoado conhecido como Pau Ferro. Ainda de acordo com a SSP-BA, o sobrinho da vítima, de 51 anos, tem passagem pela polícia por violência doméstica, e fugiu do local por um matagal. Segundo investigações, ele mantinha a idosa presa para sacar os benefícios da aposentadoria dela. Com a chegada da polícia ao imóvel, a idosa contou que não estava recebendo alimentos e água. “Ao entrar na residência, nós a encontramos sobre uma cama, desorientada. Ela informou a equipe que há alguns dias não se alimentava nem bebia água”, relatou o coordenador da 12ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Itaberaba), delegado Geraldo Adolfo Barreto Nascimento. A SSP-BA ainda destacou que o sobrinho da idosa, que está sendo procurado, vai responder pelo crime de cárcere privado com emprego de maus tratos. O delegado Geraldo Nascimento contou que no imóvel só havia uma cama. Não foram encontrados móveis, roupas, remédios ou alimentos. “A estrutura do imóvel era insalubre. Apoiamos a equipe de Bombeiros Civil e da assistência social, ajudamos a colocar a senhora em uma maca e, posteriormente, ela foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ipirá”, disse.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias