Família retorna para Guajeru após ter casa destruída em deslizamento no Guarujá em São Paulo

10 Mar 2020 - 12:00h

Uma família de guajeruenses acaba de retornar para sua cidade natal após ter sua casa destruída em um deslizamento, ocorrido no dia 03 de março, na região do Guarujá, na Baixada Santista, litoral de São Pulo. A família, assim como dezenas de outras, perdeu tudo o que tinha na tragédia. De acordo divulgação, na data do deslizamento foram registrados 300 mm no Guarujá, 222 milímetros em Santos e 187 mm em São Vicente. Segundo o Inmet, o normal esperado para o mês de março no Guarujá são 277 mm - ou seja, já choveu mais que o esperado para o mês na cidade. As buscas pelas vítimas soterradas após deslizamentos durante o temporal que atingiu a Baixada Santista, no litoral de São Paulo, continuam nesta segunda-feira (9). O sétimo dia de trabalho se concentra em dois morros de Guarujá, cidade mais atingida pela chuva e onde ainda há 36 pessoas desaparecidas. As buscas em Santos e São Vicente foram encerradas no sábado (7), após os corpos de todas as pessoas desaparecidas terem sido encontradas. Até o momento são 42 pessoas mortas, segundo os bombeiros e a Defesa Civil do Estado de São Paulo. De acordo com o Informe Cidade, a família baiana (pai, mãe e uma criança de aproximadamente um ano) chegaram em Guajeru neste domingo (08). Apesar de toda perda material, ninguém ficou ferido.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Achei Sudoeste. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Deixar comentário

Comentário

mais notícias