Presidente do Sindmine critica RHI Magnesita e diz que empresa não tem compromisso com Brumado

13 Set 2019 - 07:00h

Ao tomar conhecimento de que a RHI Magnesita doou um robô, avaliado em R$ 15.946,68, para o distrito escolar de Conewago Valley, nos Estados Unidos (EUA), o presidente do Sindicato dos Mineradores de Brumado e Região (Sindmine), Édio Pereira, não escondeu a sua indignação. Para o presidente, o ato demonstra, de forma inequívoca, a total falta de compromisso da empresa para com o município. “A Magnesita usa Brumado como se fosse uma laranja, ou seja, extrai nossas riquezas, o minério, e joga o bagaço fora”, criticou. Pereira ressaltou que a comunidade precisa se mobilizar antes que seja tarde, visto que o município pouco vem recebendo em troca da exploração de suas riquezas minerais. "Que fique bem claro que não é a questão da doação do robô o pronto central da história, mas sim a falta de uma contrapartida que Brumado merece”, finalizou.

Comentários

Amaury

"Se essa notícia não fosse veiculada o sindicato estaria calado, esse momento é oportuno para a entidade ( Sindicato ) apresentar um projeto social para a empresa que beneficie a população."

Deixar comentário

Comentário

mais notícias