Brumadense de 11 anos morre em São Paulo durante abordagem da Guarda Civil Municipal

27 Jun 2016 - 12:00h

Em São Paulo, o brumadense Waldick Silva Chagas, de 11 anos, foi baleado e morreu durante ação da Guarda Civil Municipal. Segundo informações do G1, o garoto estava no banco de trás de um veículo que era perseguido por guardas municipais. Junto com ele, dois homens que estariam praticando assaltos na zona leste da capital. Houve troca de tiros durante a perseguição e o menino foi baleado e morreu. Este é o segundo caso, em menos de um mês, que uma criança é morta em abordagem de agentes de segurança. A Prefeitura de São Paulo ordenou apuração rigorosa do ocorrido e afastamento dos agentes da Guarda Civil Metropolitana envolvidos no caso.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias