Brumado: Carteiros colhem assinaturas da comunidade contra a privatização dos Correios

12 Set 2019 - 11:00h

Além da manutenção dos direitos adquiridos ao longo de anos de lutas, os carteiros estão paralisados em todo país pela não privatização dos Correios. Em Brumado, o delegado sindical Jarbas Barbosa Caíres convocou a população para se juntar à categoria a fim de que os Correios possa continuar sendo uma empresa pública de qualidade. “Privado é de alguns, público é de todos. Nos Correios, hoje, apenas 324 cidades, efetivamente, dão lucro para a atividade de correios. As outras 5.400 unidades não dão o lucro que o comércio privado vai querer que isso tenha”, destacou ao site Achei Sudoeste. Jarbas ainda exemplificou que na Argentina, onde os Correios foram privatizados, algumas cidades tiveram suas agências fechadas, prejudicando a população e a categoria. Em Brumado, o líder sindical declarou que, em caso de privatização, não se sabe se o atendimento chegará aos principais distritos, tal como acontece hoje. Por conta dessa preocupação, os carteiros elaboraram uma abaixo-assinado para colher assinaturas da comunidade contra a privatização dos Correios.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias