Brumado: Temerosos com o coronavírus, agentes de endemias solicitam melhores condições de trabalho

26 Mar 2020 - 08:00h

Em Brumado, os agentes de controle de endemias estão se sentindo inseguros de ir a campo por conta do crescimento do número de casos do coronavírus em todo país. Eles cobram da secretaria de saúde os equipamentos de proteção individual para trabalhar com segurança. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o agente Vanderlei disse que a categoria quer resguardar a própria saúde e integridade, bem como dos familiares e da comunidade. “A gente também pode ser transmissor para as pessoas que entraremos nas casas. Até o momento, estamos sem proteção nenhuma”, frisou. O agente também cobrou da pasta maiores orientações sobre como proceder no contato com a comunidade a fim de evitar a propagação do vírus na cidade. À nossa reportagem, o secretário informou que o Município já começou a distribuir os equipamentos de proteção para trabalho dos agentes de endemias. “Hoje, o país não está conseguindo atender a demanda dos hospitais e também da atenção básica com materiais de proteção individual. Temos cobrado da Sesab e do Ministério da Saúde alguma solução. O município ainda tem um estoque, mas a prioridade é deixar para o hospital, que é o público mais vulnerável. Mas nós conseguimos produzir algumas máscaras. Ontem, já conseguimos entregar para os agentes de endemias e, hoje, vamos entregar para os agentes comunitários de saúde”, afirmou.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixar comentário

Comentário