Urandi: Prefeito não decretou lockdown ou toque de recolher por falta de contingente policial na cidade

22 Mai 2020 - 08:00h

Com apenas dois policiais, o prefeito da cidade de Urandi, Dorival Barbosa do Carmo (PP), declarou que não é possível decretar o lockdown ou o toque de recolher, mesmo com o aparecimento de inúmeros casos de coronavírus no município. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, ele afirmou que o contingente não teria condições de fiscalizar o cumprimento das medidas. Meira cobrou do Governo do Estado a elaboração de um plano de enfrentamento à pandemia na cidade, que não tem estrutura de saúde suficiente para atender a demanda em se tratando da questão. “O Governo do Estado tem que dar suporte para o nosso município. Vou perguntar ao secretário de saúde de Urandi não faz parte da Bahia. Precisamos muito do apoio do estado para que as coisas não piorem”, criticou.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias