RHI Magnesita diz que tem compromisso com o desenvolvimento de Brumado

16 Set 2019 - 08:00h

Após a doação de um robô de última geração para o distrito escolar de Conewago Valley, nos Estados Unidos (EUA), não ter repercutido bem na comunidade brumadense, a RHI Magnesita emitiu nota de esclarecimento ao site Achei Sudoeste, frisando que, nos últimos anos, apoiou diversas iniciativas no município. A empresa destacou que, em 2019, investiu cerca de R$ 2 milhões em projetos sociais que fomentam a educação, cultura, geração de renda e proteção ao meio ambiente. “Juntos, os 13 projetos financiados e desenvolvidos no município baiano beneficiaram aproximadamente 6 mil pessoas, especialmente crianças, adolescentes e mulheres em vulnerabilidade social”, informou. Na nota, a RHI Magnesita ressaltou que também desempenha um papel importante na conservação da biodiversidade local, com uma área total de 3.761 hectares preservadas. “A unidade de Brumado conta com um viveiro, no qual já foram produzidas aproximadamente 87.000 mudas de diversas espécies nativas da região. Além disso, conta com um Programa de Recuperação de Áreas que nos últimos quatro anos recuperou 190.000 m² - o equivalente a aproximadamente 19 campos de futebol”, completou. O diretor de operações da companhia, Pedro Leite, fez questão de enaltecer o compromisso da empresa com a cidade. “Geramos cerca de 700 empregos diretos e 600 indiretos no município e temos um forte compromisso de longo prazo com a região, para o desenvolvimento econômico, social e sustentável”, reiterou.

Comentários

Sergio

"Uma empresa séria e cuidadosa com todos. Não propaga os trabalho, porque vai lá e faz. Os Brumadenses tem que agradecer pela Magnesita. Nossos pais, avós, família todos com bom emprego. Traz riqueza e não, leva riqueza. O que será de Brumado sem essa mineração? Quantos empregos? Tanta coisa pelas comunidades que ta tudo ali do lado. As pessoas reclama pq não tem o que fazer. Vamos dar valor a quem merece o valor. Parabens Margnesita, obrigada por estar em nossa cidade."

Deixar comentário

Comentário

mais notícias