Governo Federal vai aplicar R$ 6,2 milhões em prevenção ao uso de drogas por gestantes

16 Ago 2019 - 14:30h

A fim de reforçar o projeto Hera, que capacita profissionais na prevenção ao uso de álcool, tabaco e outras drogas por gestantes será reforçado pelo Ministério da Cidadania.  A pasta recebeu R$ 6,2 milhões em recursos para serem empregados no projeto. A verba servirá para capacitar 10,4 mil profissionais na prevenção ao uso de álcool, tabaco e outras drogas por gestantes, lactantes e mães de crianças na primeira infância, que vai até os três anos de vida. Os recursos têm como origem o Fundo de Defesa de Direitos Difusos, que são fruto de condenações judiciais, indenizações e multas aplicadas em ações do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), segundo reportagem da Agência Brasil. Com a ajuda de trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (Suas), do Sistema Único de Saúde (SUS) e do Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas (Sisnad), o ministério pretende dar às gestantes orientações técnicas visando a promoção da saúde, o fortalecimento de vínculos familiares e a proteção e conscientização sobre os riscos que tais substâncias podem causar.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias