Condeúba: Prefeito é acusado de crime de responsabilidade e suspeita de superfaturamento

29 Abr 2016 - 13:30h

Durante sessão na Câmara de Vereadores de Condeúba, o vereador Silvan Baleeiro (foto) denunciou o prefeito José Augusto Ribeiro (PT), o Guto, por crime de responsabilidade. O parlamentar disse que nos próximos dias a oposição vai apresentar a denúncia ao Procurador Geral de Justiça do Estado da Bahia. Segundo Silvan, o prefeito desapropriou um terreno no valor de R$ 200 mil com a justificativa de construir um cemitério. O terreno, de 5,7 hectares, fazia parte de uma área maior, de 180 hectares, que o proprietário havia comprado por R$ 10.050,00 há quatro anos, conforme a escritura pública de compra e venda. Diante dos valores, o vereador disse que a desapropriação foi superfaturada. Silvan afirmou que pretende tomar todas as medidas legais para impedir o pagamento dos R$ 200 mil. O vereador alegou que, além de negar apresentar a documentação do terreno desapropriado, o prefeito tem ignorado a lei orgânica municipal e a própria constituição federal, faltando com transparência em outros casos.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias