Achei Sudoeste

BUSCA PELA CATEGORIA "Livramento de Nossa Senhora"

26 Jun 2017 - 14:10h

O Forró do Mica está chegando: a grande festa será realizada no próximo sábado (1º), na Arena Prime, em Livramento de Nossa Senhora. A organização do evento informa que haverá virada de preço. O terceiro lote de ingressos pode esgotar a qualquer momento, então garanta já o seu. A festa, que está em sua segunda edição, promete uma produção jamais vista na cidade. Não fique de fora do melhor forró de Livramento de Nossa Senhora! O evento contará com apresentações de Gusttavo Lima e Solange Almeida, entre outras.

21 Jun 2017 - 09:30h

Faltam apenas dez dias para o Forró do Mica, grande festa junina realizada na Arena Prime, na cidade de Livramento de Nossa Senhora, no sudoeste baiano. O evento acontece às 15h, no dia 1º de julho. Atrações de peso como o cantor sertanejo Gusttavo Lima e a cantora Solange Almeida prometem arrastar uma multidão para o espaço de festas. Além deles, as bandas Donas do Bar e Papazoni também fazem parte da grade programação e prometem shows incríveis. Não fique de fora dessa festança e adquira já o seu ingresso para o Forró do Mica.

15 Jun 2017 - 10:00h

Na tarde de quarta-feira (14), uma carreta carregada com ração capotou na BA-152, entre o Distrito de Itanagé e a cidade de Livramento de Nossa Senhora, no sudoeste baiano. Segundo informações obtidas pelo site Achei Sudoeste, o motorista perdeu o controle do veículo, com placa de Vitória da Conquista, próximo a uma curva e tombou em uma ribanceira. A carreta ficou completamente destruída e a carga foi saqueada por moradores no início da noite. O motorista foi resgatado pelo Samu 192 com ferimentos leves. A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) esteve no local para registrar a ocorrência.

12 Jun 2017 - 16:40h

Em entrevista a Rádio 88 FM, o Juiz da Vara Crime João Lemos relatou que conseguiu junto ao Ministério Público e ao prefeito Ricardo Ribeiro (Rede) a permanência dos dois funcionários públicos contratados na cadeia de Livramento de Nossa Senhora, no sudoeste baiano. Por pouco, o local sofreu uma interdição no último final de semana, após o prefeito anunciar que, seguindo recomendação do Ministério Público Estadual (MPE), estaria removendo os servidores da função. O magistrado declarou que, temporariamente, a cadeia continua funcionando, porém reportará a situação ao secretário estadual de segurança pública com pedido de solução urgente. Durante a entrevista, o juiz citou que o estado tem reduzido sua atuação no papel de prover a segurança pública na região, relatando que nas cidades de Paramirim e Rio de Contas as cadeias não funcionam por falta de alimentação; já em Jussiape e Dom Basílio, faltam delegados e investigadores. Em Livramento de Nossa Senhora, com um apenas um delegado e dois investigadores, a cadeia não pode funcionar de segunda a sexta-feira, ficando fechada nos finais de semana. Para o magistrado, a situação gera um quadro social negativo para a segurança pública, uma vez que os elementos infratores julgam que podem cometer delitos devido à impunidade. 

A cadeia de Livramento, assim como as demais do interior do estado, funciona de modo irregular, visto que custodiam presos até de outros municípios, quando a custódia cabe apenas aos presídios. Além disso, o site Achei Sudoeste apurou que, mesmo a manutenção dos servidores na custódia local, está irregular, uma vez que eles não são qualificados para a função, porém atuam como carcereiros para não permitir o fechamento da cadeia. Nas próximas semanas, o juiz deverá se reunir com o delegado da 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), Leonardo Rabelo, assim como com os demais magistrados das comarcas da região, no intuito de buscar uma solução para o problema junto à secretaria estadual de segurança e à secretaria estadual de assuntos penitenciários. Vale ressaltar que as obras do presídio de Brumado já foram concluídas, restando apenas as instalações de água e energia. O presídio, com capacidade para mais de 500 pessoas, é visto como a solução para abrigar os detentos da região, tirando a responsabilidade das delegacias, que ficarão apenas com as funções administrativas e de investigações e elucidação de crimes. 

12 Jun 2017 - 11:10h

Os sete estudantes livramentenses da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) que estavam sendo investigados por suspeita de fraudar documentos para ingressar na instituição por meio de cotas reservadas para quilombolas tiveram suas matriculas canceladas. A perda das vagas foi publicada através de portarias no Diário Oficial da Estado, na edição de sábado (10). Foram investigados quatro estudantes do curso de Medicina e um do curso de Direito, todos do campus de Vitória da Conquista, um do curso de Odontologia e outro do curso de Medicina, ambos do campus de Jequié. Segundo a Uesb, os alunos declararam no momento da matrícula serem moradores da comunidade quilombola Rocinha-Ituaguassu, em Livramento de Nossa Senhora, onde vivem 200 famílias descendentes de escravos. Todos utilizaram declarações de moradia firmada pela Presidente da Associação de Desenvolvimento Comunitário Cultural Educacional e Social do Quilombo de Rocinha e Região, Maria Regina Bonfim.

10 Jun 2017 - 11:00h

Em nota encaminhada à 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), o prefeito de Livramento de Nossa Senhora, Ricardo Ribeiro, justificou que, seguindo determinação do Ministério Público Estadual (MPE), foi obrigado a remover os servidores que atuavam na delegacia local. Com apenas um delegado e dois investigadores, os servidores realizavam serviços administrativos e gerais, dentre outros na delegacia livramentense. Com a retirada dos mesmos, os investigadores ficaram sobrecarregados com os demais serviços. Dessa forma, o juiz João Lemos Rodrigues, titular da vara crime da comarca local, atendeu o comunicado encaminhado pelo delegado e se prontificou a debater a situação em reunião com o objetivo de sanar o problema. Porém, nossa reportagem apurou que nos próximos dias poderá ocorrer a remoção dos presos da cadeia para outras delegacias da região. Por telefone ao site Achei Sudoeste, o delegado coordenador Leonardo Rabelo preferiu não comentar a situação, apontando que prefere aguardar o resultado da reunião com o juiz. Ele apenas adiantou que em breve a delegacia de Livramento de Nossa Senhora receberá o reforço de um delegado adjunto e três investigadores, o que sanará o problema da falta de pessoal na unidade.

08 Jun 2017 - 08:45h

A presidente da Associação do Desenvolvimento Comunitário, Cultural, Educacional e Social do Quilombo da Rocinha e Região (Acooped), localizada na zona rural do município de Livramento de Nossa Senhora, Maria Regina Bomfim, foi denunciada à justiça por falsidade ideológica ao inserir falsas declarações relativas à condição de remanescente de quilombola e/ou de residente na comunidade em atestados de pessoas que não possuíam essas qualidades. Segundo o promotor de Justiça Millen Castro, que a denunciou à Justiça, 13 estudantes utilizaram os documentos emitidos ou assinados por Maria Regina para obter acesso a universidades públicas por meio do sistema de cotas. A denunciada tinha ciência de que os documentos seriam usados com esse fim. As declarações falsas foram inseridas nos atestados entre os anos de 2011 e 2015.