Policial militar da Bahia é morto por engano durante ação da Polícia Civil em Pernambuco

14 Set 2021 - 15:30h

Um soldado da Polícia Militar de Juazeiro, no norte da Bahia, foi morto por engano, durante uma operação da Polícia Civil de Petrolina, cidade pernambucana vizinha a Juazeiro. O caso aconteceu no início da noite de segunda-feira (13). A vítima é o Joanilson da Silva Amorim, que tinha 32 anos. De acordo com o G1, ele estava de folga em casa, que fica no bairro Jardim São Paulo, em Petrolina, quando vizinhos o chamaram a para ajudar a prender suspeitos de assalto. Ao sair de casa, policiais civis de Pernambuco teriam confundido Joanilson com um dos criminosos. Ele foi baleado na cabeça, no braço e na perna. O militar chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o Hospital Universitário de Petrolina, mas não resistiu. A morte do soldado foi confirmada por volta das 20h. Através de nota, a Polícia Civil de Pernambuco informou que realizava uma operação de repressão ao narcotráfico na cidade de Petrolina, quando um homem de camisa em cor semelhante à de um dos suspeitos perseguidos apareceu armado, sendo confundido e alvejado, “em situação característica de legítima defesa putativa, quando há a percepção de risco iminente”. Ainda segundo a Polícia Civil de Pernambuco, um inquérito foi instaurado para investigar não apenas os suspeitos presos, mas as circunstâncias da operação que levaram à morte do PM baiano. “Um delegado foi especialmente designado para apurar os fatos com rigor e isenção. Além disso, a Corregedoria Geral da SDS também foi acionada e abriu investigação preliminar para investigar a atuação policial no âmbito disciplinar”. Joanilson era casado e deixa um filho de dois anos. Ainda não há detalhes sobre o sepultamento do soldado.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias