Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Saúde"

08 Jan 2019 - 11:30h

Médicos anestesistas que atendem pelo plano de saúde dos servidores públicos da Bahia, o Planserv, suspenderam as atividades na Bahia, nesta segunda-feira (7). A medida foi tomada porque, segundo o Conselho Regional de Medicina da Bahia (Cremeb), os valores pagos pelo plano, aos médicos, não são reajustados há 10 anos. Com isso, pacientes que utilizam o plano receberam avisos de hospitais com o cancelamento de cirurgias. A justificativa da Cooperativa dos Médicos Anestesiologistas (Coopanest-BA), para a suspensão do atendimento via Planserv, é chamada de inflexibilidade do plano para a liberação do reajuste dos honorários médicos. A Coopanest informou ainda que esse reajuste, que não é feito há 10 anos, foi solicitado pela classe há três, além de outras pendências contratuais. Segundo o vice-presidente do Cremeb, Júlio Braga, as cirurgias de emergência com anestesistas estão garantidas pelo plano. Ele informou ainda que a suspensão vale apenas para cirurgias eletivas agendadas a partir desta segunda-feira (7). Por meio de nota, o governo do estado, responsável pela administração do Planserv, informou que os serviços de anestesia podem ser prestados diretamente pelos hospitais, pois já estavam previsto desde quando a rede credenciada estabeleceu relação contratual com o plano. A nota diz ainda que o Planserv que está adotando todas as medidas necessárias para que as cirurgias continuem sendo realizadas sem qualquer tipo de prejuízo em toda a rede de prestadores.

07 Jan 2019 - 08:30h

Quer cuidar do seu sorriso e ter dentes saudáveis e bonitos? O Consultório Odontológico Dentes Claros dispõe de equipamentos modernos e materiais de alta qualidade para lhe proporcionar o melhor tratamento especializado. Entre os procedimentos realizados na Dentes Claros, estão: clareamento dental, estética, limpeza, restauração, cirurgia, prótese dentária, raio-x, botox, tratamento de canal, além de aparelhos fixos e removíveis. Atendimento em crianças e adultos. Marque agora mesmo uma avaliação pelos telefones: (77) 3441-0099 ou (77) 99829-6326 e agende o seu atendimento. O consultório fica localizado na Rua Coronel Tibério Meira, 126-A, 1º Andar, em Brumado. Fernanda Cardoso - CRO-BA 12.430 é a dentista responsável.  Consultório odontológico Dentes Claros, seu sorriso faz a diferença!

06 Jan 2019 - 06:30h

Com o objetivo de facilitar a marcação de consultas, a Clínica Mais Vida criou um quadro com as datas de atendimento dos especialistas e procedimentos. A clínica funciona de segunda a sábado. Confira o quadro acima e marque a sua consulta através dos telefones (77) 3441-4545 / (77) 99951-4755 / (77) 99180-9496 / (77) 3441-4500 / (77) 99989-6868. A nossa matriz está localizada na Avenida Otávio Mangabeira, 265, e nossa filial na Rua Coronel Paulino Chaves, 160.

05 Jan 2019 - 05:50h

Caso raro na medicina, as gêmeas Rebeca e Martina nasceram com três dias de diferença. A primeira veio ao mundo no dia 31 de dezembro, a segunda, na tarde de quinta-feira (3). Ambas nasceram de parto normal. Segundo a mãe, Fernanda Cerrzolli de Oliveira, de 36 anos, as duas estavam sendo esperadas para o fim de janeiro. Ela e o marido, o pastor Willian Alfred de Oliveira, já têm uma filha, Gabriela, de oito anos. “A bolsa estourou quatro horas da manhã. Estava meio dormindo ainda, não sabia o que fazer. Pegamos todas as coisas e corremos para o hospital”, conta o pai. Rebeca nasceu de parto normal, com 2,07 kg e 42 centímetros, no Hospital Regional de Francisco Beltrão, no sudoeste do Paraná. Prematura de 33 semanas – o ideal é que os nascimentos ocorram com 40 semanas de gestação –, ela foi levada para a incubadora da UTI neonatal. De acordo com o G1, a mãe foi mantida na sala de parto por mais algumas horas aguardando que a outra filha nascesse. Nestes casos, normalmente os médicos decidem por uma cesariana, mas a pediatra Fernanda Perotta Consentino tomou outra decisão. Cada dia na barriga da mãe era importante para Martina, mas também um risco de infecção.

04 Jan 2019 - 16:30h

O ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, que assumiu o cargo nesta quarta-feira (2), planeja implantar um terceiro turno de atendimento, com horário estendido, em unidades de saúde que atualmente abrem das 7h às 11h e das 13h às 17h. De acordo com Mandetta, a mudança tem como objetivo a reestruturação da atenção à saúde básica no país. Segundo o novo ministro, a proposta para implantação do terceiro turno ainda está sendo analisada. Uma vez que existe a necessidade de observar as peculiaridades de cada região do país para adotar as medidas adequadas. Mandetta disse ainda que não se deve implementar ações iguais para todos os locais. “São diferentes ‘Brasis’ . "Não adianta uma receita de bolo para esse país inteiro”, argumentou. O ministro, que também é médico, disse também que tem um “compromisso muito grande” com a família, a fé e a pátria. Segundo ele, “cada centavo” economizado pela pasta em sua gestão irá para a assistência à população.

04 Jan 2019 - 15:30h

Pelo menos 49% dos brasileiros acreditam que o atendimento público de saúde tem chances de piorar com a saída dos médicos cubanos do programa Mais Médicos, de acordo com uma pesquisa do Instituto Datafolha, que tinha como objetivo medir o impacto da saída dos médicos estrangeiros, anunciada no mês de novembro pelo governo cubano. A pesquisa constatou que 38% dos brasileiros acham que a saúde pode melhorar após a saída dos cubanos, enquanto outros 8% avaliam que a saúde ficará igual. Já 5% não opinaram. O Instituto Datafolha entrevistou 2.077 pessoas, entre os dias 18 e 19 de dezembro, em 130 municípios do Brasil, em amostra representativa do perfil da população. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Cerca de 8.500 médicos cubanos atuavam no programa brasileiro, número  equivalente a metade do total de profissionais em atividade no Mais Médicos.

03 Jan 2019 - 12:30h

Um estudo liderado pela ONG The Nature Conservancy (TNC) em parceria com a Universidade de Virginia e o Centro de Resiliência de Estocolmo analisou a relação entre o contato com a natureza e a qualidade da saúde mental. Em um mundo cada vez mais urbano, a tendência é que a população das cidades aumente: em 2050, além da população atual, mais 2,4 bilhões de pessoas vão viver em áreas urbanas. O estudo, publicado na revista científica Sustainable Earth, destacou que 46% das pessoas que vivem nas grandes cidades, como São Paulo, por exemplo, já sofrem de problemas relacionados à saúde mental. No entanto, apenas 13% da população urbana mundial vive próxima à natureza. Pesquisadores analisaram uma série de estudos sobre economia, saúde e meio ambiente para sugerir que o mesmo potencial de interação humana que torna as cidades atraentes para produtividade, criatividade e inovação, contribui cada vez mais para o fenômeno de “penalidade psicológica urbana”, representado pelo aumento do stress e dos transtornos mentais. Como resposta a tal penalidade, pesquisas anteriores demonstraram que até mesmo rápidas interações com a natureza podem trazer benefícios à saúde, aliviando os sintomas de transtornos mentais, como depressão e ansiedade.

02 Jan 2019 - 18:27h

A proposta da Campanha Janeiro Branco, foi desenvolvida em Uberlândia (MG) por alguns psicólogos, com o objetivo de conscientização, aproveitando a simbologia do início de todo ano para incentivar as pessoas a pensarem a respeito das suas vidas, dos seus relacionamentos e do que andam fazendo para investirem e garantirem Saúde Mental e Saúde Emocional em suas vidas e nas vidas de todos ao seu redor. Quando o ano está prestes a acabar, a grande maioria das pessoas, de maneira consciente ou inconsciente, pensa em como foi o ano que passou. Isto é algo que já está introduzido em nossa cultura, de alguma maneira, quando o réveillon chega, começamos a recordar dos erros e acertos, nos propomos a resgatar os nossos sonhos, traçamos objetivos e metas para o novo ano que se inicia. Ainda nos dias atuais, existe muito preconceito com relação ao fato de buscar ajuda psicológica, precisamos quebrar tabus e a campanha também colabora para essa conscientização. O indivíduo, apesar de sentir a necessidade de um amparo psicológico, acaba, por sua vez, protelando a situação e aumentando a probabilidade de um agravamento dos sintomas.  Para tornar o tema conhecido, nós, profissionais da área de saúde utilizamos a mídia e as instituições sociais, públicas e privadas, por meio de debates, reflexões, mini palestras, palestras relâmpago, rodas de conversa, oficinas, caminhadas, corridas, piqueniques, cineclubes, entrevistas à mídia, murais de poesias, distribuição de balões brancos, panfletos, fitas brancas e várias outras formas de ações e intervenções urbanas que tenham como tema central a Saúde Mental, a Saúde Emocional. Somos psicólogos e profissionais da saúde preocupados com o comprometimento da Saúde Mental da humanidade. A partir dos anos 2000, a Organização Mundial de Saúde (OMS) vem, insistentemente, alertando a humanidade quanto ao crescimento vertiginoso das taxas de suicídio, depressão e ansiedade em todo o mundo. A nossa saúde mental reflete em nosso físico, “o que você não resolve em sua mente, o corpo transforma em doença”. Agende sua consulta. A prevenção é a melhor forma de cuidar da sua saúde! Para maiores informações, ligue: (77) 3441-4545 / (77) 99951-4755 / (77) 99180-9496 / (77) 3441-4500 / (77) 99989-6868.

02 Jan 2019 - 09:30h

Quer cuidar do seu sorriso e ter dentes saudáveis e bonitos? O Consultório Odontológico Dentes Claros dispõe de equipamentos modernos e materiais de alta qualidade para lhe proporcionar o melhor tratamento especializado. Entre os procedimentos realizados na Dentes Claros, estão: clareamento dental, estética, limpeza, restauração, cirurgia, prótese dentária, raio-x, botox, tratamento de canal, além de aparelhos fixos e removíveis. Atendimento em crianças e adultos. Marque agora mesmo uma avaliação pelos telefones: (77) 3441-0099 ou (77) 99829-6326 e agende o seu atendimento. O consultório fica localizado na Rua Coronel Tibério Meira, 126-A, 1º Andar, em Brumado. Fernanda Cardoso - CRO-BA 12.430 é a dentista responsável.  Consultório odontológico Dentes Claros, seu sorriso faz a diferença!

30 Dez 2018 - 11:00h

Com o objetivo de facilitar a marcação de consultas, a Clínica Mais Vida criou um quadro com as datas de atendimento dos especialistas e procedimentos. A clínica funciona de segunda a sábado. Confira o quadro acima e marque a sua consulta através dos telefones (77) 3441-4545 / (77) 99951-4755 / (77) 99180-9496 / (77) 3441-4500 / (77) 99989-6868. A nossa matriz está localizada na Avenida Otávio Mangabeira, 265, e nossa filial na Rua Coronel Paulino Chaves, 160.

28 Dez 2018 - 13:30h

A partir de 1º de janeiro de 2019, será proibida no Brasil a fabricação, importação e comercialização de termômetros e esfigmomanômetros que utilizam coluna de mercúrio para diagnóstico. Parte do compromisso assumido na Convenção de Minamata, a medida do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) também proíbe o uso desses equipamentos em serviços de saúde. De acordo com a diretora do Departamento de Saúde do Trabalhador e Saúde Ambiental do Ministério da Saúde, Daniela Buosi, a convenção assinada pelo Brasil e mais 140 países, em 2013, tem como objetivo eliminar o uso de mercúrio em diferentes produtos, como pilhas, lâmpadas e equipamentos para saúde, entre outros, pois apresentam riscos à saúde humana e ao meio ambiente. A diretora ressaltou que o mercúrio pode causar problemas ao sistema nervoso central e à tireoide, caso a exposição ao material ocorra por longos períodos. Em nota, a pasta pontuou que, para pessoas que já possuem o equipamento, o uso doméstico não será proibido. A população poderá utilizar os termômetros domésticos, com atenção para o devido cuidado no armazenamento e na manipulação para evitar a quebra do vidro.  “Se o termômetro estiver em boas condições, íntegro, não há problema à saúde. O problema ocorre quando o termômetro cai e seu invólucro de vidro quebra e expõe o mercúrio ao ambiente externo e ao usuário”, alertou Buosi. Em breve, segundo o ministério, serão divulgados pontos de recolhimento, onde o usuário poderá fazer o descarte do termômetro, se desejar.

28 Dez 2018 - 12:30h

O Ministério da Saúde prorrogou para os dias 23 e 24 de janeiro de 2019 o prazo para os médicos brasileiros graduados no exterior que já enviaram a documentação para participar do Mais Médicos selecionarem os municípios onde querem trabalhar. Já nos dias 30 e 31 de janeiro, os médicos estrangeiros terão acesso ao sistema para optarem pelas localidades em aberto. Inicialmente, estão disponíveis 842 vagas em 287 municípios e 26 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI). Os postos abertos são referentes a localidades não ocupadas na segunda seleção para os profissionais que possuem registro (CRM) no Brasil. Segundo Ministério da Saúde, 10.205 profissionais brasileiros e estrangeiros com habilitação para exercício da medicina no exterior (sem registro no Brasil) completaram a inscrição no Mais Médicos, programado abandonado por profissionais cubanos, em resposta a declarações do presidente eleito Jair Bolsonaro. As documentações ainda estão em análise. De acordo com o Ministério da Saúde, a publicação da validação dos médicos brasileiros aptos à escolha de municípios está prevista para ser divulgada no dia 22 de janeiro. Posteriormente, no dia 29, sairá o resultado dos médicos estrangeiros.

28 Dez 2018 - 11:30h

Um estudo liderado pela ONG The Nature Conservancy (TNC) em parceria com a Universidade de Virginia e o Centro de Resiliência de Estocolmo analisou a relação entre o contato com a natureza e a qualidade da saúde mental. Em um mundo cada vez mais urbano, a tendência é que a população das cidades aumente: em 2050, além da população atual, mais 2,4 bilhões de pessoas vão viver em áreas urbanas. O estudo, publicado na revista científica Sustainable Earth, destacou que 46% das pessoas que vivem nas grandes cidades, como São Paulo, por exemplo, já sofrem de problemas relacionados à saúde mental. No entanto, apenas 13% da população urbana mundial vive próxima à natureza. Pesquisadores analisaram uma série de estudos sobre economia, saúde e meio ambiente para sugerir que o mesmo potencial de interação humana que torna as cidades atraentes para produtividade, criatividade e inovação, contribui cada vez mais para o fenômeno de “penalidade psicológica urbana”, representado pelo aumento do estresse e dos transtornos mentais. Como resposta a tal penalidade, pesquisas anteriores demonstraram que até mesmo rápidas interações com a natureza podem trazer benefícios à saúde, aliviando os sintomas de transtornos mentais, como depressão e ansiedade. De acordo com o gerente de conservação para segurança hídrica da TNC, Samuel Barrêto, muito se fala sobre a formação de ilhas de calor e o risco de enchentes nas cidades, mas a relação entre o desequilíbrio ecológico e doenças psicológicas raramente é feita. Então, de forma prática, o que pode ser feito para aumentar o contato com a natureza em grandes cidades? Barrêto explica que espaços verdes têm que ser incluídos no desenho do plano diretor, o instrumento usado para definir o desenvolvimento dos centros urbanos. “O significado da natureza no dia a dia das pessoas precisa ser compreendido também como uma questão de saúde pública. É possível criar espaços como parques, praças e revitalizar as marginais dos rios para garantir esses benefícios”, explicou.

27 Dez 2018 - 17:15h

Eles são responsáveis em filtrar o sangue, isso todos sabem. Mas o que muitos desconhecem é que esse órgão exerce funções, que são vitais ao nosso organismo. Portanto, merece uma atenção especial de nossa parte. A principal doença tratada pelo nefrologista é a Insuficiência Renal, que ocorre quando o paciente tem as funções básicas realizadas pelos rins comprometidas. A insuficiência pode ser aguda ou crônica. Insuficiência Renal Aguda é a perda súbita da capacidade de seus rins filtrarem resíduos, sais e líquidos do sangue e a crônica é quando a perda das funções ocorre de maneira gradual e permanente. O nefrologista cuida do paciente portador de : Hipertensão Arterial, Diabético, Cálculo Renal, Glomerulopatias, Infecção Urinária e todas as doenças sistêmicas que podem lesas os rins. Em muitos casos, as doenças dos rins apresentam poucos ou nenhum sintoma nas suas fases iniciais, o que dificulta o diagnóstico e o início precoce do tratamento, fatores fundamentais para a cura ou a ampliação da qualidade de vida do paciente. Por isso, quando o trabalho do nefrologista é realizado logo no início do aparecimento das doenças renais, isso é revertido em resultados primordiais para a saúde e o bem-estar do paciente, evitando assim que curse para Insuficiência Renal Crônica com necessidade de Hemodiálise ou Transplante. Marcelo Santana destaca que a relação de funções dos rins é grande, assim como o número de complicações que pode apresentar, e o mais grave é que a grande maioria não percebe. Desta forma, previna-se, faça uma consulta com o especialista para saber como anda a saúde desse importante órgão. Agende sua consulta. A prevenção é a melhor forma de cuidar da sua saúde! Para maiores informações, ligue: (77) 3441-4545 / (77) 99951-4755 / (77) 99180-9496 / (77) 3441-4500 / (77) 99989-6868.

27 Dez 2018 - 13:30h

A estação mais quente do ano exige cuidados extras com a pele, ou seja, usar bastante protetor solar. No entanto, muitas pessoas evitam utilizar filtros com fator de proteção acima de 50. O motivo? A crença de que fatores mais altos não oferecem maior proteção. A notícia: eles oferecem sim! É o que diz estudo recente publicado no Journal of the American Academy of Dermatology (JAAD). A equipe analisou dados recolhidos a partir da observação de cerca de 200 pessoas, entre homens e mulheres. “Estudos feitos em laboratório concluíram que fatores mais altos oferecem maior proteção, justificando o uso desse tipo de produto”, afirmou Murilo Drummond, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). A crença de que fatores mais altos não oferecem maior proteção passou a circular em 2011, quando a Food and Drugs Administration (FDA), agência que regulamenta remédios e alimentos nos Estados Unidos, afirmou que não havia evidências provando os benefícios clínicos no FPS acima de 50. Desde então, alguns dermatologistas passaram a recomendar o uso de fatores menores com base no tipo de pele do paciente.

26 Dez 2018 - 16:30h

Afinal o que é mindful eating? Vamos começar falando sobre o que não é. Não é uma nova dieta, nem uma nova ferramenta de emagrecimento, nem uma reprogramação de comportamento, não é a classificação e rotulação de alimentos entre certos e errados, e também não é só comer sem distrações. Mindful eating significa comer com atenção plena. Mindful eating que funciona junto com o intuitive eating; é a alimentação consciente e intuitiva, é se alimentar estando aqui e agora, com todos os nosso sentidos voltados para o momento da refeição: olfato, paladar, audição, visão e tato. É uma forma de ver a alimentação baseada nos sinais naturais do corpo (fome/saciedade). Não existe na comunidade cientifica a terminologia alimentação consciente e intuitiva. Este termo acabou surgindo com a necessidade da junção das duas linhas filosóficas na nutrição: alimentação consciente e alimentação intuitiva. O mindful eating é uma linha filosófica de trabalho que tem o objetivo de criar um relacionamento saudável entre comida, corpo e mente, sendo possível conduzir o indivíduo em uma busca pelo entendimento do seu relacionamento com a comida, pelo despertar da sua consciência sobre comportamentos alimentares que lhe fazem mal, possibilitando-o redescobrir a sua autonomia para se alimentar de forma tranquila, respeitando seu corpo e vivendo em paz com a alimentação. Comer de forma “mindful” significa comer com atenção, explorando o momento, descobrindo sabores, respeitando os limites e desejos, sem julgar o alimento escolhido e assim aprendendo sobre sua relação com o corpo e a comida. O mindful eating e o intuitive eating (alimentação consciente e alimentação intuitiva) são linhas que promovem trabalhar a alimentação do indivíduo de dentro pra fora, permitindo que assim em parceria com o nutricionista cada paciente/cliente possa encontrar a sua forma de se alimentar através da preferência, escolha, preparo e no ato de comer. Agende sua consulta. A prevenção é a melhor forma de cuidar da sua saúde! Para maiores informações, ligue: (77) 3441-4545 / (77) 99951-4755 / (77) 99180-9496 / (77) 3441-4500 / (77) 99989-6868.

26 Dez 2018 - 14:30h

Uma empresa brasileira planeja lançar uma modalidade de tratamento contra o câncer que custa apenas um quinto do que é cobrado hoje. O plano, em curso já há alguns anos, é fazer uma versão própria e com estrutura distinta de moléculas de sucesso de grandes farmacêuticas como a Bristol Myers-Squibb (BMS), dona do Opdivo (nivolumabe) e do Yervoy (ipilimumabe), e da MSD (Merck, nos EUA), proprietária do Keytruda (pembrolizumabe). As alternativas são estudadas pela Recepta Biopharma, empresa que nasceu da junção de cientistas ligados ao Instituto Ludwig de Pesquisas sobre o Câncer e empresários, e que é voltada ao desenvolvimento dos chamados anticorpos monoclonais -moléculas cuja nomenclatura termina em "mabe" ou "mab", de "monoclonal antibody", em inglês. Anticorpos monoclonais têm estrutura semelhante aos anticorpos produzidos pelo organismo de diversos animais, que têm como função geralmente atacar moléculas presentes em organismos ou estruturas invasoras. No caso, porém, os anticorpos monoclonais são fabricados para atacar uma região específica de determinado alvo, como um ímã que se gruda à parte metálica de um objeto. No caso do ipilimumabe, o alvo é uma estrutura que recebe o nome de CTLA-4. Já o alvo do nivolumabe e do pembrolizumabe é o chamado PD1. Tanto o CTLA-4 quanto o PD1 são proteínas presentes em células de defesa e que normalmente têm o papel de frear a ação do sistema imunológico do organismo, impedindo reações indesejadas e que podem desencadear doenças autoimunes (como artrite reumatoide e lúpus).

26 Dez 2018 - 13:30h

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu nesta sexta-feira a comercialização e implantação de quatro modelos de próteses mamárias da empresa Allergan Produtos Farmacêuticos Ltda. A medida tem caráter cautelar e o objetivo é permitir que seja realizada uma investigação mais aprofundada sobre a segurança das próteses.  A decisão foi tomada depois que a Agência Francesa de Segurança de Medicamentos e Produtos para a Saúde (ANSM, na sigla em francês) – com a qual a brasileira possui acordos de cooperação – determinou a suspensão da venda do produto, que é semelhante aos vendidos no Brasil. Para a comercialização das próteses na Europa é necessária uma certificação de conformidade da União Europeia. No entanto, o produto não recebeu o certificado de renovação. Esse documento é o equivalente ao registro que a Anvisa faz no Brasil. 

26 Dez 2018 - 12:30h

O Brasil é o país do futebol? Não é o que diz a mais recente pesquisa de vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) de 2017, elaborada pelo Ministério da Saúde. O levantamento divulgado nesta semana mostrou um aumento de 24,1% no número de praticantes de atividades físicas nas capitais brasileiras, entre 2006 e 2017. A prática de corrida/caminhada foi a que mais cresceu (194%), enquanto o futebol caiu quase pela metade (43,5%). No mesmo período, o estudo revela uma maior procura pelas modalidades de luta, incluindo artes marciais, como o judô, o karatê e o kung fu. Nesse caso, o crescimento foi 109%. De acordo com a pasta, a caminhada é o exercício físico mais comum, sendo praticado por 33,6% da população. Na sequência, aparecem a musculação (17,7%), o futebol (11,7%) e as lutas e artes marciais (2,3%). Além disso, estima-se que 37% da população das capitais brasileiras façam, ao menos, 150 minutos de atividade física por semana, mínimo recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Fragmentada nos sete dias da semana, a duração é de, aproximadamente, 22 minutos diários.

23 Dez 2018 - 15:15h

Com o objetivo de facilitar a marcação de consultas, a Clínica Mais Vida criou um quadro com as datas de atendimento dos especialistas e procedimentos. A clínica funciona de segunda a sábado. Confira o quadro acima e marque a sua consulta através dos telefones (77) 3441-4545 / (77) 99951-4755 / (77) 99180-9496 / (77) 3441-4500 / (77) 99989-6868. A nossa matriz está localizada na Avenida Otávio Mangabeira, 265, e nossa filial na Rua Coronel Paulino Chaves, 160.