Operação de combate à violência contra a mulher termina com mais de 300 pessoas presas na Bahia

20 Set 2021 - 19:15h

A Operação Maria da Penha, da Polícia Civil da Bahia, terminou nesta segunda-feira (20), com 348 pessoas presas pelos crimes de feminicídio, lesão corporal, ameaça, estupro e descumprimento de medida protetiva de urgência. Segundo informações da polícia Civil, a ação durou cerca de um mês e também contou com um adolescente apreendido e 51 mandados de prisão e 28 de busca e apreensão cumpridos. A ação foi coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). Na Bahia, a ação contou com equipes dos Departamentos de Polícia Metropolitana (Depom), de Polícia do Interior (Depin), de Inteligência Policial (DIP), da Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter) e da Assessoria Executiva de Operações de Polícia Judiciária (AEXPJ).

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário