Caculé: Secretaria de Saúde aguarda remessa de antigripais para suprir falta de medicamentos

14 Jan 2022 - 11:00h

Embora a Secretaria de Saúde de Caculé, a 100 km de Brumado, não tenha registrado, oficialmente, casos de H3N2 na cidade, muitas pessoas buscam atendimento na rede pública com sintomas gripais. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, a secretária Ediene Coutinho informou que o Município tem intensificado as coletas de casos suspeitos para rastrear os vírus que circulam em Caculé. Com o surto de gripe, a secretária disse que as farmácias locais também registram a falta de remédios antigripais. “O sistema farmacêutico não estava preparado para esse surto de gripe. É uma dificuldade hoje encontrar esses insumos, medicamentos antigripais. Aqui no município não está diferente dos outros não”, pontuou. Segundo Coutinho, o Município aguarda a remessa de antigripais para suprir a falta de medicamentos na Farmácia Básica. “Precisamos ativar a nossa resposta imunológica através de uma alimentação saudável, atividades físicas, hidratação e evitar aglomerações”, concluiu.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias